Robôs vão dizimar empregos da classe média, diz Stephen Hawking

NASA

O físico teórico Stephen Hawking – provavelmente, o maior do nosso tempo.

O físico Stephen Hawking alerta que a inteligência artificial e a automação crescente vão dizimar os empregos da classe média, agravando a desigualdade e arriscando uma reviravolta política significativa.

No jornal The Guardian, o físico mundialmente famoso afirmou que “a automação das fábricas já dizimou empregos na manufactura tradicional, e a ascensão da inteligência artificial provavelmente estenderá esta destruição do trabalho profundamente nas classes médias”.

“Apenas os cargos de criatividade ou de supervisão vão permanecer ocupados por humanos”, destacou.

Hawking junta a sua voz a um crescente coro de especialistas preocupados com os efeitos que a tecnologia terá sobre o trabalho nos próximos anos e décadas.

O medo é que, enquanto a inteligência artificial vai trazer aumentos radicais na eficiência na indústria, para as pessoas comuns isso se traduza em desemprego e incerteza, com vários empregos humanos a serem realizados por máquinas.

Um relatório publicado em fevereiro pelo Citibank em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido, previu que 47% dos empregos nos EUA correm o risco de automação. No Reino Unido, 35%, e na China 77%.

Três das dez maiores empresas ou órgãos públicos empregadores do mundo já estão a substituir os seus trabalhadores por robôs – a Foxconn, que trata da produção das criações da Apple, do Google e da Amazon, a rede de supermercados Wallmart e o Departamento de Defesa do EUA.

A automação “irá acelerar a já crescente desigualdade económica em todo o mundo”, escreveu Hawking.

“A Internet e as plataformas que possibilitam que pequenos grupos de indivíduos tenham enormes lucros ao empregar pouquíssimas pessoas é inevitável. E é um progresso, mas também é socialmente destrutivo”, acrescentou o físico.

Hawking alerta que, com outras questões como a desigualdade financeira, sobrepopulação, mudanças climáticas e doenças, estamos no “momento mais perigoso no desenvolvimento da humanidade”.

Em 2014, Stephen Hawking já expressou preocupações sobre a inteligência artificial por uma razão diferente – os robôs poderão ultrapassar e substituir completamente os seres humanos, o que pode significar o fim da raça humana.

“Os seres humanos, que são limitados pela lenta evolução biológica, não poderiam competir, e seriam substituídos”, concluiu o físico.

ZAP / Hypescience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Justiça impede Isabel dos Santos de receber dividendo da NOS. Mas não é a única afetada

A Sonaecom anunciou este sábado que o tribunal decidiu proceder ao arresto preventivo de 26,075% do capital social da NOS, na sequência da publicação de notícias sobre esquemas alegadamente fraudulentos que envolvem a empresária angolana …

Há animais marinhos capazes de matar vírus na água

Há animais marinhos que conseguem absorver partículas virais ao filtrar a água do mar em busca de oxigénio e alimentos. As esponjas do mar e os caranguejos são particularmente eficientes. Apesar de a humanidade já ter …

O maior avião do mundo vai ser uma plataforma de lançamento para veículos hipersónicos

A empresa que criou o maior avião do mundo, que apenas voou uma vez, encontrou uma nova funcionalidade para a aeronave: será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersónicos, o que poderá revolucionar a …

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …