PS admite ir mais longe nas pensões para convencer BE e PCP

O PS admite ir mais longe no Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) em áreas com pensões, função públicas ou creches para conseguir o apoio dos antigos parceiros de geringonça – Bloco de Esquerda e PCP.

“É natural que se faça um esforço significativo de diálogo, procurando outros avanços e maior profundidade de análise em áreas como os aumentos das pensões, o aumento dos funcionários públicos e as creches”, disse esta quarta-feira o presidente do PS, Carlos César, que falava no programa da TSF “Almoços Grátis”.

“O nosso diálogo está centrado nos nossos parceiros tradicionais: é com eles que procuramos concertar condições”, frisou o socialista.

Questionado sobre a posição dos comunistas, que anunciaram esta quarta-feira que se iriam abster na votação da generalidade do OE2020, Carlos César revelou não estar surpreendido, apontando antes baterias ao PSD. “O PSD esgota-se em críticas e não se esforça em alternativas. Isso ficou visível na forma como Rio explicitou as razões pelas quais votava contra. Nunca disse verdadeiramente as alternativas”.

Carlos César considerou ainda que “seria incompreensível” se o Orçamento não fosse viabilizado por uma maioria que foi escolhida pelo povo português e se os parceiros tradicionais tivessem uma posição contrária à da garantia da estabilidade política do país.

Durante a tarde desta quarta-feira, o O PAN anunciou que se vai abster na votação na generalidade OE 2020, deixando tudo em aberto para a apreciação final e avisando o Governo que “terá que ser mais ambicioso”.

Tal como nota o semanário Expresso, a provação do documento na generalidade fica praticamente garantida com a abstenção do PAN e do PCP – falta apenas um voto que não seja contra. O voto em falta pode estar nas mãos de OS Verdes que ainda não anunciaram a sua intenção de voto no OE2020.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …