Portugueses acham que Passos é que devia ser primeiro-ministro, mas aceitam Costa

PSD / Flickr

Os presidentes do CDS-PP, Paulo Portas, e do PSD, Pedro Passos Coelho

Tendo em conta os resultados das eleições, quem deveria ser primeiro-ministro: António Costa ou Pedro Passos Coelho? Para 52% dos portugueses, a resposta é clara: Pedro Passos Coelho.

Dois meses depois das eleições legislativas, a pergunta foi colocada aos eleitores numa sondagem da Universidade Católica para a RTP, Antena 1, Diário de Notícias e Jornal de Notícias, a 5 e 6 de dezembro, já depois da tomada de posse do Governo de António Costa.

Enquanto a maioria dos inquiridos considerou que o primeiro-ministro deveria ser Pedro Passos Coelho, 37% consideram que o PM deveria ser António Costa, com apenas 11% a não saberem ou quererem responder.

Em termos de percentagem, Catarina Martins (BE) é a líder partidária com mais avaliações positivas (58%), enquanto Pedro Passos Coelho regista 56% de avaliações positivas e António Costa vê descer o número de avaliações favoráveis para 47%.

Tendo em conta os votos nas legislativas e a opinião sobre as negociações posteriores, existe uma divisão clara entre direita e esquerda. Os eleitores do Partido Socialista, Bloco de Esquerda e CDU são maioritariamente favoráveis à indicação de António Costa. Por outro lado, os inquiridos que votaram na coligação Portugal à Frente preferem esmagadoramente (94%) o líder do PSD no Executivo.

Costa é o nome escolhido por 75% dos eleitores do PS, 55% dos que votaram no BE e 53% dos que votaram na CDU.

Curiosamente, nos dois partidos de esquerda que suportam o executivo socialistas há ainda uma franja considerável de mais de 30% que dariam a liderança do governo a Passos Coelho – 33% na CDU. No PS essa margem fica-se nos 19%.

Coligação sobe, mas não chega na mesma à maioria absoluta

No que toca às intenções de voto, todos os partidos subiriam se houvesse novas legislativas, com a exceção da CDU.

Os portugueses continuam a colocar a coligação PSD/CDS à frente nas intenções de voto: o resultado da aliança entre Pedro Passos Coelho e Paulo Portas subiu mesmo para os 41%, mais 1,5 pontos percentuais do que o resultado conseguido a 4 de outubro, mas não chega à maioria absoluta.

O PS também sobe nas intenções de voto para os 34% – mais 1,7 pontos percentuais do que em relação às legislativas, onde teve 32,3%. O Bloco de Esquerda também veria a sua votação aumentar, conquistando 11% dos votos nesta estimativa de resultados eleitorais (mais do que os 10,2% das eleições).

O PS aumentaria também, conquistando 34% dos votos , o que equivale a um crescimento de 1,7 pontos percentuais.

49% acham que Cavaco decidiu bem

Quando perguntados sobre a indigitação de António Costa, a 24 de novembro, pelo Presidente da República e “tendo em conta os resultados eleitorais e a composição do parlamento”, 49% dos inquiridos consideram que esta foi a melhor opção para o país, contra 35% dos inquiridos que consideraram que a indigitação de Costa não foi a melhor opção, e 16% que não se quiseram pronunciar.

Apenas os eleitores da PàF consideram, na sua maioria (64%), que a indigitação de António Costa não foi a melhor opção para o país, mesmo tendo em conta os resultados eleitorais – com maioria à esquerda no Parlamento.

Entre os eleitores dos partidos à esquerda, uma expressiva maioria entende que Cavaco tomou a decisão adequada aos interesses do país: 67% dos eleitores do Bloco de Esquerda que Cavaco Silva fez bem em indigitar o secretário-geral socialista, enquanto 22% consideram que não fez bem; 61% dos inquiridos que se afirmam eleitores da CDU concorda com a opção do Presidente da República e 33% acham que não foi a melhor opção para o país.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É evidente que quem deveria ser 1º ministro era Passos Coelho, perante uma união na AR posterior de um grupo de desunidos e de programas completamente antagónicos em que afinal terminaram todos em farinha do mesmo saco, outra alternativa praticamente não existiria para evitar males maiores à nossa economia já de si débil.

    • Agora com este distanciamento temporal, consegues de certeza a bacorada que mandaste… Qual passos fedelho qual quê..

RESPONDER

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …

Homem da comunicação de Rui Rio pertence à maçonaria

João Tocha, o homem que o líder do PSD escolheu para fazer parte da sua comunicação, é maçon, avança a revista Visão esta quinta-feira. Em declarações à Visão, João Tocha, iniciado no Grande Oriente Lusitano …

Marco Silva despedido do Everton

O treinador português Marco Silva foi hoje despedido pelo Everton, clube da Primeira Liga inglesa de futebol, um dia depois do desaire por 5-2 no reduto do rival da cidade, o campeão europeu Liverpool. “O Everton …

Líder Supremo do Irão aprova medidas para reconhecer como "mártires" os mortos dos recentes distúrbios

O líder supremo do Irão aprovou as recomendações de um relatório oficial propondo o reconhecimento como "mártires" dos mortos nos recentes distúrbios no país sem que tenham "desempenhado qualquer papel", indicou esta quinta-feira o seu …

OE2020. Governo quer baixar preço da luz sem mexer no IVA

O Governo socialista está a estudar hipóteses "alternativas" para baixar o preço da luz sem mexer na taxa do IVA, devendo estas soluções constar já da proposta inicial do Orçamento de Estado para 2020 (OE2020). De …

Pelosi acionou votação para impeachment a Trump. "Os factos são incontestáveis"

A Presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, anunciou esta quinta-feira que o órgão irá avançar com a redação de acusações contra o Presidente norte-americano, no âmbito do processo de impeachment. “As ações …

Relação volta a contrariar Ivo Rosa. Depoimentos de Salgado nos casos BES e Monte Branco podem ser usados na Operação Marquês

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) autorizou a utilização na Operação Marquês dos depoimentos do banqueiro e arguido Ricardo Salgado, prestados nos processos Monte Branco e Universo GES/BES, contestando a decisão de Ivo Rosa, …

Carga fiscal subiu aos 35,4% em 2018. É o valor mais alto desde 2000

A carga fiscal em Portugal subiu dos 34,3% do PIB em 2017 para os 35,4% em 2018, o valor mais elevado desde 2000, acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento …