“Ministro mentiu com todos os dentes”. PSD quer ouvir Cabrita “com urgência”

António Pedro Santos / Lusa

O PSD pediu uma audição parlamentar urgente do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, sobre os festejos do Sporting.

O PSD pediu, esta segunda-feira, a audição parlamentar urgente do ministro da Administração Interna sobre os festejos do Sporting, acusando Eduardo Cabrita de tresler o relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) e de se ter desresponsabilizado dos incidentes.

“Da conferência de imprensa da passada sexta-feira concluímos que o senhor ministro da Administração Interna tresleu o relatório da IGAI e procurou, como tem feito noutros casos, transferir para outros as responsabilidades que são suas”, acusam os deputados do PSD, no requerimento entregue no Parlamento.

No texto, os sociais-democratas apontam que o MAI referiu nessa ocasião que a decisão do modelo dos festejos do campeonato nacional de futebol foi do Sporting Clube de Portugal e da Câmara Municipal de Lisboa, com Cabrita a acusar ainda o clube de “não responder” aos pedidos de esclarecimento da Inspeção-Geral da Administração Interna.

Na resposta, o Sporting afirmou que “participou nas reuniões de forma colaborativa” e acrescentou que não é o clube “que impõe regras à DGS, PSP, Ministério da Administração Interna ou ao Governo”, considerando lamentáveis as declarações de Eduardo Cabrita.

“Acresce que, de acordo com o relatório da IGAI, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, terá validado por despacho, na véspera da conquista do campeonato de futebol pelo Sporting, a realização dos festejos exatamente nos moldes em que estes vieram a ocorrer, contrariando o proposto pela Direção Nacional da PSP que desaconselhava o modelo que veio a realizar-se”, salientam os deputados do PSD.

Ou seja, insistem, a PSP desaconselhou um dos cenários em cima da mesa (e que foi o que aconteceu) — utilização do trio elétrico/desfile pela via pública – por considerar que comportava “um elevado grau de imprevisibilidade relativamente à manutenção da ordem pública e riscos elevados”.

Para os sociais-democratas, o relatório “deixa claro” que, após a realização de várias reuniões, foram dadas orientações por parte do MAI no sentido de a PSP se “articular com a Câmara Municipal de Lisboa e o SCP no sentido de promover as medidas consideradas adequadas para garantir a segurança dos festejos propostos pelo promotor (SCP)”.

“Considerando a passagem de responsabilidades públicas relativas a esta situação, bem como as informações que se contradizem entre si que têm vindo a público, o Grupo Parlamentar do PSD considera que toda esta situação deve ser devidamente esclarecida”, defendem, justificando o pedido de audição urgente na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Em declarações à Rádio Observador, o deputado Carlos Peixoto, que assina este requerimento, afirmou que “o ministro mentiu com todos os dentes que tem na boca”, criticando a conferência de imprensa de apresentação do relatório, em que “aquilo que diz é o oposto do que foi escrito”.

“O país não pode viver neste lodo e coabitar com este comportamento indigno de um ministro que é incompatível com a função que ocupa e com a responsabilidade do cargo”, sublinhou ainda. “Não é mais viável que os ministros sacudam a água do capote, ainda para mais com a obstinada cobertura política do primeiro-ministro.”

Na sexta-feira, Cabrita anunciou que o Governo vai avançar com uma proposta legislativa, a submeter à Assembleia da República, para rever o exercício do direito de reunião e manifestação, por considerar que a concentração de adeptos do Sporting junto ao estádio, no dia dos festejos de campeão nacional, foi um uso abusivo desta figura.

Questionado sobre as responsabilidades dos festejos, o governante respondeu que as comunicações sobre manifestações são apresentadas às câmaras municipais, neste caso foi a de Lisboa, não tendo o Ministério da Administração Interna (MAI) qualquer “competência de proibição de manifestação”.

Eduardo Cabrita disse ainda que a PSP, “face a esta situação abusiva do direito de manifestação, adotou as medidas que entendeu adequadas”.

O Sporting sagrou-se a 11 de maio campeão português de futebol pela 19.ª vez, 19 anos após a última conquista, e durante os festejos ocorreram confrontos entre os adeptos e a polícia.

Milhares de pessoas concentram-se junto ao estádio e em algumas ruas de Lisboa, quebrando as regras da situação de calamidade devido à pandemia de covid-19, em que não são permitidas mais de 10 pessoas na via pública, nem o consumo de bebidas alcoólicas na rua.

A maioria dos adeptos não cumpriu também com as regras de saúde pública ao não respeitar o distanciamento social, nem o uso obrigatório de máscara.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. “Ministro mentiu com todos os dentes”

    O Cabrito já não tem dentes para mentir. Já usa placa.
    Que pecado tão grande fizeram os portugueses para continuar a ter de lidar com este ser nojento ?
    Pois… 40% votou no PS !!

  2. Abater um porta-aviões, eis o jogo.
    Infelizmente a politica em Portugal está no nível de conversa de futebol.
    Isto deve-se a demais anos de isolamento neste canto esquecido da Europa.

  3. Na verdade é uma jogada do Costa para não falarem dele e não saírem mais noticias problemáticas do seu governo. Assim como assim este Cabrita já está queimado e será sempre a distracção para a comunicação social e portugueses.
    Abram os olhos o Bosta não dá ponto sem nó´

  4. O ministro Cabrita é ainda só mentiroso. Aldrabrão é o chefe dele que ele tenta imitar mas que por falta de qualificações ainda não atingiu tal nível.

  5. Não batam mais no ceguinho, o homem não acerta uma e o mais estranho é o 1º ministro teimar na sua manutenção, porque será? Para o manter como o bombo da festa ou haverá outras causas encobertas?

RESPONDER

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Albuquerque mostrou-se disponível para negociar o OE, mas Rio diz que "a Madeira não está à venda"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou hoje disponibilidade para conversar com o Governo sobre o OE, mas Rui Rio garantiu que os deputados madeirenses não vão contrariar o partido. “Se for para …

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …

Mudar de telemóvel pode ser um rombo nas poupanças a longo prazo, mais do que se pensa

Especialistas em finanças ouvidos pelo The New York Times consideram que mudar de telemóvel anualmente, dando o dispositivo anterior para retoma (quando este ainda tem um valor elevado), não é uma boa aposta, sobretudo a …

Costa confessa a "enorme frustração pessoal" com a morte da geringonça e admite governar em duodécimos

O debate deixou tudo em águas de bacalhau e nem a esquerda nem o governo dão sinais de ceder. Costa admite que o fim da parceria com o PCP e o Bloco é uma derrota …

Koeman: "O que se passou comigo é um problema social"

Treinador do Barcelona teve dificuldades em sair do Camp Nou, depois de perder frente ao Real Madrid. A contestação à volta de Ronald Koeman em Barcelona já se verifica há algum tempo (começou em alguns momentos …

Mais de 100 mil doentes podem ter covid longa e sobrecarregar o SNS

Com o crescimento do número de pacientes que reportam sintomas de covid prolongada, os especialistas receiam que o Serviço Nacional de Saúde não tenha capacidade de resposta. Segundo avança o Expresso, os directores e coordenadores de …

O serial killer John Wayne Gacy

Vítima de serial killer identificada 40 anos depois através do ADN de um dente

Os restos mortais de Francis Wayne Alexander foram encontrados há mais de 40 anos na casa do infame serial killer John Wayne Gacy. Mas só agora se conseguiu verificar a sua identidade. Segundo conta a cadeia …

Nem Salah, nem Mané: "Vão escrever livros sobre o Firmino"

Elogios públicos de Jürgen Klopp, depois da goleada do Liverpool contra o Manchester United. O Liverpool silenciou Old Trafford ao vencer por 5-0 na casa do rival Manchester United, graças aos golos de Keïta, Diogo Jota …

Psicólogo holandês diz ter vendido "pó suicida" a mais de 100 pacientes

Wim van Dijk não está preocupado com uma possível pena de prisão. A intenção do psicólogo holandês é alimentar o debate sobre a morte assistida. O psicólogo holandês Wim van Dijk disse ter vendido um "pó …