Rússia testou a sua própria Internet (e quase ninguém reparou na diferença)

Sergei Karpukhin / POOL / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O governo russo anunciou que o país testou, com sucesso, a sua própria rede de Internet e que a maior parte dos utilizadores nem reparou na diferença.

O chefe do Ministério das Comunicações confirmou, de acordo com a agência de notícias Pravda, que os testes decorreram conforme o planeado. “Os resultados dos exercícios demonstraram que, em geral, tanto as autoridades como os operadores estão prontos para responder eficazmente a riscos e ameaças e a assegurar o funcionamento estável da Internet e da rede de telecomunicações”, disse Alexey Sokolov.

A Rússia segue, assim, o exemplo de países como a China — em que o acesso aos serviços de muitos países estrangeiros está bloqueado — e o Irão, onde a Rede Nacional de Informação controla todo o conteúdo e limita a informação exterior.

Esta segunda-feira, a Rússia anunciou que concluiu um conjunto de testes durante os quais se desconectou com sucesso o país da Internet mundial. O Governo russo não revelou detalhes técnicos sobre os testes, adiantando apenas que testou vários cenários de desconexão, incluindo um cenário que simulava um ciberataque de um país estrangeiro.

Estes testes bem-sucedidos são o culminar de vários anos de planeamento, elaboração de leis pelo Governo russo e modificações físicas na infraestrutura de Internet local. Inicialmente, os testes foram agendados para abril deste ano, mas foram adiados até agora para dar ao Kremlin mais tempo para aprovar uma lei que os acompanha – a lei da soberania da Internet.

Esta lei concede ao Governo o poder de desconectar o país do resto da Internet com poucas explicações, apenas com base no argumento de “segurança nacional”. A lei determina que todos os provedores locais de serviços de Internet devem redirecionar o tráfego por meio de pontos de obstrução estratégicos sob a administração do Ministério das Comunicações da Rússia.

De acordo com a BBC, alguns especialistas estão preocupados com a tendência de desmantelamento da rede global da Internet.

“Infelizmente, a decisão russa é mais um passo para a destruição da Internet“, disse Alan Woodward, professor e cientista de computação na Universidade de Surrey. “Os países autoritários que querem controlar os que os cidadãos visualizam, já o fazem”, continuou, acrescentando ainda que estas medidas limitam o “acesso ao diálogo sobre o que se passa na própria nação” e que os mantém “na sua própria bolha”. A nova política pode vir mesmo a condicionar a liberdade de expressão.

Por outro lado, de acordo com um especialista em cibersegurança, os técnicos russos depararam-se com alguns problemas. “O governo russo teve alguns desafios técnicos na tentativa de aumentar o controlo online, sendo que foi incapaz de descodificar a encriptação da aplicação de mensagens Telegram”, garantiu Justin Sherman.

Ainda assim, o sucesso do teste russo pode ter implicações mundiais: outros países podem sentir-se tentados a seguir o mesmo caminho, fragmentando o acesso à Internet e acabando assim com a ideia de uma rede livre e mundial – que, desde sempre, foi o objetivo da existência da Internet.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Como todos os ditadores, querem o “controlo total” de tudo.
    O problema – para esta gente – é que não há forma de controlar o pensamento nem a inteligência nem a criatividade.
    A internet recompõe-se. Será talvez mais lenta, mas só isso.
    Os radioamadores têm alternativas e mesmo que se regresse à velha tecnologia dos modems, haverá sempre forma de ligar-se a alguém que está ligado a alguém que está ligado à internet.

  2. Situação delicada de analisar.
    Quem assistiu o filme de Eduard Snowden?
    De fato os americanos controlam o mundo com a rede mundial e informações priveligiadas.
    Isto é correto?
    Putin estaria errado?

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …