Comida por cordas e muitas lágrimas. Últimos moradores do prédio Coutinho resistem ao despejo

Abel F.Dantas / ZAP

São nove os moradores do prédio Coutinho, em Viana do Castelo, que resistem no edifício que vai ser demolido para dar origem ao novo mercado municipal. Sem água e sem gás e com as autoridades a impedirem entradas no edifício, estão a receber comida içada por cordas.

O impasse prossegue no Prédio Coutinho que está para ser demolido desde 2000, por razões estéticas, para dar origem ao novo mercado municipal de Viana do Castelo.

A sociedade VianaPolis, que gere o programa que prevê a desconstrução do imóvel, não desiste da ordem de despejo que foi deliberada por um tribunal. E as fechaduras das portas exteriores do edifício foram trocadas pela PSP que mantém agentes à entrada do imóvel, não deixando entrar não moradores.

A SIC Notícias avança que os moradores do edifício podem sair à vontade, mas que precisam de autorização para voltar a entrar nas suas casas.

Entre os 9 resistentes que se recusam a sair do prédio, alguns são idosos que dependem dos seus filhos para levarem a cabo as rotinas diárias.

Entre a preocupação e as lágrimas, começa a ser complicado para quem resiste no edifício permanecer, já que a água e o gás foram cortados.

Durante terça-feira, os moradores chegaram a receber comida que foi içada pelas janelas com a ajuda de cordas, como reporta o Jornal de Notícias.

É um dia negro para Viana do Castelo“, lamenta ao Correio da Manhã um dos proprietários que se recusam a entregar as chaves, Valdemar Cunha. Este morador lamenta que as pessoas “estão a ser tratadas de forma violenta, sem respeito”.

“Moradores estão sob sequestro”

Entretanto, o advogado de vários moradores, Magalhães Sant’Ana, revelou aos jornalistas que o tribunal aceitou a acção de intimação pela defesa de direitos, liberdades e garantias dos últimos moradores do prédio Coutinho, que foi apresentada na passada quarta-feira.

A VianaPolis tem agora cinco dias para contestar a acção que não produz efeitos suspensivos ao despejo que começou segunda-feira por decisão do tribunal.

Magalhães Sant’Ana admitiu ter tido alguma dificuldade em aceder ao edifício, por lhe ter sido impedida a entrada pelos seguranças de uma empresa privada.

O advogado lamentou a forma “bizarra” como está a ser feita esta acção de despejo, considerando até que os últimos “moradores do edifício estão sob sequestro“.

Situado em pleno centro da cidade, o edifício Jardim, mais conhecido por prédio Coutinho, tem 13 andares e a sua demolição está prevista desde 2000 no âmbito do programa Polis, para ali ser construído o novo mercado municipal.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …