PSD propõe que Estado pague as dívidas aos fornecedores

O Conselho Estratégico Nacional (CEN) do PSD propõe que o Estado use a almofada financeira do IGCP para pagar os 4 a 5 mil milhões de euros de dívidas aos fornecedores, durante as próximas duas semanas.

Em comunicado, o presidente do CEN, Joaquim Sarmento, explica que esta medida “injeta liquidez imediata nas empresas e não afeta o défice, dado que a despesa que deu origem a essa dívida a fornecedores, em contas nacionais, já foi registada”.

Sarmento considera que esta é uma medida possível caso seja usada a chamada ‘almofada financeira’ do IGCP, “que serão cerca de 10 a 12 mil milhões de euros”. Citado pelo Observador, o social democrata realça que esta almofada “pode ser reforçada ou através de um aumento das emissões de bilhetes de Tesouro ou através de uma emissão de médio prazo de obrigações do Tesouro”.

O PSD avança também que brevemente vai apresentar um conjunto de medidas, a nível nacional e europeu, “para procurar mitigar a crise de liquidez que já se abate sobre as empresas nacionais, e que se irá agravar muito durante os meses de abril e maio”.

Posteriormente, “quando os efeitos económicos e financeiros do Covid-19 forem já mensuráveis e já se tiver uma ideia clara da resposta a nível europeu”, o grupo de economistas e gestores do CEN vai apresentar “um programa de recuperação da economia nacional e de aumento da sua competitividade, de capitalização das empresas e de aumento da competitividade, via mais investimento, exportações e emprego”.

“Portugal não pode sair desta crise de saúde pública com uma economia destruída”, realça Joaquim Miranda Sarmento.

“Nestas últimas semanas, o PSD tem mantido contacto com o Governo, procurando apoiar as medidas tomadas, analisando-as e contribuindo com sugestões e propostas para a sua melhoria”, acrescentou aquele que é conhecido como o ‘Centeno do PSD’.

O PSD pede então uma resposta imediata a esta crise, procurando garantir “que o máximo de empresas que fecharam ou venham a fechar temporariamente por causa do covid-19 voltem a abrir quando a quarentena e este período de exceção passar”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Calma lá, então também quero que o estado pague as minhas pois tenho o mesmo direito que uma qualquer empresa!
    Arranjar uma maneira de adiar, sim, pagar as empresas que as paguem!

    • A proposta consiste em pagar neste momento todos os valores que o Estado está a dever a empresas fornecedoras.
      O Estado (ministérios, municípios, empresas públicas, institutos públicos, hospitais, etc) pagam aos seus fornecedores de bens e serviços com atrasos enormes que chegam a mais de 12 meses.
      Há muitos casos tristes de empresas que são alvo de penhoras por dívidas às Finanças quando o Estado lhes deve mais do que elas devem aos Estado.

  2. «…Portugal não pode sair desta crise de saúde pública com uma economia destruída…»

    Não seria mais fácil acabar com a prisão domiciliária infundada dos cidadãos decretada pelo sr. Marcelo Sousa, deixar-mo-nos de tretas e tristes espectáculos como este do coronavírus covid-19 ou de que enfrentamos uma «crise de saúde pública», e resolver-mos em conjunto a crise económica como pessoas adultas e racionais?

RESPONDER

Turquia retém avião com ventiladores para Espanha

A ministra das Relações Exteriores de Espanha, Arancha González Laya, disse esta sexta-feira que as autoridades da Turquia retêm em Ancara um avião oriundo da China com ventiladores, para combater a pandemia de covid-19. A ministra …

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …