Procurador assume que prendeu Sócrates para investigar

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O procurador Rosário Teixeira assumiu, na resposta aos recursos à prisão preventiva apresentado pelos arguidos José Sócrates e Carlos Santos Silva, que os quis manter presos para poder investigar. O procurador situará as suas suspeitas nos dois mandatos de Sócrates como Primeiro-ministro.

De acordo com a edição desta sexta-feira do Diário de Notícias, o procurador da Operação Marquês defende o recurso à prisão preventiva para os dois arguidos porque, “se estivessem em liberdade, José Sócrates e Carlos Santos Silva podiam forjar documentos e dar outro rumo à investigação“.

José Sócrates foi detido a 21 de novembro no aeroporto de Lisboa, proveniente de Paris, e encontra-se em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora, indiciado de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada, da qual recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa.

Segundo a lei, quer o procurador quer o próprio juiz podem responder aos recursos apresentados pelas defesas dos dois arguidos contra as medidas de coação aplicadas pelo juiz Carlos Alexandre.

A posição de Rosário Teixeira é apresentada na sua resposta aos recursos, na qual, apurou o DN, o procurador reafirma as suspeitas que levaram à prisão preventiva do ex-Primeiro-ministro e do ex-administrador do grupo Lena e mantém que as mesmas incidem sobre o período em que Sócrates exercia funções de Primeiro-ministro.

A defesa de Sócrates tem mantido que não há qualquer indício ou prova de corrupção, com eventual excepção de um telefonema para o vice-presidente de Angola, ocorrido no verão passado, “por mera simpatia, com muito gosto e muito depois de ter deixado de exercer funções governativas”.

Segundo o procurador, também as entrevistas que Sócrates tem dado apontam para o “perigo de perturbação do inquérito”.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

Grupos secretos do Facebook prometem falsas curas para cancro e autismo

Uma investigação do Business Insider expôs casos de contas e grupos secretos no Facebook que passam publicitam "medicamentos" e "tratamentos" alternativos que custam milhares de dólares mas que, na verdade, não passam de fraudes. Segundo noticiou …

Ministério repudia agressões nas escolas e fala em casos "residuais"

O Ministério da Educação garante que as situações de violência grave nas escolas são “residuais” e que existe uma tendência de diminuição de casos, repudiando todas as agressões que considera "inaceitáveis seja quem for o …

Surto de anthrax pode ter matado mais de 100 elefantes no Botswana

Um surto de anthrax pode estar na origem da morte de mais de 100 elefantes no Botswana ao longo dos dois últimos meses. Fontes do Governo do Botswana adiantaram, citadas pela Reuters, que "as investigações preliminares …

Nove migrantes encontrados vivos em novo camião no Reino Unido

A polícia britânica encontrou um segundo camião onde viajavam nove migrantes, todos eles vivos. Ainda hoje foi encontrado um camião com 39 pessoas mortas. Horas depois de ter sido encontrado um camião com 39 pessoas mortas, …

Brexit. Primeiro-ministro da Irlanda apoia adiamento até 31 de janeiro

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, defendeu esta quarta-feira uma prorrogação da data do 'Brexit' até 31 de janeiro, num telefonema com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que já recomendou aos 27 que …

Matosinhos é a primeira cidade 5G em Portugal

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a Huawei, tornando-a na primeira cidade de quinta geração móvel em Portugal, anunciou, esta quarta-feira, a operadora de telecomunicações. De acordo com a operadora, "a rede …

O Super Mundial de Clubes vem aí e o Barcelona pode ficar de fora

O Barcelona poderá ficar fora da próxima grande competição da FIFA: o Super Mundial de Clubes. Para inverter esta situação, os catalães terão de ganhar uma das próximas duas edições da Champions. O Conselho da FIFA …

Falência da Thomas Cook leva ao encerramento de empresas no Algarve

De acordo com a TSF, há empresas que não vão conseguir resistir ao colapso do grupo britânico Thomas Cook, que anunciou falência há cerca de um mês. Um mês depois de ter sido anunciada a falência …

Ex-ministro da Saúde questiona regulador no caso do bebé sem rosto em Setúbal

Adalberto Campos Fernandes diz que o caso do bebé com malformações graves dá motivos para questionar a utilidade da Entidade Reguladora da Saúde. Ordem dos Médicos está a agir "adequadamente". O antigo ministro da Saúde Adalberto …

Nuno Artur Silva vendeu participação nas Produções Fictícias ao sobrinho

Nuno Artur Silva, futuro secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media vendeu a sua participação na produtora de conteúdos Produções Fictícias. Desta forma, o indigitado secretário de Estado já não tem participações em empresas …