Político italiano anti-vacinação hospitalizado com varicela

O governador da região italiana de Friuli-Venezia Giulia, Massimiliano Fedriga, conhecido por defender a política anti-vacinação no país, esteve hospitalizado durante vários dias devido a uma infeção por varicela, avançam os média locais.

Tal como nota o jornal italiano Corriere della Sera, Fedriga, membro do partido de extrema-direita Liga do Norte, é conhecido em Itália pela sua postura firme contra a vacinação obrigatória implementada pelo Governo anterior.

A Lei Lorenzi – assim batizada em homenagem à Ministro da Saúde que a promoveu, Beatrice Lorenzi – proibia os menores de frequentar centros educacionais sem os devidos certificados de vacinação atualizados.

Fedriga, de 38 anos, opôs-se fortemente à medida, considerando a imunização obrigatória como “uma ditadura” que não convenceria as famílias anti-vacinas. Apesar disso, o político admitiu que os seus filhos foram vacinados segundo o plano obrigatório do país.

Após o período de internação, o político recorreu às redes sociais para anunciar que já se encontrava bem e que estava em casa a recuperar.

Também através do Facebook, o conhecido imunologia italiano Roberto Burioni aproveitou a oportunidade para se dirigir a Fedriga. O médico começa por desejar-lhe uma “rápida recuperação”, observando que fica feliz em saber que vacinou os seus filhos.

Logo depois, o especialista relembra Fedriga que “infelizmente, a varicela não é só muito contagiosa (e perigosa), mas é também transmitida pelos pacientes antes mesmo de os sintomas aparecerem”. Por isso, sublinha Burioni, a “vacina, que tem uma eficácia de 88 a 98%,” é essencial para “impedir a circulação deste vírus perigoso”.

“A única maneira de evitar estas tragédias (porque são tragédias) é vacinar todos nós para impedir a circulação deste perigoso vírus, que, tal como aconteceu, poderia ter atingido uma pessoa muito mais vulnerável”, sustentou. Para o especialista, quem não se vacina, “sem razão e em nome da ignorância e do egoísmo (porque é disso que se trata, e não de livre escolha)”, põe em risco a vida dos outros.

Recentemente, o mote da Lei Lorenzi foi reiterado pela atual Ministra da Saúde, Giulia Grillo: “Sem vacinas, não há escola”, afirmou há uma semana a governante. Segundo explicou, as crianças até aos seis anos de idade ficarão proibidas de frequentar creches, jardins de infância ou escolas em Itália se não tiverem o plano de vacinação obrigatório.

Grillo disse ainda que as crianças mais velhas poderão matricular-se, mas os pais que não tenham vacinado os filhos estarão sujeitos a pagar uma multa de 500 euros.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …

David guardou uma pedra durante anos pensando que era ouro. Afinal, era bem mais raro que isso

Em 2015, David Hole estava a explorar Maryborough Regional Park, perto de Melbourne, na Austrália. Com um detetor de metais, descobriu algo fora do comum: uma rocha avermelhada muito pesada que repousava em argila amarela. Maryborough …

Quadro roubado por soldado nazi é devolvido a museu de Florença

O quadro de natureza-morta tinha sido roubado do museu por um soldado nazi como um presente para a sua esposa. Agora, o quadro foi devolvido ao museu pelos alemães. Um soldado nazi em retirada de Itália …

Um segundo. Foi o tempo que a Inteligência Artificial precisou para resolver um cubo mágico

Investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveram o DeepCubeA, um algoritmo capaz de resolver o desafio do Cubo de Rubik em pouco mais do que um segundo.  De acordo com a equipa de investigadores …