Inventor que matou jornalista sueca tinha vídeos de decapitação no computador

Bax Lindhardt Denmark Out / EPA

O inventor Peter Madsen depois de ter sido resgatado do naufrágio do seu submarino

A polícia dinamarquesa encontrou vídeos de mulheres a serem decapitadas no disco externo do inventor acusado pela morte da jornalista Kim Wall, depois de esta ter embarcado no seu submarino, sobre o qual estava a escrever um artigo.

Peter Madsen foi acusado pela morte da jornalista sueca, de 30 anos, que desapareceu misteriosamente a 10 de agosto, dia em que embarcou no submarino do inventor dinamarquês. O torso de Kim Wall acabou por ser encontrado nas águas de Copenhaga onze dias depois.

Agora, segundo a BBC, a polícia dinamarquesa encontrou vídeos de mulheres a serem torturadas, decapitadas e queimadas no disco externo que alegadamente pertence ao inventor.

Madsen, que nega o homicídio da jornalista, já afirmou que esse disco não lhe pertence e que todas as pessoas que trabalhavam no laboratório tinham acesso ao hardware.

O procurador a cargo da investigação, Jakob Buch-Jepsen, diz que esta nova descoberta vem “reforçar” as suspeitas sobre Madsen desde a sua última aparição em tribunal, no dia 5 de setembro.

Além disso, a autópsia ao corpo de Wall mostra ferimentos provocados por uma faca no torso e na zona genital, que se pensa terem sido feitos “por volta da hora da sua morte, ou pouco depois”, avança Buch-Jepsen.

(dr) Tom Wall

A jornalista sueca Kim Wall

No entanto, ainda não foi estabelecida a causa exata da sua morte, por isso, o tribunal ordenou que Madsen continue detido por mais quatro meses enquanto as investigações prosseguem.

O desaparecimento da jornalista foi registado às 02h30 pelo namorado, que não conseguia entrar em contacto com Wall. A freelancer tinha marcado uma curta viagem a bordo do submarino UC3 Nautilus, sobre o qual estava a escrever um artigo. Horas mais tarde, não atendia o telemóvel e encontrava-se em local desconhecido.

O milionário dinamarquês, acusado de homicídio involuntário, contou inicialmente à polícia que, após a curta viagem a bordo do submarino, deixou a jornalista em terra firme, junto ao local onde horas antes se tinham encontrado.

Mais tarde, o homem de 46 anos deu uma versão diferente, dizendo que a jornalista teria morrido num acidente a bordo, e que teria atirado o seu corpo à água na baía de Køge, a sul de Copenhaga, pensando depois em suicidar-se, afundando o submarino.

Kim Wall escrevia para jornais como o New York Times, The Guardian e South China Morning Post e para a revista Vice.

Madsen é conhecido pelos seus projetos de submarinos e por ser o co-fundador da empresa Copenhagen Suborbitals, criada em 2008 para lançar para o espaço monolugares tripulados e que fez descolar com êxito foguetões experimentais sem pessoas a bordo.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

      • A culpa é sempre de quem faz o mal mas perante o mundo actual em que vivemos parece ter havido ingenuidade a mais por parte dela para se meter sozinha num submarino a não ser que houvesse ali outros compromissos mas a verdade é que caiu na boca do lobo!.

Responder a FSC Cancelar resposta

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …

Portugal com mais 67 mortes e 5444 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta sexta-feira, mais 67 mortes e 5444 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 5444 novos casos, 3161 …

Microsoft vai contratar 300 pessoas, formar funcionários públicos e investir em startups em Portugal

A Microsoft Portugal e o Governo assinaram esta sexta-feira um memorando de entendimento, numa parceria que prevê reforçar a cooperação entre a empresa e o país. O protocolo assinado, descreve o Jornal Económico, estipula que a …

Jerónimo critica "ofensiva anticomunista" e justifica abstenção no Orçamento

O secretário-geral do PCP afirmou, esta sexta-feira, no discurso de abertura do XXI congresso nacional, que a abstenção na votação final global do OE2021 resultou da "persistência" do partido para garantir "importantes soluções". Jerónimo de Sousa …

Câmara de Lisboa pode encaixar 10 milhões com penalizações no IMI de imóveis devolutos

Desde este ano que a Câmara de Lisboa (CML) penaliza mais os proprietários de imóveis devolutos em zonas de pressão urbanística, tendo agravado o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Em 2021, quer tornar toda a …