Rússia não assume responsabilidades no abate do MH17

(cv) Euronews / YouTube

A Rússia rejeitou os pedidos dos membros do Conselho de Segurança da ONU para assumir responsabilidades no caso do abate do voo MH17.

Esta terça-fera, a Rússia rejeitou os pedidos dos membros do Conselho de Segurança da ONU para assumir responsabilidades no caso do abate do voo MH17, quando sobrevoava a Ucrânia, em 2014.

Stef Blok, ministro dos Negócios Estrangeiros, pediu a Moscovo que aceitasse as conclusões de uma investigação, segundo a qual o avião foi abatido por um míssil Buk da 53.ª brigada antiaérea baseada em Koursk, na Rússia.

“Com base nas conclusões das equipas internacionais, a Holanda e a Austrália estão agora convencidas de que a Rússia é responsável pela instalação do sistema de mísseis Buk, usados para abater o MH17”, declarou, na semana passada, o chefe da diplomacia holandesa.

Vassily Nebenzia, embaixador russo na ONU, rejeitou os pedidos, sublinhando que a “linguagem dos ultimatos não é algo que qualquer um pode usar quando se dirige à Rússia”. “Não podemos aceitar a conclusão sem fundamento” da equipa de investigadores liderada pela Holanda, diss.

O ministro holandês desvalorizou os comentários do embaixador russo, “que não são novidade”, e instou mais uma vez a Rússia a trabalhar com a Holanda e a Austrália para identificar os responsáveis.

O voo MH17 saiu de Amesterdão, na Holanda, com destino a Kuala Lumpur, na Malásia, quando foi atingido por um míssil a leste da Ucrânia, a 17 de julho de 2014. Todos os 298 passageiros e tripulantes morreram no acidente.

A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, expressou apoio aos pedidos para que a Rússia reconheça o papel “na tragédia” e ajude os responsáveis a prestarem contas. Apesar das negações, “não há dúvida de que a Rússia está por trás do conflito ucraniano”, disse Nikki Haley.

Para o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Pavlo Klimkin, a negação russa às conclusões da investigação não é “minimamente surpreendente”.

A Ucrânia irá apresentar documentos ao Tribunal Internacional de Justiça, no próximo mês, para mostrar que a Rússia está a quebrar as convenções sobre o antiterrorismo, garantiu o ministro ucraniano.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …