PCP admite negociar Orçamento com PS, mas volta a rejeitar acordo de legislatura

Rodrigo Antunes / Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O PCP admitiu negociar o Orçamento do Estado para 2020 com o PS, mas rejeitou firmar qualquer acordo de legislatura, seja este oral ou escrito.

A posição dos comunistas, esta quarta-feira apresentada ao primeiro-ministro António Costa, está em linha com a apresentada nesta terça-feira ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa: PCP vai negociar medida a medida, rejeitando assinar um acordo, tal como aconteceu há quatro anos.

O PCP fez saber que “estão reunidas todas as condições para que PS possa formar o Governo e iniciar a governação” e que o partido “revelou disponibilidade para fazermos avaliação e apreciação conjunta de matérias que exijam intervenção parlamentar”, caso dos Orçamentos do Estado, disse António Costa à saída do encontro, que durou cerca de uma hora e meia.

Segundo António Costa, haverá uma “apreciação conjunta de matérias que exijam intervenção parlamentar” e essa “disponibilidade para fazer a apreciação conjunta desde o Orçamento do Estado e de outras medidas”. “Seguramente vai haver trabalho conjunto com o PCP, já para o Orçamento de Estado” do próximo ano, assegurou ainda.

Costa disse ainda que o facto de não haver papel com PCP não põe em causa um eventual acordo com Bloco. “Há quatro anos os acordos eram todos diferentes (…) Cada partido coloca a forma que entende”, recordou.

O líder comunista, Jerónimo de Sousa, assegurou, por sua vez, que o apoio do PCP depende das “opções do PS”. “A estabilidade de um Governo depende sempre das políticas que executa” e o PS conhece o programa do PCP, que assenta numa “política patriótica e de esquerda”.

PEV disponível para negociações prévias

Antes do PCP, António Costa reuniu-se com o partido Os Verdes. À saída do encontro, o primeiro-ministro destacou a disponibilidade do PEV para proceder a apreciações prévias conjuntas em matérias como orçamentos ou moções de censura, embora afastem a assinatura de um documento conjunto de legislatura, como em 2015.

“Desde já ficou indiciada aqui a ideia de mantermos à prática de proceder a apreciações conjuntas prévias em propostas de Orçamento, eventuais moções de censura ou de rejeição de programas de Governo. Isto, além do trabalho que se possa desenvolver em conjunto sobre matérias em que existam possibilidades de convergências”, afirmou o secretário-geral do PS, tendo ao seu lado o deputado do PEV José Luís Ferreira.

De acordo com o líder do PS, o PEV definiu um conjunto de prioridades que correspondem também a prioridades do PS, embora possam não ser necessariamente as mesmas medidas”. “Mas isso é o trabalho que temos de fazer no dia-a-dia”, insistiu António Costa.

Perante os jornalistas, o secretário-geral do PS procurou desdramatizar o facto de o PEV, ao contrário de 2015, não pretender agora repetir a assinatura de uma declaração conjunta com o PS, com orientações políticas para toda a legislatura.

O líder socialista preferiu antes salientar um ponto de consenso: “Registei que o PEV, tal como o PS, faz uma avaliação globalmente positiva daquilo que foi a colaboração conjunta na legislatura anterior”. “Nesta reunião, foram identificados pontos que o PEV considera que seriam importantes para dar expressão e continuidade na próxima legislatura”.

António Costa está agora reunido com o Bloco de Esquerda. No encontro desta terça-feira com Marcelo, recorde-se, os bloquistas mostraram-se disponíveis para firmar um acordo ou para avaliar medida a medida, deixando todos os cenários em aberto.

Catarina Martins explicou, contudo, que preferia firmar um acordo escrito, alegando que o documento ajudará a levar a cabo uma governação estável.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto pode ser obrigado a criar equipa de futebol feminino

A UEFA deverá obrigar todas os emblemas que participem nas competições europeias a ter uma equipa de futebol feminino. O objetivo é promover o desporto e aumentar o número de jogadoras. O FC Porto pode vir …

Há novas suspeitas no negócio do lítio. João Galamba rejeita ilegalidades

A aprovação da concessão de exploração de lítio em Cepeda, no concelho de Montalegre, à empresa Lusorecursos Portugal Lithium continua envolta em polémica. Desta vez, surgem suspeitas de ilegalidades relacionadas com divergências no capital social …

Pequenos partidos "roubam" quase um milhão de euros da campanha aos grandes

Escreve o jornal Eco esta sexta-feira que os quatro pequenos partidos que conseguiram eleger deputados para a Assembleia da República têm direito a quase um milhão de euros do total disponível das subvenções de campanha …

Rúben Semedo na mira do Benfica para a próxima época

O Benfica está de olho no defesa-central dos gregos do Olympiacos para a próxima época. Rúben Semedo foi recentemente chamado à seleção para os jogos de apuramento para o Euro 2020. Segundo o Record, Rúben Semedo está …

Violência, voos cancelados e manifestação com cinco colunas marcam continuação dos protestos na Catalunha

Milhares de manifestantes pró-independência da Catalunha concentram-se esta sexta-feira em Barcelona para protestar contra a condenação pelo Tribunal Supremo espanhol dos 12 dirigentes políticos envolvidos na tentativa de independência da Catalunha em 2017. Os manifestantes, organizados …

Morreu Rui Jordão, o "quase herói" do Euro 84

Rui Jordão, antigo avançado que passou pelo SL Benfica e pelo Sporting CP, morreu esta sexta-feira aos 67 anos. O luso-angolano faleceu devido a problemas cardíacos. Internado no Hospital de Cascais devido a um problema cardíaco, …

Rio tentado a recandidatar-se por temer pelo futuro do PSD

O atual líder do PSD, Rui Rio, pondera uma recandidatura ao cargo por temer pelo futuro do partido, escreve o jornal Público esta sexta-feira. Rui Rio pouco ou nada tem revelado sobre a decisão: desde as …

Adiamento do Brexit ainda em cima da mesa. Juncker fala em situação "extremamente complicada"

Apesar de Londres ter chegado a acordo com Bruxelas, o acordo ainda não passou pelo Parlamento britânico. Em cima da mesa continua o adiamento do Brexit. Os líderes mundiais mostram-se agradados e, acima de tudo, aliviados …

O adeus dos campeões. Alverca provoca hecatombe "leonina" na Taça de Portugal

O Sporting deixou-se surpreender pelo Alverca na terceira eliminatória da Taça de Portugal. Os ribatejanos bateram os 'leões' por 2-0, num jogo em que Varandas admitiu ter ficado envergonhado. A caminhada do Sporting na Taça de …

Rui Pinto encriptou dez discos externos. PJ não consegue descodificá-los

A Polícia Judiciária não consegue aceder a dez discos externos encriptados pelo hacker Rui Pinto. Desta forma, as autoridades podem estar a não conseguir obter provas essenciais à investigação. Em janeiro, as autoridades apreenderam doze discos …