/

Não é Santana Lopes. Presidente da RTP é o preferido do PSD para a Câmara de Lisboa

1

RTP / Flickr

O presidente do conselho de administração da RTP, Gonçalo Reis

Gonçalo Reis, presidente do Conselho de Administração da RTP, é o preferido da direção do PSD para candidato à Câmara Municial de Lisboa.

O semanário Expresso avança esta sexta-feira que o nome do economista Gonçalo Reis, que termina o mandato como presidente do Conselho de Administração da RTP este ano, terá sido lançado por Nuno Morais Sarmento, vice-presidente do PSD.

Gonçalo Reis, de 51 anos, é gestor, licenciado em Economia pela Universidade Católica Portuguesa e tem um MBA pela Universidade de Chicago. Tem experência profissional em diversos setores, como a banca, publicidade, consultoria e infraestruturas.

O presidente do Conselho de Administração da RTP também teve alguma experiência política na altura em que Durão Barroso era presidente do PSD e criou um movimento de jovens tecnocratas e liberais. Este grupo “Missão Portugal” era constituído por, além e Gonçalo Reis, Miguel Frasquilho, Graça Proença de Carvalho, Isabel Castelo-Branco e Rita Marques Guedes.

Em 2002, Gonçalo Reis foi para o hemiciclo e filiou-se no PSD em 2003. Em 2009, foi eleito vereador da Câmara de Lisboa, nas listas encabeçadas por Pedro Santana Lopes.

Agora, segundo o Expresso, será o preferido para encabeçar a lista por Lisboa em 2021. Na praça pública, falava-se de Carlos Moedas, Miguel Poiares Maduro ou Ricardo Baptista Leite.

A decisão, no entanto, ainda não esta fechada, segundo o Expresso.

Aliás, na quinta-feira, o Jornal de Notícias adiantou que Pedro Santana Lopes poderia estar de volta ao partido de Rui Rio, após um jantar num restaurante de Lisboa com o líder cor-de-laranja. O JN avançou mesmo que o PSD estaria a equacionar o antigo primeiro-ministro para cabeça de lista por Lisboa nas eleições autárquicas de 2021.

No entanto, ao final do dia, o atual líder do PSD e o seu antigo presidente negaram que o encontro entre os dois tenha tido algum intuito relacionado com as eleições autárquicas de 2021.“Neste momento não há condições, ele é militante de um outro partido“, referiu Rui Rio.

Em declarações à rádio TSF, Santana Lopes assegurou igualmente que não houve qualquer convite sobre autárquicas ao jantar – apesar de o tema ter sido abordado – e disse ainda não querer ser candidato.

  Maria Campos, ZAP //

1 Comment

  1. Que surpresa, não fazia a mínima ideia de que o PSD mandava na RTP, há muito que eu reclamava a falta de Programas sem ser de Política, uma empresa a viver dos cofres dos Portugueses e das taxas da eletricidade não tinha lógica tanta programação de Política, e sempre dentro do mesmo espetro partidário com a única excepção do BE que normalmente se junta ao PSD, nunca imaginando que afinal não valia apena reclamar porque era chover no molhado, tenho a certeza que a maioria dos Portugueses culpam o governo pela falta de qualidade da RTP e nem contar quase para a liderança das audições.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.