PSD propõe que Estado pague as dívidas aos fornecedores

O Conselho Estratégico Nacional (CEN) do PSD propõe que o Estado use a almofada financeira do IGCP para pagar os 4 a 5 mil milhões de euros de dívidas aos fornecedores, durante as próximas duas semanas.

Em comunicado, o presidente do CEN, Joaquim Sarmento, explica que esta medida “injeta liquidez imediata nas empresas e não afeta o défice, dado que a despesa que deu origem a essa dívida a fornecedores, em contas nacionais, já foi registada”.

Sarmento considera que esta é uma medida possível caso seja usada a chamada ‘almofada financeira’ do IGCP, “que serão cerca de 10 a 12 mil milhões de euros”. Citado pelo Observador, o social democrata realça que esta almofada “pode ser reforçada ou através de um aumento das emissões de bilhetes de Tesouro ou através de uma emissão de médio prazo de obrigações do Tesouro”.

O PSD avança também que brevemente vai apresentar um conjunto de medidas, a nível nacional e europeu, “para procurar mitigar a crise de liquidez que já se abate sobre as empresas nacionais, e que se irá agravar muito durante os meses de abril e maio”.

Posteriormente, “quando os efeitos económicos e financeiros do Covid-19 forem já mensuráveis e já se tiver uma ideia clara da resposta a nível europeu”, o grupo de economistas e gestores do CEN vai apresentar “um programa de recuperação da economia nacional e de aumento da sua competitividade, de capitalização das empresas e de aumento da competitividade, via mais investimento, exportações e emprego”.

“Portugal não pode sair desta crise de saúde pública com uma economia destruída”, realça Joaquim Miranda Sarmento.

“Nestas últimas semanas, o PSD tem mantido contacto com o Governo, procurando apoiar as medidas tomadas, analisando-as e contribuindo com sugestões e propostas para a sua melhoria”, acrescentou aquele que é conhecido como o ‘Centeno do PSD’.

O PSD pede então uma resposta imediata a esta crise, procurando garantir “que o máximo de empresas que fecharam ou venham a fechar temporariamente por causa do covid-19 voltem a abrir quando a quarentena e este período de exceção passar”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Calma lá, então também quero que o estado pague as minhas pois tenho o mesmo direito que uma qualquer empresa!
    Arranjar uma maneira de adiar, sim, pagar as empresas que as paguem!

    • A proposta consiste em pagar neste momento todos os valores que o Estado está a dever a empresas fornecedoras.
      O Estado (ministérios, municípios, empresas públicas, institutos públicos, hospitais, etc) pagam aos seus fornecedores de bens e serviços com atrasos enormes que chegam a mais de 12 meses.
      Há muitos casos tristes de empresas que são alvo de penhoras por dívidas às Finanças quando o Estado lhes deve mais do que elas devem aos Estado.

  2. «…Portugal não pode sair desta crise de saúde pública com uma economia destruída…»

    Não seria mais fácil acabar com a prisão domiciliária infundada dos cidadãos decretada pelo sr. Marcelo Sousa, deixar-mo-nos de tretas e tristes espectáculos como este do coronavírus covid-19 ou de que enfrentamos uma «crise de saúde pública», e resolver-mos em conjunto a crise económica como pessoas adultas e racionais?

  3. O Estado que somos todos nós nunca mas nunca mesmo foi bom em pagar a tempo aos fornecedores, nem antes do 25 de Abril tinha as contas em dia com os fornecedores, depois do 25 de Abril nesse ponto nada mudou fosse quem fosse no Governo ou no governam-se, mas parece que há alguns vendedores de ilusões que andaram desde o 25 de Abril a assobiar para o lado e só agora é que viram isso, mas nunca vi nenhum político preocupado com os empresário a pagarem tarde e a más horas aos seus trabalhadores, e exigirem que os empregadores paguem até dia 30 ou 31 de cada mês no lugar de pagarem ao dia 8 quando pagam, bem sei que a culpa nunca é nossa é sempre por culpa dos outros, se a coisa corre bem é graças a nós se corre mal é culpa dos outros, tem sido assim desde o 25 Abril, mudou-se o penico mas ficou a merda na mesma, quero que a actual classe política ou pulhitica vá bugiar bem longe.

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …