“O medo vai sempre existir”. Um dos poucos países sem covid-19 autoriza regresso de 143 cidadãos

Palau, que tem mais de 500 ilhas e cerca de 18 mil habitantes, é um dos poucos lugares do mundo onde não foram registados casos de covid-19. Agora, o país vai permitir que 143 cidadãos que estão no estrangeiro regressem a casa.

Palau encerrou as suas fornteiras a 22 de março, o que terá ajudado a travar a propagação de covid-19 que, até hoje, não foi registava no país. No entanto, há 143 cidadãos que ainda se encontram no estrangeiro e que não podem regressar até se voltarem a abrir as fronteiras.

O Presidente de Palau, Tommy Rememgesau, avançou com a decisão de autorizar o regresso dos cidadãos, uma decisão que não foi pacífica entre a população do país. Várias pessoas questionaram a decisão do presidente, argumentando que isto põe em causa a vida das 18 mil pessoas que vivem em Palau, em comparação com apenas 143 cidadãos presos no exterior.

De acordo com o jornal Tapei Times, Rememgesau disse aos deputados que o país tem a responsabilidade de o fazer. “É uma questão de minimizar o risco e fazer um esforço concertado, e, espero, apoiado por todos em Palau, embora tenhamos medo”, admitiu. “Não me vou iludir e dizer que vou esperar até não haver medo em Palau. Podemos nunca ver esse dia chegar”.

“O medo vai sempre existir”, explicou Remengesau. “Mas temos de perguntar: o que fazemos com os cidadãos em dificuldades? Simplesmente fechamos a porta e dizemos: ‘Vocês não podem entrar no país?'”.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, o senador Stevenson Kuartei, médico, disse que, embora esteja sob a autoridade do Presidente fazer uma convocação para repatriações, é preciso haver uma avaliação cuidadosa do risco.

“Os cidadãos podem voltar para casa com segurança e isso foi feito com os 10 pacientes que foram repatriados de Taiwan. Mas isso estava sob uma situação muito controlada. Uma estratégia meticulosamente planeada e executada deve acontecer e requer quarentena em Guam e Palau com testes oportunos”, disse.

Tomada a decisão, o regresso vai acontecer a partir da próxima quinta-feira. O regresso será efetuado em três grupos separados de 50 pessoas e processar-se-á em três fases.

Primeiro haverá duas semanas de quarentena num hotel em Guam, um território dos Estados Unidos no Pacífico. De seguida, os cidadãos estarão outras duas semanas noutro hotel, em Palau, sob guarda policial. Por fim, os regressados terão de se autoisolar durante mais duas semanas. Ao longo de todo esse período, irão ser testados.

ZAP ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto 2-3 SC Braga | Vitória no Dragão leva Braga à final da Taça

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 3-2, em jogo da segunda mão da meia-final da Taça da Portugal de futebol, e garantiu um lugar na final da competição. Depois do empate (1-1) …

Mona Lisa: a cadeira escondida que transforma o significado da obra de Da Vinci

O quadro da autoria de Leonardo Da Vinci é a obra de arte mais famosa do mundo. Contudo, há um detalhe que tem passado despercebido: a cadeira onde a misteriosa mulher está sentada. Escondida, mas …

"Projeto Xueliang". O plano chinês para fiscalizar 100% do espaço público

O "Projeto Xueliang" da China tem como objetivo fiscalizar a totalidade do espaço público, transformando vizinhos em agentes de vigilância do Estado. Em 2016, o município de Pingyi, localizado sete horas a norte de Shangai, tinha …

Há quem tome medicamento para cavalos para tratar covid-19, podendo envenenar-se acidentalmente

A pandemia de covid-19 gerou uma série de desinformações, algumas levando as pessoas a tomar medicamentos não prescritos para tratamento da doença, colocando em risco a sua saúde. Quando a cloroquina, medicamento para tratar a malária, …

Parece o "Batmóvel", é movido a energia solar e pode ser produzido em massa

A Aptera Motors está a preparar-se para lançar o primeiro automóvel movido a energia solar a ser produzido em massa até ao final do ano. A Aptera Motors, uma empresa norte-americana, apresentou recentemente o primeiro carro …

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …

Polícia do Capitólio alerta para ameaça de nova invasão já esta quinta-feira

A polícia do Capitólio, responsável pela segurança do Congresso dos Estados Unidos, alertou para a ameaça de uma milícia invadir a sede do Congresso na quinta-feira, com ligações a uma teoria de conspiração. A agência …

Oito feridos em esfaqueamento na Suécia. Polícia fala em terrorismo

Um homem esfaqueou, esta quarta-feira, um grupo de pessoas na vila de Vetlanda, na Suécia. Há pelo menos oito feridos, que foram transportados para o hospital, e as autoridades policiais suspeitam de um “ataque terrorista”. O …