Pedrógão Grande: “Ministério Público vai acabar por acusar Estado de homicídio”

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

“Ainda a procissão vai no adro”. É assim que Marques Mendes avalia a investigação do Ministério Público à tragédia de Pedrógão Grande, vaticinando que o Estado vai acabar por ser acusado de homicídio por negligência.

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Marques Mendes fez o balanço sobre os seis meses da tragédia de Pedrógão Grande que vitimou, pelo menos, 66 pessoas.

O ex-líder do PSD começou por destacar as lacunas do Estado, em termos de responsabilidades políticas, notando que demoraram a ser assumidas. Também criticou a demora no pagamento de indemnizações do Estado às vítimas do grande incêndio.

“Quanto às responsabilidades criminais, ainda a procissão vai no adro”, referiu Marques Mendes, revelando a sua “convicção” de que “o Ministério Público vai acabar por acusar o Estado e entidades de homicídio por negligência“.

Na semana passada, o Departamento de Investigação e Acção Penal de Leiria constituiu como arguidos, no âmbito do inquérito-crime ao incêndio, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande, Augusto Arnaut, e o segundo comandante distrital de Leiria da Protecção Civil, Mário Cerol.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acusar o Estado ora o Estado somos todos os contribuintes! Vão os contribuintes ser acusados quando não são eles que estão no governo. O correcto sera o Ministério Publico acusar o governo, isto é quem faz parte do governo e não o Estado. Isso é muito fácil assim os governantes (politicos) vão sempre fazer este e outro tipo de incompetências já que nunca são responsabilizados diretamente. Estes politicos só irão aprender quando lhe forem ao bolso deles e não dos contribuintes que não tem responsabilidade nenhuma e muito menos c/ este governo já que foram os 3 partidos que fizeram a PANELA e não o povo.

RESPONDER

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …