Paula Brito e Costa, marido e filho continuam a receber salário da Raríssimas

João Relvas / Lusa

Raríssimas

Passou um mês e meio desde que Sónia Margarida Laygue foi eleita e assumiu a presidência da associação Raríssimas. A nova presidente revela que Paula Brito e Costa, marido e filho continuam a ser remunerados, apesar de suspensos.

Numa entrevista ao Observador um mês e meio depois de ter sido eleita, Sónia Margarida Laygue falou sobre as dificuldades que a Raríssimas atravessa e os planos da nova direção para manter a associação em funcionamento, apesar da crise financeira que atravessam.

A crise começou depois de uma reportagem da TVI ter posto a descoberto a gestão danosa levada a cabo pela sua antecessora, Paula Brito e Costa. A ex-presidente da Raríssimas levaria uma vida de luxo à custa do dinheiro da instituição que, em 2016, recebeu quase um milhão de euros do Estado.

Depois das revelações, a nova presidente encontrou uma associação com uma situação “muito delicada”, revelando que a quebra dos donativos dos mecenas foi significativa. Sónia Margarida, que também é mãe de uma criança com uma doença rara – a Ema, com 3 anos -, não baixou os braços.

Desde que está à frente da instituição, já devolveu um BMW ao stand, que custava 921 euros por mês à Raríssimas, e cortou no pessoal: dois funcionários da instituição saíram – porque “tiveram outras oportunidades de trabalho“, esclareceu – e, em vez de contratar novas pessoas, a direção optou por “reafetar outras pessoas para essas áreas”.

Entretanto, a direção vai estudando as respostas a serviços que a Raríssimas necessita existentes no mercado, “de forma a encontrar os melhores parceiros e reduzir custos também”. Para já, Sónia Laygue não prevê uma redução nos funcionários.

Isso quer dizer que a ex-presidente da associação, Paula Brito e Costa, o marido e o filho, vão continuar a receber os salários, apesar de estarem suspensos.

“Qualquer suspensão, até serem averiguados os factos e enquanto estiver a decorrer o inquérito interno, é remunerada. A Paula continua a ter um salário, tal como o marido e o filho”, explicou Sónia.

Por outro lado, quem não está a ser remunerada é Margarida. “Estou a fazer tudo pro bono, não tenho nenhum tipo de remuneração. Ser remunerada é uma situação que tem de ser votada e aprovada em Assembleia Geral. No entanto, no meu caso, nada disso se aplica, porque desde o primeiro dia disse que iria fazê-lo pro bono“. E acrescenta: “Tenciono manter-me assim.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Como é possível esta gente que andou a ROUBAR a instituição ainda continua a receber?? No mínimo congelavam o salario das 3 personagens “NO GRATAS”.
    Isto está mesmo tudo ao contrario os que roubam recebem quem lá está a trabalhar nada recebe.

  2. É uma vergonha, como é possível continuar a pagar a um ex-funcionário? Ainda por cima um funcionário que lesou a empresa em benefício próprio, despedido com justa causa?

    • Vê-se logo que não conheces a lei do trabalho(ou melhor, EMPREGO)…. É mesmo assim, tive um trabalhador que durante 2 anos ROUBOU 250.000 € da empresa (documentado e verificado)… Comprou uma casa de 140.000 euros e um carro de 70.000 em cash… Para despedi-lo (esteve 5 meses sentado numa secretária sem fazer nada, enquanto decorria o processo disciplinar). No fim, tive de lhe pagar 23.300 euros por decisão do tribunal e ainda ouvi o Juiz chamar-me de incompetente (porque deixei-o roubar). Acha que averiguaram a origem do dinheiro com que ele comprou a casa e o carro?….

        • Processo cível a decorrer à 3 anos e o dito cujo tem a casa em nome do filho menor de idade, alugada a outra pessoa (900 €/mês) . Vendeu o carro ao irmão e neste momento vive no Brasil ….. Apesar de 2 providências cautelares interpostas e ter TIR desde 07/03/2015 na sequência de queixa por burla, conseguiu sair do país em maio de 2015. Mas o problema está onde? No código de trabalho onde o trabalhador é SEMPRE tratado como a vítima….. Em taxas de justiça já paguei mais de 2.000 euros, já para nem falar dos custos com o meu advogado….. A justiça no seu melhor…..

        • O meu segundo comentário chegou depois da resposta, que, como eu dizia, temia intuir.
          Infelizmente, não há por onde, com sistemas “garantistas”.

          Ultima consideração:
          O tipo está fugido, não se goza da casa nem do carro…
          Porque é que o fazem?…

      • Ha ai qualquer coisa estranha.
        E teve de lhe pagar 23.000 porque ?

        Se ha um processo disciplinar só poderá ser dado como culpado no fim
        Esteve 5 meses sem fazer nada porque ? Porque nao queria trabalhar ou porque lhe tirou o trabalho ?

        • Só tinha duas opções, ou tolerava a presença do fulano no local de trabalho e no horário, ou mandava-o para casa com vencimento. Mas a segunda opção podia ser usada pelo adv do sindicato na defesa do “artista”. 5 meses foi o tempo que demorou a acção em tribunal…. 23.300 por falta de prova factual de ilícito (roubo) e consequente indeminização por despedimento sem justa causa visto o “artista” não querer retomar o posto de trabalho (alegou incompatibilidade com o gestor de recursos humanos). E ainda o tribunal decidiu que era ao “artista” que competia escolher a reintegração ao saída como veio a acontecer…. Ainda acha isto estranho?? Então veja acórdãos de recursos em direito de trabalho dos tribunais de relação… Não recorri porque achei que a acção cível ía repor a verdade…. Naife…..

  3. Uma coisa é certa, no dia das eleições eu tenho a certeza de quem fica em casa. São por estas e outras que não acredito em política e outras politiquices…

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …