Nova Deli registou 123 mil casos. Afinal, podem ser 6,6 milhões

Jagadeesh Nv / EPA

O Centro Nacional para o Controlo de Doenças da Índia revelou, esta terça-feira, que cerca de 23% da população do estado de Nova Deli já esteve infetada com covid-19.

De acordo com a Associated Press, foram testadas 21.387 pessoas, escolhidas de forma aleatória de entre os 29 milhões de habitantes do estado, onde fica Nova Deli, a capital da Índia.

Até ao momento, foram registados oficialmente 123.747 casos de infeção na região e 3.633 óbitos. A principal conclusão deste estudo, de acordo com Sujeet Kumar Singh, responsável pelo Centro Nacional para o Controlo de Doenças da Índia, é a de que os números reais na pandemia serão, afinal, muito mais elevados.

O estudo revelou que 23,48% das pessoas testadas tinham anticorpos para o novo coronavírus. A estimativa final do Centro Nacional para o Controlo de Doenças fixou-se nos 22,86%.

Assim, o estudo, que apenas se refere à capital indiana, que tem 29 milhões de habitantes, aponta para um valor muito mais elevado do que foi registado oficialmente: 6,6 milhões de casos de infeção, sendo que a maior parte deles não foram detetados nem identificados.

De acordo com Jayaprakash Muliyil, epidemiologista que faz parte da equipa de conselheiros do governo indiano para a gestão da pandemia, o estudo pode pecar por defeito. “É preciso olhar para os vários grupos diferentes”, alertou, explicando que os resultados representam uma média, pelo que a percentagem real de infeções deverá ser bastante mais elevada em algumas zonas, nomeadamente nos bairros de lata.

Especialistas suspeitam que muitas mortes, especialmente entre os idosos, não estão a ser registadas nos números oficiais. Os testes são ainda mais limitados fora da capital.

Os valores são superiores aos detetados no início do mês em Espanha, onde um estudo publicado na revista científica Lancet fixou nos 5,2 a percentagem da população com imunidade para a covid-19 e apontou para a possibilidade de os anticorpos desenvolvidos para lutar contra a doença desaparecerem ao fim de algumas semanas.

A Índia, que é o segundo país mais populoso do mundo, é o terceiro mais afetado pela covid-19, a seguir aos Estados Unidos e ao Brasil. O país tem mais de um milhão de casos de infeção (1.194.888) e 28.771 óbitos.

No início da pandemia, o vírus estava amplamente restrito às cidades do país, onde as populações tendem a ser mais jovens e onde há mais hospitais. Porém, surtos preocupantes foram detetados em áreas rurais com sistemas de saúde mais frágeis e em estados com populações mais velhas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cada qual conta consoante lhe convêm, um país destes o segundo mais habitado do planeta com condições de vida miseráveis, que pensar de tudo isto?

RESPONDER

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …