Prazos de entrega das declarações de IRS podem ser adiados

Os prazos para entrega das declarações do IRS poderão ser adiados este ano para haver uma adaptação às novas regras.

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, revelou ao Jornal de Negócios que os prazos de entrega das declarações do IRS, que este ano deveriam arrancar a 15 de março para as categorias A e H (trabalhadores dependentes e pensionistas), poderão ser adiadas, não revelando ainda exactamente para quando.

As entidades públicas (como escolas e universidades, lares e hospitais) podem declarar faturas até dia 19 de fevereiro, e esta nova data – que já levou o Governo a criar um site paralelo ao e-fatura para validarem estas faturas -, fará derrapar os prazos dos contribuintes, já que obriga a esticar os prazos para a validação das faturas e comunicarem reclamações e, consequentemente, para o início da entrega das declarações de IRS.

“Não há nenhuma catástrofe em adiar prazos quando é necessário para garantir que o sistema funciona com o mínimo de problemas possível”, afirmou Rocha Andrade ao Negócios.

O governante justifica que o sistema de e-factura é complexo e é necessário “garantir que funciona com o mínimo de problemas possível”, sublinhando que este adiamento “ainda não é certo” e sem avançar com possíveis datas.

Este ano, na sequência da Reforma do IRS levada a cabo pelo governo de Pedro Passos Coelho, a entrega das declarações relativas a 2015 em papel ou através da Internet decorrerá em simultâneo para trabalhadores dependentes e pensionistas entre os dias 15 de março e 15 de abril.

Para os restantes contribuintes o prazo estipulado é entre 16 de abril e 16 de maio.

O secretário de Estado assinala ainda um problema inicial de divulgação das novas regras do IRS, explicando que “houve gente que só percebeu as regras tarde”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A cada dia que passa percebe-se que o governo está cada vez mais “atolado” nas indecisões da aplicação de medidas que sabe que terão impacto negativo nas contas e que receia que os partidos da “coligação” venham a recusar.
    Veja-se a reversão para a aplicação das 35h na Administração Central.Os funcionários da Administração Regional e Local já têm o caminho aberto para a sua aplicação.Os outros veremos como irão voltar ás 35h.Para já e a contragosto dos sindicatos só para 1 de Julho é que está prevista esta alteração.
    Agora vem o Sec. Estado dos Assuntos Fiscais com pena dos imprevidentes aproveitar para dizer que é necessário “empurrar” para a frente o prazo de entrega das declarações do IRS de 2015 esquecendo que até agora esse prazo sempre começõu no dia 1 de Março.Que diabo depois de todos saberem as novas regras desde a data da aprovação do OE de 2015 em DEZEMBRO DE 2014!!! é o Estado que durante um ano não cumpriu a Lei e agora vem dizer que é preciso abrir o processo de entrega sem problemas.
    O que eu acho é que o governo está a ver aqui uma grande oportunidade para atrasar o reembolso de milhões de euros abusivamente “confiscados” durante todo este período.Sejam competentes e não prejudiquem mais os cidadãos.
    CUMPRAM OS PRAZOS E PAGUEM O REEMBOLSO O MAIS BREVE POSSÍVEL!

RESPONDER

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …