Comida por cordas e muitas lágrimas. Últimos moradores do prédio Coutinho resistem ao despejo

Abel F.Dantas / ZAP

São nove os moradores do prédio Coutinho, em Viana do Castelo, que resistem no edifício que vai ser demolido para dar origem ao novo mercado municipal. Sem água e sem gás e com as autoridades a impedirem entradas no edifício, estão a receber comida içada por cordas.

O impasse prossegue no Prédio Coutinho que está para ser demolido desde 2000, por razões estéticas, para dar origem ao novo mercado municipal de Viana do Castelo.

A sociedade VianaPolis, que gere o programa que prevê a desconstrução do imóvel, não desiste da ordem de despejo que foi deliberada por um tribunal. E as fechaduras das portas exteriores do edifício foram trocadas pela PSP que mantém agentes à entrada do imóvel, não deixando entrar não moradores.

A SIC Notícias avança que os moradores do edifício podem sair à vontade, mas que precisam de autorização para voltar a entrar nas suas casas.

Entre os 9 resistentes que se recusam a sair do prédio, alguns são idosos que dependem dos seus filhos para levarem a cabo as rotinas diárias.

Entre a preocupação e as lágrimas, começa a ser complicado para quem resiste no edifício permanecer, já que a água e o gás foram cortados.

Durante terça-feira, os moradores chegaram a receber comida que foi içada pelas janelas com a ajuda de cordas, como reporta o Jornal de Notícias.

É um dia negro para Viana do Castelo“, lamenta ao Correio da Manhã um dos proprietários que se recusam a entregar as chaves, Valdemar Cunha. Este morador lamenta que as pessoas “estão a ser tratadas de forma violenta, sem respeito”.

“Moradores estão sob sequestro”

Entretanto, o advogado de vários moradores, Magalhães Sant’Ana, revelou aos jornalistas que o tribunal aceitou a acção de intimação pela defesa de direitos, liberdades e garantias dos últimos moradores do prédio Coutinho, que foi apresentada na passada quarta-feira.

A VianaPolis tem agora cinco dias para contestar a acção que não produz efeitos suspensivos ao despejo que começou segunda-feira por decisão do tribunal.

Magalhães Sant’Ana admitiu ter tido alguma dificuldade em aceder ao edifício, por lhe ter sido impedida a entrada pelos seguranças de uma empresa privada.

O advogado lamentou a forma “bizarra” como está a ser feita esta acção de despejo, considerando até que os últimos “moradores do edifício estão sob sequestro“.

Situado em pleno centro da cidade, o edifício Jardim, mais conhecido por prédio Coutinho, tem 13 andares e a sua demolição está prevista desde 2000 no âmbito do programa Polis, para ali ser construído o novo mercado municipal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Bruxelas conclui que Zona Franca da Madeira violou regras e quer devolução das "ajudas indevidas"

A Comissão Europeia (CE) conclui que o regime da Zona Franca da Madeira (ZFM) desrespeitou as regras de ajudas estatais, pois abrangeu empresas que não contribuíram para o desenvolvimento da região, pelo que Portugal deve …

Chuva de críticas ao plano nacional de vacinação: "É vasto em imprecisões e impreparações"

Francisco Rodrigues dos Santos considerou que "faltou planeamento" no plano de vacinação português e observou que "basta comparar" com aqueles anunciados "na Alemanha, no Reino Unido ou em Espanha para perceber que há diferenças abismais". O …

O corpo ideal? O mistério das enigmáticas figuras pré-históricas de Vénus pode ter sido resolvido

Um dos primeiros exemplos mundiais de arte, as enigmáticas estatuetas de "Vénus" esculpidas há cerca de 30 mil anos, intrigaram os cientistas durante quase dois séculos. Agora, o mistério das estranhas figuras pode ter sido …

Nova geringonça à vista? Rui Rio mostra-se disposto a governar mesmo sem vencer eleições

São muitos os sinais que tem dado. Rui Rio está disponível para liderar uma futura maioria de direita se esta vier a surgir no quadro de futuras eleições legislativas - mesmo que o PSD seja …

Cientistas encontram nova criatura gelatinosa no fundo do mar (mas podem nunca mais voltar a vê-la)

Uma equipa de investigadores da Administração Nacional de Pesca Oceânica e Atmosférica (NOAA) revelou que descobriu Duobrachium sparksae, uma nova espécie de ctenóforo - ou águas-vivas-de-pente. A descoberta foi feita remotamente usando imagens de vídeo de …

Costa anuncia hoje medidas que vão vigorar nos períodos de Natal e de passagem de ano

O primeiro-ministro anuncia hoje as medidas de combate à covid-19 enquadradas pelo decreto presidencial de estado de emergência, que indicativamente vigorará até 7 de janeiro, incluindo os períodos de Natal e de passagem de ano. Na …

Especialistas explicam de que forma o novo coronavírus pode afetar o cérebro

Através do uso de amostras de tecido de pacientes que já morreram, uma equipa de investigadores conseguiu desvendar os mecanismos pelos quais o coronavírus é capaz de chegar ao cérebro de pacientes com covid-19 e …

Há círculos fantasmagóricos nunca antes vistos no céu (e os astrónomos não sabem o que são)

Em setembro de 2019, uma equipa de investigadores fez uma apresentação sobre objetos interessantes encontrados em novos dados radioastronómicos. Esses objeto tinham formas muito estranhas que não cabiam facilmente em nenhum tipo de conceito conhecido. A …

Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo. Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. …

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …