Pedrógão. Misericórdias juntam-se a processo sobre reconstrução de casas

Paulo Novais / Lusa

Joaquim Godinho, junto à sua nova casa praticamente pronta, reconstruída depois de ter sido destruída pelo incêndio de Pedrógão Grande, na aldeia de Vale Nogueira

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) vai ser assistente no processo crime sobre as irregularidades na reconstrução de casas em Pedrógão Grande. O Ministério Público alega que várias entidades foram enganadas por autarcas.

Há sensivelmente um ano, o Ministério Público abriu um inquérito para investigar alegadas irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos incêndios de Pedrógão Grande, em junho de 2017. Suspeita-se que meio milhão de euros de donativos destinados à reconstrução das infraestruturas tenham sido desviados para casas não prioritárias, ou seja, de segunda habitação.

Em alguns casos, pessoas mudaram a morada fiscal depois do incêndio de forma a conseguirem o apoio do Fundo REVITA ou de outras instituições, como a Cáritas, SIC Esperança, Cruz Vermelha, La Caixa, Gulbenkian ou Misericórdias.

De acordo com o que a TSF aferiu, a juntar-se à União de Misericórdias Portuguesas, está também a Cruz Vermelha Portuguesa. Ambas foram contactadas pelo Ministério Público e aceitaram ser assistentes no processo crime instaurado no ano passado.

O Fundo de Apoio às Populações e à Revitalização das Áreas Afetas pelos incêndios (REVITA) também está a fazer uma avaliação jurídica para perceberem se serão assistentes no processo, juntamente com as outras entidades.

“Temos de nos constituir como assistentes para acompanharmos o processo pois as recuperações que fizemos de casas foram feitas com dinheiro de doações dos portugueses, nomeadamente do famoso espetáculo Juntos por Todos no Meo Arena”, explicou Manuel Lemos, presidente da UMP.

Manuel Lemos diz que é necessário saber o que se passou em concreto, daí ter aceitado ser assistente. O líder das Misericórdias confessa ter ficado surpreendido com a acusação do MP ao presidente da Câmara de Pedrógão Grande e a um ex-vereador, apesar de “quem andava no terreno ir relatando coisas que corriam menos bem“.

Os assistentes do processo poderão oferecer provas, requerer diligências, interpor recursos de decisões que afetem a entidade ou participar no julgamento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal volta a bater recorde de infeções: mais 4.224 casos nas últimas 24 horas

Portugal voltou a bater o recorde de infeções diárias esta quinta-feira. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 4.224 casos positivos em todo o país. Dia após dia, Portugal continua a bater recordes de infeções diárias. Nas …

Depois do novo confinamento, França estende uso obrigatório de máscara nas escolas às crianças de 6 anos

O uso de máscara na escola em França será estendido na próxima semana às crianças a partir dos seis anos, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro francês, Jean Castex, um dia após o anúncio de novo …

"A lei não pode exigir esse tipo de heroísmo". Presidente polaco recua na oposição ao aborto

O Presidente da Polónia defendeu esta quinta-feira que as próprias mulheres deveriam ter o direito de abortar em caso de fetos com problemas congénitos, rompendo com a liderança conservadora, que apoiou uma proibição que levou …

Advogados ligados à PLMJ contestam interesse público de revelações de Rui Pinto

A invocação de interesse público dos documentos e das informações expostas por Rui Pinto na Internet foi contestada, esta quarta-feira, por advogados ligados à sociedade PLMJ, na 18.ª sessão do julgamento do processo "Football Leaks". Na …

Microempresas do turismo do Norte com maior adesão a apoios

As microempresas de turismo do Norte foram as que mais dinheiro receberam da linha de apoio à tesouraria criada em resposta ao impacto da pandemia nesse setor, ficando com 29,3% (15,3 milhões de euros) do …

Migrantes marroquinos "desesperados e assustados" em greve de fome. Entre eles está uma mulher grávida

Seis dos migrantes marroquinos que chegaram ilegalmente em setembro estiveram em greve de fome, entre os quais uma grávida. Dizem não serem autorizados a falar com as famílias há mais de 40 dias. O protesto é …

TAP precisa de mais de 100 milhões por mês até final de 2020

O Plano de Tesouraria da TAP para 2020 revela que a empresa precisa, em média, mais de 100 milhões de euros por mês até ao final do ano para suprir as necessidades de liquidez. De acordo …

Fafe declara estado de emergência municipal devido à "rapidez" da propagação da covid-19

O concelho de Fafe está em estado de emergência municipal devido à “evolução grande” do número de infetados com o novo coronavírus e à “rapidez” da propagação, anunciou o presidente da Câmara. Em vídeo publicado nas …

Ameaça iminente. FBI alerta que hackers vão atacar sistema de saúde dos Estados Unidos

O Departamento Federal de Investigação (FBI) e duas agências federais anunciaram que cibercriminosos estão a desencadear um grande ataque de resgate contra o sistema de saúde dos Estados Unidos. Num alerta conjunto, o FBI e duas …

Multidão para ver ondas gigantes na Nazaré. Câmara corta acesso ao Farol

A Câmara e a Capitania da Nazaré decidiram cortar o acesso pedonal à estrada do Farol, para conter a excessiva concentração de público que assiste às ondas gigantes e garantir condições de segurança, informou o …