Reguengos de Monsaraz. PSD denuncia “teia de relações partidárias” socialistas no Alentejo

PSD / Flickr

O líder do PSD, Rui Rio

O PSD denunciou este domingo uma “teia de relações partidárias” entre a administração de saúde e segurança social no Alentejo e exigiu o apuramento de responsabilidades pela morte de 18 doentes com covid-19 em Reguengos de Monsaraz.

Em comunicado, o partido social-democrata fala numa “teia de relações partidárias que se estabelece com a Administração Regional de Saúde e o Centro Distrital da Segurança Social” e exige o apuramento de “responsabilidades políticas municipais e distritais” na morte dos 18 idosos num lar de Reguengos de Monsaraz “por alegada falta de cuidados médicos adequados”.

“A ocupação generalizada das estruturas da administração local e regional por parte do Partido Socialista é uma prática que atinge no Alentejo uma dimensão insuportável”, sublinha o partido.

Também o facto de a presidência da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão da Silva coincidir com a presidência da Câmara Municipal de Reguengos revela, segundo o partido, “a promiscuidade política que domina as relações institucionais naquele município do Alentejo”.

Reiterando ser “inadmissível” a tentativa de “desvalorização dos acontecimentos verificados em Reguengos de Monsaraz por parte da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, o PSD quer “o apuramento das responsabilidades políticas que os diferentes atores em presença terão que assumir”, nomeadamente o Governo.

Para os sociais-democratas, é importante saber se a ministra sabia o que se estava a passar no referido lar e que medidas foram tomadas para resolver a situação.

“Se sabia e não tomou as medidas adequadas, estamos perante um caso evidente de incompetência e de insensibilidade perante a morte de 18 portugueses. Se não sabia ou ignorou deliberadamente a situação, então o caso afigura-se bem mais grave, colocando ao Primeiro-Ministro a responsabilidade de manter no Governo alguém que não está capacitada para o lugar”, sublinha o partido.

De acordo com o PSD, “os 18 falecidos não são redutíveis a percentagens. São pessoas, não são números”.

O partido revelou no sábado que vai chamar as ministras da Segurança Social e da Saúde ao Parlamento, para Ana Mendes Godinho explicar a situação ocorrida num lar de Reguengos e Marta Temido falar sobre o plano de combate à covd-19. Também o Chega e o CDS requereram uma audição urgente com as ministras.

Na entrevista publicada no semanário Expresso, a ministra da Segurança Social admitiu que faltam funcionários nos lares, lembrando que há um programa para colmatar essa falha, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 “não é demasiado grande em termos de proporção”.

Ana Mendes Godinho defendeu que não faz sentido falar de casos concretos de surtos de covid-19 em lares e sobre a situação ocorrida em Reguengos de Monsaraz disse que está a decorrer um inquérito por parte do Ministério Público e que é preciso esperar pelas conclusões.

A entrevista também causou polémica porque a ministra admitiu não ter lido o relatório da Ordem dos Médicos sobre o surto de covid-19 num lar de Reguengos de Monsaraz, tendo pedido “que o analisassem”. O esclarecimento do Ministério não aborda esta questão.

Em entrevista à TSF, no domingo, Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, estranhou o facto da ministra da Segurança Social não ter lido o relatório da Ordem dos Médicos sobre o surto de covid-19 num lar de Reguengos. “É no mínimo estranho e de uma enorme insensibilidade, a ministra não ter perdido 15 ou 20 minutos para ler a auditoria que a Ordem dos Médicos fez. Competia-lhe ler o documento“, disse.

O bastonário afirmou que Ana Mendes Godinho está a desvalorizar um documento importante e que contém factos relevantes que deviam ser lidos pela ministra que tutela os lares. “É um relatório factual, baseado em testemunhos de várias pessoas que lá trabalharam. O documento não deixa margens para dúvidas relativamente ao incumprimento das regras impostas pela Direção-Geral da Saúde. São regras básicas como separar os doentes covid e não-covid”, indicou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O PPD a falar do PS como se o PPD quando está no Governo não fizesse o mesmo, até se deu um caso em que uma direcção escolar no tempo do Barroso tinha duas directoras uma do PPD e Outra do CDS, ainda me lembro de quando o Paulo Portas era ministro dos negócios estrangeiros quando foi à América elevou a Cinha Jardim dizer “quem manda agora somos nós, nós é que somos os donos disto”, nessa altura nem um deputado do PPD ou do CDS abriram a boca, desde há mais de 40 anos que quem vai para o pote enche a Administração Pública com as suas clientelas, seja no Governo Central ou Autárquico, não é por acaso que deixou de haver concursos públicos para admissão de pessoal mas os organismos incluindo as Câmaras estão cheias de pessoal de chefia só abre concurso para lugares que as suas clientelas políticas não querem.

  2. Que moral tem o senhor Rui Rio ou alguém do PPD para exigir que ministros sejam chamados ao parlamento se eles quando são governo chumbam a chamada dos seus ministros ao parlamento? Quando são os do PPD não exige responsabilidades de nada, e sobre os responsáveis do Lar esses não tem responsabilidade nenhuma? Então quer dizer eu posso abrir um lar o que cobro é para mim e as despesas é para o Estado que somos todos nós contribuintes pagarmos,para ser sério e honesto, pimenta no rabiosque dos outros para mim é refresco não é cheirinho.

  3. E o diretor do lar não é igualmente o presidente da associação que o detém e o presidente da autarquia local?!
    Se um dia fossem auditar com rigor as nossas autarquias, o Estado precisaria de aumentar 100 vezes a capacidade nos estabelecimentos prisionais. E mesmo assim não sei se chegaria.

  4. “A ocupação generalizada das estruturas da administração local e regional por parte do Partido Socialista é uma prática que atinge no Alentejo uma dimensão insuportável”, sublinha o partido.”
    O Rui Rio tem razão – só foi pena ter-se esquecido que acontece exactamente o mesmo com o PSD na Madeira, no Minho, etc, etc!….

  5. O 25 de Abril foi feito só para alguns chuparem o dinheiro dos contribuintes. A redistribuição da riqueza socialista é tão mentira que um assessor que não nasceu cá, não gosta de cá viver, “mama” em 4 anos, ao lado de um partido dos guetos, mais do que um velhote ganhou em 40 anos a trabalhar.

  6. Pior que tudo, só o Súcialixo!!!!! Quaisquer semelhanças da pulhítica Súcialista da Tugalândia , com a Venezuela e o Brasil, NÃO É FICÇÃO CIENTÍFICA…… MAS SIM PURA REALIDADE!!!!!

RESPONDER

Famosa teoria de Stephen Hawking sobre buracos negros confirmada

Usando ondulações no espaço-tempo causadas pela fusão de dois buracos negros distantes, uma equipa de cientistas conseguiu provar uma das teorias mais famosas de Stephen Hawking. A teoria da área do buraco negro, que Stephen Hawking …

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …