Pfizer admite que deverá ser necessária uma terceira dose (e ser vacinado anualmente)

Abir Sultan / EPA

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que as pessoas vão, “provavelmente”, precisar de uma dose de reforço da vacina contra a covid-19, 12 meses após serem totalmente vacinadas.

“Um cenário provável é que haja necessidade de uma terceira dose, algo entre seis e 12 meses e, a partir daí, haverá uma revacinação anual, mas tudo isso precisa de ser confirmado. E, novamente, as variantes desempenharão um papel fundamental”, disse Albert Courla, CEO da Pfizer, em declarações à CNBC.

Assim, de acordo com Courla, as pessoas vacinadas com as doses da Pfizer podem necessitar de tomar uma terceira dose, um ano depois de estarem totalmente inoculadas, e voltar a vacinar-se anualmente.

O comentário foi feito depois de o CEO da Johnson & Johnson, Alex Gorsky, ter dito, em fevereiro, que as pessoas podem precisar de ser vacinadas contra a covid-19 anualmente, assim como as vacinas contra a gripe sazonal.

Os investigadores ainda não sabem quanto tempo dura a proteção contra o vírus depois de se ser totalmente vacinado.

A Pfizer afirmou, no início deste mês, que a sua vacina é mais de 91% eficaz na proteção contra o coronavírus e mais de 95% eficaz contra doenças graves até seis meses após a segunda dose.

A vacina da Moderna, que usa tecnologia semelhante à da Pfizer, também se mostrou altamente eficaz em seis meses.

Os dados da Pfizer foram baseados em mais de 12 mil participantes vacinados. No entanto, os cientistas dizem que ainda são necessários mais dados para determinar se a proteção dura depois de seis meses.

Esta quinta-feira, o responsável da resposta à pandemia de covid-19 da administração Biden, David Kessler, disse que os norte-americanos deveriam receber injeções de reforço para se proteger contra as diferentes variantes do coronavírus.

Kessler disse aos legisladores dos Estados Unidos que as vacinas atualmente autorizadas são altamente protetoras, mas observou que novas variantes podem “desafiar” a eficácia das vacinas. “Não sabemos tudo neste momento”, disse.

Em fevereiro, a Pfizer e a BioNTech disseram que estavam a testar uma terceira dose da sua vacina para entender melhor a resposta imunológica contra novas variantes.

No final do mês passado, os Institutos Nacionais de Saúde começaram a testar uma nova vacina da Moderna projetada para proteger contra uma variante encontrada pela primeira vez na África do Sul. O CEO da Moderna, Stephane Bancel, disse que a empresa espera ter uma injeção de reforço para a sua vacina de duas doses disponível no outono.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

André Ventura - Chega

Autárquicas serão "início do fim do reinado" de Costa. Em Moura, Ventura é apelidado de "fascista"

Esta sexta-feira à noite, em Moura, um grupo de pessoas juntou-se perto do comício de André Ventura, em protesto, apelidando o líder do Chega de "fascista". O líder do Chega, André Ventura, apresentava esta sexta-feira os …

Incêndios na Turquia chegam a zonas turísticas. Há suspeitas de mão criminosa

Os devastadores incêndios que se estão a fazer sentir na zona sul da costa da Turquia já fizeram pelo menos quatro mortes. Depois das ondas de calor mortais nas Américas, inundações na Europa e China e …

Sonae vende 24,99% da empresa que detém o Continente por 528 milhões de euros

O grupo Sonae acordou vender uma participação de 24,99% na Sonae MC, a proprietária dos supermercados Continente, por 528 milhões de euros, informou em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A alienação de …

Supertaça. Sporting e Sp. Braga defrontam-se 39 anos depois (e adeptos regressam aos estádios)

Sporting e Sp. Braga lutam este sábado pelo primeiro título da época (e os adeptos já vão estar na bancada). O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira está marcado para este sábado, …

Vacinação de crianças divide peritos. Mas sem a inoculação dos mais novos a imunidade pode não chegar

Na sexta-feira, a Direção-Geral de Saúde anunciou que recomenda que a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. No entanto, o tema está a gerar controvérsia e divide opiniões …

Governo com margem política para abdicar de 15% do Novo Banco

Em 2022, o Governo tem margem política para abdicar do direito de entrar como acionista no Novo Banco (NB), inicial­mente com uma participação de mais de 2%, mas que pode subir a 15%. Para já, nem …

Tóquio2020. Biles renuncia também às finais de salto e barras assimétricas

A ginasta norte-americana Simone Biles, que renunciou à final do concurso geral individual dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, também não vai participar das finais de domingo de salto e barras assimétricas, informou esta sexta-feira a Federação …

Governo não pediu parecer à CNPD sobre as "bodycams" em polícias. Método vai "aumentar a transparência"

A proposta da nova lei da videovigilância, que vai permitir que os polícias passem a usar câmaras nos uniformes, já foi aprovada em Conselho de Ministros, mas ainda não chegou ao Parlamento. Também não foi …

Marcelo reuniu com Lula, mas não revela o teor da conversa. Presidente diz que visita é apenas de cariz cultural

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse sexta-feira à chegada a São Paulo que a cultura tem um "papel fundamental" na convergência entre Portugal e o Brasil, rejeitando que a agenda alargada de …

PSP abre processos disciplinares por uso indevido de farda em manifestação

A PSP abriu processos disciplinares, por uso indevido e incorreto do uniforme, a agentes que participaram em 21 de junho, em Lisboa, numa manifestação organizada pelo Movimento Zero, confirmou esta sexta-feira à Lusa o porta-voz, …