Em rota de colisão com Bolsonaro, Sergio Moro vai demitir-se com discurso “contundente”

Marcelo Camargo / Abr

O ministro da Justiça e da Segurança Pública do Brasil, Sergio Moro, vai fazer um discurso “contundente” ao pedir a demissão do governo de Jair Bolsonaro.

A informação é avançada por assessores do ministro citados pela imprensa brasileira.

Em causa está a colisão entre Sergio Moro e Jair Bolsonaro, Presidente brasileiro, a exoneração de Maurício Valeixo, diretor-geral da polícia federal.

Sergio Moro chegou a pedir, na quinta-feira, a demissão do governo de Bolsonaro, depois de ser informado que o presidente tinha intenção de aceitar a saída do diretor-geral da polícia federal. Como Bolsonaro aceitou mantê-lo ou escolher alguém da confiança do ministro para o lugar, Moro, que ouviu também pedidos da ala militar do governo para continuar, acabou por recuar na sua decisão. Porém, esta sexta-feira, a saída de Valeixo estava oficializado no Diário Oficial da União.

De acordo com o jornal brasileiro A Folha de São Paulo, a demissão do diretor-geral da Polícia Federal foi publicada no Diário Oficial da União com as assinaturas eletrónicas de Bolsonaro e Moro, mas o juiz não só não terá assinado formalmente, como não foi informado sobre a publicação da decisão.

A demissão do diretor-geral da Polícia Federal tornou-se numa questão de honra para Moro, numa altura em que aquele órgão investiga casos em torno de Jair Bolsonaro, dos filhos do Presidente e de pessoas da sua confiança, como é o caso de uma campanha de notícias falsas propositadamente dirigidas contra juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) e das manifestações realizadas no domingo onde foram feitos apelos a uma intervenção militar ao fim do confinamento.

Valeixo, que teria um cargo diplomático em Portugal à sua espera, tem sido questionado por Bolsonaro desde meados do ano passado. O presidente não tem gostado da ação do diretor da polícia em casos judiciais que lhe dizem respeito, nomeadamente na investigação ao seu filho, senador Flávio Bolsonaro, acusado de associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Noutro caso de polícia, o da execução da vereadora Marielle Franco, a ação de Valeixo também é mal vista pelo Palácio do Planalto.

Sergio Moro tornou-se famoso no Brasil e internacionalmente, a partir de 2014, quando passou a comandar uma força que desvendou esquemas de corrupção milionários na empresa estatal petrolífera Petrobras e noutros órgão públicos do Governo brasileiro, tornando-se uma espécie de herói nacional e expoente máximo da Operação Lava Jato.

A Lava Jato tornou-se um símbolo de combate à corrupção por ter levado para a prisão empresários poderosos, como o herdeiro da construtora Odebrecht, políticos como o antigo governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e ex-funcionários da alta cúpula da Petrobras.

Na semana passada, Bolsonaro demitiu outro ministro popular, Luiz Henrique Mandetta, o titular da saúde, que estava em destaque no combate ao coronavírus mas defendia o isolamento social, chocando com o presidente. Após essa demissão, segundo fontes do governo, “Bolsonaro sentiu-se empoderado”.

ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Enfim! Sai mal tal como entrou. Nunca teve a verticalidade de sair de um governo de corruptos iguais àqueles que combateu enquanto juiz. Sai corrido por quem o convidou. Nunca entendeu os verdadeiros motivos de ter sido convidado ou, simplesmente, não quis entender porque a sua vaidade e a sua conta bancária se sentiam bem no cargo. Homem de espinha mole.

  2. muito mal vai o barco quando os ratos fundadores o abandonam. o que irá ele plantar agora para apanhar o próximo barco? um pé de feijão que o eleve até ao planalto, mantenha-se o crápula sob vigilância permanente.

RESPONDER

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …