Pingo Doce volta a fazer campanha especial no 1º de Maio

Pingo Doce

-

O Sindicato do Comércio e Serviços acusou hoje as cadeias de supermercados e hipermercados de não aumentarem os trabalhadores por falta de vontade, embora tenham capacidade financeira, pois fazem campanhas de descontos em dia de greve no sector.

“As cadeias de supermercados e hipermercados não aumentam os trabalhadores por falta de dinheiro, mas sim porque os querem empobrecer, como se comprova com a campanha de oferta generalizada de produtos na véspera e dia 1.º de Maio”, refere um comunicado do sindicato, envido à agência Lusa.

Manuel Guerreiro, presidente do Sindicato do Comércio e Serviços (CESP) disse à Lusa que o Pingo Doce publicita num cartaz afixado nas lojas que no dia 1.º de Maio vai “voltar a fazer história”.

No cartaz dirigido aos trabalhadores, a que a Lusa teve acesso, é referido que todas as lojas vão abrir às 08:00.

“O dia 01 de Maio vai ser especial porque vamos garantir mais poupança aos nosso clientes“, destaca o mesmo anúncio, assinado por um director, que diz contar com os trabalhadores para transformar a data “em mais um dia memorável para todos”.

Fonte oficial do Pingo Doce confirmou à Lusa que vai ser feita uma acção especial no dia 01 de Maio, mas não com descontos generalizados de 50%, como em 2012.

“Tal como já várias vezes afirmámos, a campanha que o Pingo Doce fez no dia 01 de Maio de 2012 foi única, excepcional e irrepetível nos termos em que ocorreu. Confirmamos que no próximo dia 01 de Maio haverá uma acção especial nas lojas Pingo Doce. Por razões de estratégia comercial, não iremos adiantar mais informação sobre a oferta promocional prevista”, disse a mesma fonte.

Segundo Manuel Guerreiro, alguns responsáveis de loja do Pingo Doce avisaram o pessoal de que, nesse dia, “há hora de entrada, mas não há de saída“.

O sindicalista referiu ainda que a Sonae/Continente anunciou aos clientes, através de SMS, oferta de bacalhau e carne de porco a  a preços bastante inferiores aos habituais

“Ora, isto comprova que não aumentaram pessoal e não negoceiam a revisão do CCT por falta de dinheiro, antes por uma obstinada politica de empobrecimento dos trabalhadores, senão não se proporiam oferecer dezenas ou centenas de milhões de euros num ou dois dias aos clientes”, disse.

O presidente do CESP considerou que estas campanhas têm como objectivo “boicotar a greve e o significado do 1.º de Maio, cometendo resmas de ilegalidades”.

Os trabalhadores dos hipermercados e supermercados fazem greve na sexta-feira em defesa de aumentos salariais e da melhoria das condições de trabalho, convocada por sindicatos da CGTP e da UGT.

Nos últimos anos, o CESP tem emitido pré-aviso de greve para o 1.º de Maio, para dar a possibilidade aos trabalhadores dos super e hipermercado de comemorarem o Dia do Trabalhador, mas, este ano, o objectivo da greve não será apenas esse “porque tem a ver com a situação laboral especifica destes” funcionários.

/Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Como somos um país da EU os hipermercados nacionais copiam os alemães, que:
    – Não abrem aos domingos por ser o dia da família. Nem no domingo de Páscoa e até na segunda-feira (seguinte ao domingo de Páscoa). Vá lá este ano só o Continente abriu.
    – Aos sábados fecham depois do almoço.
    – Não proíbem férias no período de Natal, Páscoa e outras festividades como cá.
    – Não obrigam a tirar no máximo 10 dias de férias seguidas. Por agora chega!!!
    Ah não se esqueçam. Votem nos mesmos para terem mais do mesmo.

  2. Estas campanhas badalhocas deviam ser desprezadas pelos consumidores não comparecendo nas lojas no dia 1. Mas á bom português aproveitador das desgraças dos outros, quais abutres, vao encher as lojas para que continue a justificar-se a sua abertura neste feriado. Como consumidor apelo a que se abstenham de ir aos hipers amanha. Obrigado!

  3. Foi exactamente a campanha que o Pingo Doce fez há uns anos atrás, oferecendo descontos de 50% de modo a prejudicar as comemorações do 1º de Maio, que fizeram com que a minha família tenha deixado completamente de fazer compras nessa cadeia !… É claro que a perca dos clientes que nós éramos não tira de modo nenhum o sono à família Soares dos Santos, mas a sua conduta não merece qualquer desculpa da nossa parte e, por isso, nos recusamos a apoiá-la através de compras efectuadas nos seus estabelecimentos. Agora, ao repetir a “habilidade” ( ainda que em moldes eventualmente diferentes ), vêm demonstrar que realmente não são dignos do nosso respeito ! Cumprimentos, RM.

  4. Felizmente há Pingo Doce que faz descontos!! Estamos todos ricos, é? Se, para estes comentadores a vida corre bem, para outros, não! Tudo que seja mais barato é de aproveitar!!

    • Oh senhora vá trabalhar (ser explorada) para um hiper e depois venha arrotar postas de pescada o pessoal que trabalha nos hiper recebe bem mal trabalha horas em barda com horários do tipo entrar ás 5 da manhã ou sair ás 2 e 3 horas embora ao publico só esteja aberto das 8.30 ás 22 nalguns são obrigados a fazer caixa limpar chãos wc etc são pau para toda a obra com ordenados miseráveis e o mais engraçado por exemplo aqui nem podem usufruir dos descontos do 1º de Maio pois estão a bulir para uns poucos irem lá fuçar nas compras baratas. Oh senhora sempre ouvi dizer quem tem C… tem o que quer é só pô-la a render 4 ou 5 quekas por dia rendem-lhe uma pipa de massa.

Responder a basta Cancelar resposta

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Marega e Pepe vão ser alvos de processos disciplinares

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …

Champions. O viking norueguês, a revolta de Neymar e a lição tática do "Cholismo"

Haaland foi a estrela da noite ao marcar os dois golos da vitória do Dortmund frente ao PSG. O Atlético de Madrid conseguiu ainda quebrar a invencibilidade do Liverpool. A Liga dos Campeões está de volta …

Auditoria ao Novo Banco vai custar três milhões. É o triplo do que custou a da CGD

A auditoria especial da Deloitte ao Novo Banco vai custar cerca de três milhões de euros, segundo avança o jornal ECO. Este valor é três vezes superior ao custo da auditoria da EY à Caixa …

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …

Derrocada em Borba. MP acusa oito arguidos de homicídio e violação de regras de segurança

A acusação contra oito arguidos envolvidos na derrocada da pedreira de Borba, em novembro de 2018, já foi deduzida pelo Ministério Público (MP). A informação foi divulgada, esta quarta-feira, pelo Departamento de Investigação e Ação …

Salários mais baixos da Função Pública sobem 10 euros. Férias não aumentam

Esta quarta-feira, o Governo revelou à Frente Comum que os salários mais baixos da Função Pública vão subir 10 euros, em vez de sete. Em relação aos dias de férias, não há abertura. O Jornal de …

Costa não é Alice no País das Maravilhas, mas levou os "óculos cor-de-rosa" ao debate quinzenal

No primeiro debate quinzenal do ano, António Costa lembrou, um a um, os números da economia do último ano. O episódio que tem manchado as primeiras páginas dos jornais desta semana também marcou presença, ainda …