Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

Giuseppe Lami / EPA

“Centenas” de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora não esteja aprovado como terapêutica contra a infecção.

A Autoridade do Medicamento, o Infarmed, e a Direcção Geral de Saúde (DGS) estão a investigar o uso da Ivermectina no tratamento de pacientes com covid-19.

A substância é usada, há cerca de três décadas, na medicina veterinária e no combate a vermes e piolhos nos humanos.

O Expresso apurou que tem havido um “número crescente de prescrições” de Ivermectina que “despertou as atenções”. Vários médicos confirmam ao semanário que têm usado a substância para tratar “centenas” de doentes com covid-19 e com resultados positivos.

O medicamento não faz parte da lista de terapêuticas autorizadas para o tratamento da covid-19, o que levou a DGS a pedir “um parecer urgente” à Ordem dos Médicos (OM), como confirma o Bastonário Miguel Guimarães ao Expresso.

“Foi-nos solicitado um parecer logo que possível sobre a utilização da Ivermectina, para avaliarmos a evidência clínica“, salienta Miguel Guimarães, notando que “é preciso estudar tudo” para dar “um parecer cientificamente sustentado” porque se pode “estar a fazer história”.

Fonte do Infarmed aponta também ao Expresso que a Comissão de Avaliação de Medicamentos está “a avaliar” a situação.

O Bastonário da OM trata, entretanto, de salientar que “os médicos que estão a utilizar a Ivermectina para tratar a covid-19 não estão a fazer nada contra as boas práticas médicas”.

“É um escândalo a Ivermectina estar na gaveta”

Uma investigação divulgada em Abril do ano passado, feita na Austrália, concluiu que a Ivermectina pode ajudar no tratamento contra a covid-19, impedindo que o vírus se reproduza nas células.

A Ivermectina é a substância activa de vários medicamentos que vêm sendo utilizados, há décadas, como desparasitantes, nomeadamente contra lombrigas, piolhos e sarna. Também é usada em medicina veterinária para o tratamento de verminoses gastrointestinais.

Investigações feitas, nos últimos anos, também revelaram que pode ser eficaz contra vírus como o VIH, o Dengue, a Influenza e o Zika.

Para o médico António Pedro Machado, especialista em Medicina Interna no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, “é um escândalo a Ivermectina estar na gaveta”, conforme diz ao Expresso.

Este profissional nota que o medicamento “inibe cinco mil vezes a replicação do vírus” e diz que ainda dá um “contributo antigénico, com a produção de anticorpos neutralizantes”.

“A Ivermectina não previne a infecção, mas sim a doença e — o grande ganho — a resposta imunológica exagerada que mata os doentes”, constata António Pedro Machado.

O médico diz que dá o medicamento a “todos os doentes, mais velhos”, que o procuram no seu consultório.

“Comprei 400 cápsulas e dei-as a uma colega que teve um surto num lar em Torres Vedras”, conta ainda, frisando que “os 68 idosos ficaram todos infectados, todos tomaram, ao segundo e terceiro dia estavam todos apiréticos [sem febre] e uma semana depois estavam todos bem”.

O médico de família Henrique Carreira também relata ao Expresso que começou a usar a substância em Novembro, “com resultados fantásticos”.

“Já terei tratado cerca de 200 pessoas. Nenhuma faleceu e só tenho duas hospitalizações”, refere ainda este médico.

Ivermectina tem preço acessível

Durante a pandemia, vários medicamentos foram usados como terapêutica contra a covid-19, mas quase nenhum se revelou totalmente eficaz.

Aliás, alguns começaram por ser anunciados como soluções eficazes, tal como a Hidroxicloroquina e o Remdesivir, e acabaram por revelar-se ineficazes.

Estamos a falar de medicamentos com custos elevados. Já a Ivermectina existe a preços acessíveis.

“A patente do medicamento já expirou” e “não há um elevador social como para outros fármacos sob patente e com potencial de retorno para os laboratórios”, constata ao Expresso o farmacêutico Pedro Ferreira.

“Estamos a exigir à Ivermectina a evidência científica perfeita que foi dispensada para todos os outros fármacos utilizados, e quase todos abandonados”, constata ainda no semanário António Pedro Machado.

Deixamos o adulto morrer afogado porque não lhe atiramos a boia aprovada apenas para crianças”, conclui este médico.

Contudo, “é preciso criar alguma regulação para que não seja uma coisa clandestina, porque pode levar à promiscuidade, e isso é perigoso“, conclui o médico Almeida Nunes, igualmente em declarações ao Expresso.

Susana Valente Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Investigaçao desses médicos já.
    Agora temos criminosos com autorização para execer medicina ?
    Onde anda a ordem dos médicos ?
    E o ministério público ?

  2. Se outros medicamentos têm sido usados no tratamento do Covid 19, sem resultados devidamente comprovados, porque não usar a invermectina já utilizada para outras prescrições se o médico assim o entender?
    Crime?
    Note-se que a ivermectina é um remédio antiparasitário já largamente usado (não constando que alguém tenha morrido por isso) e segundo diz na bula, capaz de paralisar e promover a eliminação de vários parasitas, sendo principalmente indicado pelo médico no tratamento da oncocercose, elefantíase, pediculose, ascaridíase e escabiose.
    Esse remédio é indicado para adultos e crianças com mais de 5 anos e pode ser encontrado em farmácias, sendo importante consultar o médico quanto ao seu uso, pois a dose pode variar de acordo com o agente infeccioso a ser tratado e o peso da pessoa afetada.

  3. Nota-se muito facilmente, principalmente ao ler os comentários dos leitores, que há uma torcida para a ineficácia do medicamento. Ora, se há evidências de resultados positivos, se não há efeitos colaterais negativos que tornem o efeito (ou possibilidade de efeito) positivo inviável, qual é o problema? Ao que tudo indica, tem sido mais eficiente ao tratamento que o lockdown, que prejudica a todos, jogando muitos na pobreza, chacoalhando toda a economia. Qual a razão disso?

RESPONDER

António Gameiro, suspeito na Operação Triângulo, retira candidatura à Câmara de Ourém

O deputado António Gameiro, um dos suspeitos na "Operação Triângulo", anunciou que vai retirar a sua candidatura à Câmara de Ourém. O deputado do PS António Gameiro retirou a sua candidatura à Câmara de Ourém, demitiu-se …

Task force muda regras. Vai ser mais difícil saber qual a vacina que será administrada

Vai ser mais difícil para as pessoas acima dos 60 anos saber com antecedência qual será a vacina que vão receber (AstraZeneca, Pfizer e Moderna). Todas as semanas, as três vacinas passam a "rodar de …

O segredo dos bigodes dos animais tem a forma de um S (e reside na forma como dobram)

Há muitos mamíferos que têm bigodes para sentirem o ambiente à sua volta, semelhante à sensação do tato. No entanto, os meios pelos quais os bigodes comunicam essa sensação de toque ao cérebro ainda permaneciam …

O trabalho de um aluno de Física chamou a atenção dos investigadores quânticos da Amazon

Os cientistas têm várias preocupações relacionadas com o potencial dos computadores quânticos e o progresso neste campo tem sido muito lento. Recentemente, um dos obstáculos pode ter sido reduzido por um estudante de Física da …

Famosa rajada rápida de rádio bateu recorde (e revelou magnetosfera "dançante" em estrela de neutrões)

Duas equipas internacionais de astrónomos publicaram dois artigos científicos com novas informações sobre a famosa rajada rápida de rádio FRB20180916B. No estudo publicado na Astrophysical Journal Letters, os cientistas mediram a radiação das explosões nas frequências …

Farense 0-1 Sporting | Beto e Adán gigantes em noite de recorde leonino

O Sporting sofreu bastante para levar os três pontos na visita ao Farense. O líder do campeonato marcou um golo, por Pedro Gonçalves, dominou durante a primeira parte, mas na segunda deixou os algarvios criarem …

Uma simples mudança está a evitar a morte de um macaco em vias de extinção

Cientistas conseguiram dar uma tábua de salvação a uma espécie de macaco em risco de extinção, cujos espécimes são frequentemente atropelados por automóveis nas estradas de um parque nacional em Zanzibar. De acordo com a Lista …

Antigo rito sagrado "entre irmãos" pode ter sido, na verdade, o casamento homossexual

A adelfopoiese era uma cerimónia praticada historicamente na tradição cristã para unir duas pessoas do mesmo sexo - normalmente homens - num relacionamento reconhecido pela igreja, análogo ao irmão. Segundo documentos históricos, com 20 anos, Simeão …

Talin fechou uma estrada para que sapos e rãs possam atravessar em segurança

A capital da Estónia fechou uma estrada movimentada, durante as noites do mês de abril, para garantir que milhares de sapos e rãs conseguem atravessar em segurança para o local onde se vão reproduzir. Geralmente, são …

Organizador do White Lives Matter está a formar um novo grupo fascista (que quer uma guerra racial)

Organizador do White Lives Matter está a formar um novo grupo fascista, que procura agradar à opinião pública e quer ver uma guerra racial nos Estados Unidos. O organizador do abortado comício White Lives Matter, em …