Príncipe saudita garante que vai levar crime “hediondo” contra Khashoggi à Justiça

secdef / Flickr

O príncipe saudita Mohammed bin Salman

O príncipe herdeiro saudita, Mohammad bin Salman, assegurou nesta quarta-feira que a Arábia e Turquia estão a tomar todas as medidas para levar à Justiça os responsáveis pelo “crime hediondo” contra o jornalista saudita Jamal Khashoggi.

Em declarações num fórum internacional económico em Riade, conhecido por “Davos do deserto”, e falando pela primeira vez sobre a morte do opositor saudita, o príncipe herdeiro disse ainda que não haverá nenhuma rutura com a Turquia.

“Este crime foi realmente doloroso para todos os sauditas. E é doloroso para cada ser humano no mundo, é um crime hediondo que não pode ser justificado”, afirmou.

Bin Salman acrescentou que está a trabalhar em cooperação com o governo turco de forma a concluir a investigação e levar os autores do assassinato aos tribunais. “Sem dúvida, a cooperação atual com o governo turco é única e há muita gente a tentar usar este assunto doloso para criar uma rutura”, ressaltou o herdeiro saudita.

“[A rutura] nunca ocorrerá enquanto houver um rei que se chama Salman bin Abdulaziz, um príncipe herdeiro que se chama Mohammad bin Salman e um presidente turco chamado Erdogan”, acrescentou ainda, provocando aplausos entre os presentes.

Bin Salman subiu esta quarta-feira ao palco do fórum acompanhado pelo primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, e pelo príncipe herdeiro do Bahrein, Salman bin Hamad Al Khalifa.

Durante o seu discurso, o homem forte do reino insistiu que a rutura das relações com a Turquia “não vai acontecer”, frisando ainda que ambos os países “vão provar ao mundo que os dois governos estão a cooperar para encontrar os responsáveis e, no fim, irá fazer-se Justiça. É o que eu posso dizer”, garantiu .

Esta é a primeira vez em que o herdeiro fala em público depois de Riade ter admitido, no fim de semana, que o jornalista morreu no consulado da Arábia Saudita em Istambul.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Dois eurodeputados portugueses não vão a Bruxelas há um ano. Nuno Melo diz que perde 300 euros todos os dias

Os eurodeputados Nuno Melo (CDS) Cláudia Monteiro de Aguiar (PSD) não voltaram a pôr os pés no Parlamento Europeu desde que foram decretados os trabalhos à distância por causa da pandemia de covid-19. Nuno Melo …

Missão difícil em Munique. 7 campeões europeus contra 5 campeões mundiais e a história

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa e favorita Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. A …

Especialista britânico diz que terceira vaga está a caminho do Reino Unido

Uma terceira onda de infeções por covid-19 está a caminho do Reino Unido, onde os contágios diários ultrapassam de novo os 10.000 casos, afirmou o assessor do Governo no Comité Conjunto de Vacinação e Imunização …

Equipa portuguesa faz descoberta que pode travar a doença de Alzheimer

Uma equipa de investigadores portugueses identificou um novo mecanismo associado aos neurónios envelhecidos que pode abrir uma nova via terapêutica para travar a doença de Alzheimer. Hoje em dia, há cada vez mais pessoas a viver …

“Abuso de funções”. BE acusa Centeno de estar a "condicionar" as negociações do OE

As recomendações do governador do Banco de Portugal sobre as políticas que o país deve seguir, nomeadamente a estabilidade da legislação laboral, não caíram bem à esquerda. Em declarações ao ECO, o Bloco de Esquerda não …

Aberto inquérito-crime ao atropelamento mortal com carro de Cabrita. Não há câmaras no local do acidente

A GNR já está a investigar as circunstâncias do atropelamento mortal com um carro onde seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Mas o inquérito-crime não poderá contar com imagens das câmaras de video-vigilância …

Nuno Mendes e João Félix fora do jogo com a Alemanha

Os jogadores Nuno Mendes e João Félix vão ficar fora do jogo deste sábado frente à Alemanha devido a uma mialgia muscular. Ambos vão assistir ao encontro na bancada e devem recuperar a tempo de defrontar …

Antigo governador civil desmente Medina (que explicou sem explicar o envio de dados a embaixadas)

O último governador civil de Lisboa, o socialista António Galamba, desmente Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, no âmbito das conclusões da auditoria ao envio de dados de manifestantes para embaixadas estrangeiras. E há …

Portugueses burlados em Munique. PSP alerta para a venda de bilhetes falsos

No dia em que Portugal joga contra à Alemanha na capital da Baviera, a PSP alertou que vários portugueses estão a ser burlados com a venda de bilhetes falsos para a partida. O intendente Pedro Colaço …

Correos Express "passa a perna" aos CTT. Empresa quer conquistar Portugal para ter oferta ibérica na Ásia

A empresa espanhola concorrente dos CTT está a monopolizar as entregas ibéricas. Em 2019, comprou 51% da unidade de transporte expresso do grupo logístico Rangel e quer ter centros de distribuição em todo os distritos …