Portugueses acham que Passos é que devia ser primeiro-ministro, mas aceitam Costa

PSD / Flickr

Os presidentes do CDS-PP, Paulo Portas, e do PSD, Pedro Passos Coelho

Tendo em conta os resultados das eleições, quem deveria ser primeiro-ministro: António Costa ou Pedro Passos Coelho? Para 52% dos portugueses, a resposta é clara: Pedro Passos Coelho.

Dois meses depois das eleições legislativas, a pergunta foi colocada aos eleitores numa sondagem da Universidade Católica para a RTP, Antena 1, Diário de Notícias e Jornal de Notícias, a 5 e 6 de dezembro, já depois da tomada de posse do Governo de António Costa.

Enquanto a maioria dos inquiridos considerou que o primeiro-ministro deveria ser Pedro Passos Coelho, 37% consideram que o PM deveria ser António Costa, com apenas 11% a não saberem ou quererem responder.

Em termos de percentagem, Catarina Martins (BE) é a líder partidária com mais avaliações positivas (58%), enquanto Pedro Passos Coelho regista 56% de avaliações positivas e António Costa vê descer o número de avaliações favoráveis para 47%.

Tendo em conta os votos nas legislativas e a opinião sobre as negociações posteriores, existe uma divisão clara entre direita e esquerda. Os eleitores do Partido Socialista, Bloco de Esquerda e CDU são maioritariamente favoráveis à indicação de António Costa. Por outro lado, os inquiridos que votaram na coligação Portugal à Frente preferem esmagadoramente (94%) o líder do PSD no Executivo.

Costa é o nome escolhido por 75% dos eleitores do PS, 55% dos que votaram no BE e 53% dos que votaram na CDU.

Curiosamente, nos dois partidos de esquerda que suportam o executivo socialistas há ainda uma franja considerável de mais de 30% que dariam a liderança do governo a Passos Coelho – 33% na CDU. No PS essa margem fica-se nos 19%.

Coligação sobe, mas não chega na mesma à maioria absoluta

No que toca às intenções de voto, todos os partidos subiriam se houvesse novas legislativas, com a exceção da CDU.

Os portugueses continuam a colocar a coligação PSD/CDS à frente nas intenções de voto: o resultado da aliança entre Pedro Passos Coelho e Paulo Portas subiu mesmo para os 41%, mais 1,5 pontos percentuais do que o resultado conseguido a 4 de outubro, mas não chega à maioria absoluta.

O PS também sobe nas intenções de voto para os 34% – mais 1,7 pontos percentuais do que em relação às legislativas, onde teve 32,3%. O Bloco de Esquerda também veria a sua votação aumentar, conquistando 11% dos votos nesta estimativa de resultados eleitorais (mais do que os 10,2% das eleições).

O PS aumentaria também, conquistando 34% dos votos , o que equivale a um crescimento de 1,7 pontos percentuais.

49% acham que Cavaco decidiu bem

Quando perguntados sobre a indigitação de António Costa, a 24 de novembro, pelo Presidente da República e “tendo em conta os resultados eleitorais e a composição do parlamento”, 49% dos inquiridos consideram que esta foi a melhor opção para o país, contra 35% dos inquiridos que consideraram que a indigitação de Costa não foi a melhor opção, e 16% que não se quiseram pronunciar.

Apenas os eleitores da PàF consideram, na sua maioria (64%), que a indigitação de António Costa não foi a melhor opção para o país, mesmo tendo em conta os resultados eleitorais – com maioria à esquerda no Parlamento.

Entre os eleitores dos partidos à esquerda, uma expressiva maioria entende que Cavaco tomou a decisão adequada aos interesses do país: 67% dos eleitores do Bloco de Esquerda que Cavaco Silva fez bem em indigitar o secretário-geral socialista, enquanto 22% consideram que não fez bem; 61% dos inquiridos que se afirmam eleitores da CDU concorda com a opção do Presidente da República e 33% acham que não foi a melhor opção para o país.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É evidente que quem deveria ser 1º ministro era Passos Coelho, perante uma união na AR posterior de um grupo de desunidos e de programas completamente antagónicos em que afinal terminaram todos em farinha do mesmo saco, outra alternativa praticamente não existiria para evitar males maiores à nossa economia já de si débil.

    • Agora com este distanciamento temporal, consegues de certeza a bacorada que mandaste… Qual passos fedelho qual quê..

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …

O Banif deixou de ser um banco em 2015, mas continua sem haver relatório obrigatório por lei

Os credores aguardam há quatro anos e meio que seja divulgado o relatório que diga qual a percentagem de recuperação a que têm direito por lei. A 20 de dezembro, completaram-se quatro anos desde que o …

FC Porto revela tempo mínimo de paragem de Marcano

O futebolista Iván Marcano, que sofreu uma uma rotura do ligamento cruzado, vai ficar afastado dos revelados pelo menos durante três meses. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o FC Porto …