Dinheiro da Raríssimas paga viagens, BMW e vestidos de luxo

Rarissimas / Facebook

A presidente da associação Raríssimas, Paula Brito e Costa

A presidente da associação Raríssimas, Paula Brito e Costa, estará a usar dinheiro da instituição, que recebeu quase um milhão de euros do Estado em 2016, para levar uma vida de luxo.

Segundo revela este sábado uma reportagem da TVI, a Polícia Judiciária está a investigar a gestão financeira da associação sem fins lucrativos Raríssimas, instituição criada para apoiar cidadãos portadores de doenças raras e deficiências mentais, que vive de donativos e de subsídios do Estado.

Em causa, diz a reportagem da TVI, conduzida pela jornalista Ana Leal, poderão estar mapas de deslocações fictícias, a compra de vestidos de alta costura, gastos pessoais em supermercados, o leasing de uma viatura BMW de alta cilindrada e o pagamento de viagens ao estrangeiro.

A investigação da TVI expõe centenas de documentos que podem comprometer a gestão da actual presidente da instituição solidária, Paula Brito e Costa, e coloca em causa a actuação do actual secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, enquanto consultor da associação Raríssimas.

A TVI tentou ouvir o secretário de Estado da Saúde, que se recusou a dar uma entrevista. Por escrito, Manuel Delgado, esclareceu que a sua função como consultor, consistiu numa colaboração técnica na área de organização e serviços de saúde na Casa dos Marcos, nunca tendo participado em decisões de financiamento.

A investigação coloca ainda em causa Sónia Fertuzinhos, deputada do PS e esposa do ministro Viera da Silva, que terá feito uma viagem à Noruega paga pela associação, e que  recusou prestar declarações.

A reportagem revela, entre outros, facturas de um vestido de 228 euros, de uma conta de 821 euros em compras, de uma despesa de 364 euros no supermercado, dos quais 230 dizem respeito a gambas, e da prestação de um carro BMW para uso pessoal da dirigente da associação, com o custo mensal de 900 euros pagos instituição.

Mas além da viatura, Paula Brito e Costa cobra à associação as deslocações diárias de casa para o trabalho, declarando que estas eram feitas em carro próprio.

No entanto, o carro que Paula Brito e Costa usa para fazer esse trajecto pertence à Federação de Doenças Raras, associação da qual foi presidente e na qual, diz a TVI, auferia 1315 euros – acrescidos de 540 euros para despesas de deslocação.

Além dos 3000 euros mensais de vencimento base, Paula Brito e Costa recebe por mês na Raríssimas 1300 euros em ajudas de custo isentas de imposto, 1500 euros em deslocações e 800 euros de um Plano Poupança Reforma.

(dr) Chema Moya / EFE

A presidente da associação Raríssimas, Paula Brito e Costa (dir.) com a rainha de Espanha, Letizia, e a ex-primeira-dama, Maria Cavaco Silva

O tesoureiro da instituição entre 2016 e 2017, Ricardo Chaves, conta à TVI que “havia mapas de quilómetros mensais com valores elevadíssimos sem qualquer justificação”. “Era um mapa de deslocações fictício, porque as deslocações não existiam”.

O ex-tesoureiro diz ter sido confrontado por uma contabilista da instituição com despesas no El Corte Inglés relativa a vestidos de marca, pagos por Paula Brito e Costa com o cartão de crédito da Raríssimas.

A mesma contabilista, mais tarde, terá dito ao tesoureiro que tinha “recebido ordens da dona Paula” para deixar de lhe prestar quaisquer contas ou mostrar documentos. “Não posso mais prestar contas ao Ricardo, não posso mostrar nada do que se passa na contabilidade ao Ricardo”. O tesoureiro apresentou então a sua demissão.

Um outro ex-tesoureiro da Raríssimas, Jorge Nunes, revela à TVI que apesar dos gastos em compras, viagens e artigos de luxo, a instituição “passava dificuldades”, tendo chegado a apresentar prejuízos durante alguns – apesar do apoio do Estado.

“Eu tenho um ano, 2013 ou 2014, com 500 mil euros de prejuízo. Noutro ano, tenho uns 120 e não sei quantos mil euros de prejuízo”, revela o ex-tesoureiro, que realça que apesar do apoio estatal, “só no ano de 2016, o prejuízo foi de cerca de 875 mil euros“.

“As dificuldades era não termos dinheiro para pagar ordenados e fornecedores. Comecei a perceber que o intuito não era bem trabalharmos para os meninos, era trabalharmos para nós”, diz o ex-tesoureiro, que apresentou também a sua demissão.

Governo vai avaliar a situação e agir em conformidade

O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social vai “avaliar a situação” da Raríssimas e “agir em conformidade”, após a denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira e de uso indevido de dinheiros da associação pela sua presidente.

“Depois da peça transmitida pela TVI no passado sábado a propósito da Instituição Raríssimas, e tendo em conta os factos relatados, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, dentro das suas competências, irá avaliar a situação“, diz o ministério, em comunicado divulgado este domingo.

O ministério de Vieira da Silva irá, acrescenta o comunicado, “agir em conformidade, tendo sempre em conta, e em primeiro lugar, o superior interesse dos beneficiários desta instituição”.

Acusações insidiosas e informações manipuladas

A Associação Raríssimas reagiu entretanto à reportagem da TVI, num comunicado publicado na sua página de Facebook, no qual alega ser alvo de “jornalismo de emboscada ao serviço de interesses obscuros”.

A Associação garante que “todas as acusações apresentadas na reportagem são insidiosas e baseadas em documentação apresentada de forma descontextualizada”, e que, ao contrário do que é dito na reportagem, “não está em causa a sustentabilidade financeira da Raríssimas.

O comunicado assegura ainda que todas as acusações de que a Direcção da Raríssimas, “na pessoa da dra. Paula Brito e Costa e restantes visados”, foram alvo, serão devidamente retratadas seguindo os procedimentos legais previstos“.

“A Direção da Raríssimas emitirá nas próximas 48 horas o direito de resposta, na qual todas as questões levantadas pela reportagem merecerão um esclarecimento cabal e fundamentado”, conclui a nota publicada na rede social.

O post no Facebook, entretanto, deixou de estar disponível, e a própria página de facebook da associação está inacessível.

Caros Sócios, Famílias, Colaboradores e Fornecedores No seguimento da reportagem transmitida ontem no Jornal da Noite…

Publicado por Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras em Domingo, 10 de Dezembro de 2017

ZAP //

PARTILHAR

53 COMENTÁRIOS

  1. E não querendo ofender algumas pessoas de bem e honestas, o que não falta por ai são associações e instituições que o único objectivo é literalmente mamar dinheiro do estado, doações, etc para viverem à grande à conta da “generosidade”

  2. reforço a chamada de atenção aos cidadãos: façam uma rigorosa escolha a quem dão o v. contributo. É uma desperdício criminoso o que certas instituições fazem com as dádivas preciosas e generosas , mesmo que seja apenas por má gestão ; quando atinge o uso indevido lamentamos que os diversos serviços do estado e da S.Social sejam os “cegos” e paralíticos que conhecemos.

    • Concordo plenamente e fico estupefacto por até agora não haver uma reacção até do Sr. Presidente da Republica, perante o desplante de tal figura, que nem a Sra. tem direito de ser chamada quanto mais ao ” e Costa”. Expulsa Já, presa sem perdão. e os seus lacaios deveriam seguir o seu caminho.
      E pensarmos que há tanto disto por ai e nós a pagarmos, e ás vezes sem podermos…

  3. Uma autentica sociopata parasita pendurada no Estado e aproveitando-se dos doente para viver como uma autentica rainha!!
    Expulsa já e obrigada a evolver tudo o que desviou!!

  4. Se quiserem compreender o PORQUÊ da minha constante revolta,eis este exemplo que traduz bem onde chega a grande “chaga” social que nos aflige.Faltam palavras para melhor exprimir o que nos(me) vai na alma,e se o disser com todas as letras torno-me ordinário!…Vi este documentário hoje(dia 10/12,perto das 03H00)) de madrugada na TVI,pena que não o divulguem mais vezes e a horas próprias,para que todos saibam dos farsantes vis que conspurcam a sociedade em pleno século XXI-vigésimo primeiro século da Era Cristã ou O QUE LHE QUEIRAM CHAMAR-…Na verdade,temos entre nós escroques “muito cultos” e senhores de si mesmo,com a lição bem estudada graças às politicas neoliberais que lhes permitiu tamanhas leviandades…Agora o povo que os julgue!

  5. A ser verdade, é mais uma vergonha, mas, já nada admira neste país, que de pobre, nada tem. Tem muitos ladrões. Parece, a cada dia que passa, o Sr, Dijsselbloem tem toda a razão. Em Portugal, esta elite miserável, gasta o nosso dinheiro em prazeres pessoais.

  6. Quero lá saber da cor partidária.
    Roubou, enganou, só tem que sentar o rabo no banco dos réus, desde que provados os fatos cadeia!!!
    Não a penas suspensas.
    Reporem primeiro tudo e depois cela 44por longo tempo.
    A justiça tem que prestar contas aos portugueses e não a meia dúzia de socialistas corruptos.
    Doa a quem doer.

    • E quem é que falou em “cor partidária”?!
      Acho que ficou bem claro na reportagem que o “partido” desta parasita da sociedade é apenas o poder e o dinheiro!

    • Ao que tu chegas-te – vómito são os teus tristes comentários!….
      Caso não tenhas percebido, trata-se é uma associação privada e o “país” não é para aqui chamado – além disso, o país ainda ontem “chegou” a Melhor Destino Turístico do Mundo!!
      E tu?!

      • Polícia da gramática aqui para corrigir:
        chegas-te = Conjugação pronominal reflexa da 2ª pessoa do singular do PRESENTE do indicativo do verbo chegar
        chegaste = 2ª pessoa singular do PRETÉRITO PERFEITO

        Dos erros mais comuns e frequentes que são cometidos, mas tão simples de aprender… Não se percebe como tanta gente faz confusão com isto.

        • Eu tento sempre escrever o mais correctamente possível mas, de vez em quando, lá sai um ou outro erro gramatical…
          É um erro típico que eu não costumo cometer e, confesso que neste caso até fiquei na dúvida…
          Ao reler novamente o que escrevi, parece-me que “chegas-te” é mais adequado!
          Não será?!
          Estou perguntar sinceramente, pois admito que possa estar errado.

          • Arre que não percebeu. Ainda há pouco tinha concordado com este homem pela segunda vez na história do Zap e agora borraste a pintura toda.

            Uma forma fácil de perceber:
            quando se lê como se tivesse acento “chegáste” é tudo junto
            quando se lê como se não fosse acentuada é “chegas-te”

            Agora chegas-te à frente ou já te chegaste?

            • Calma… não há necessidade de tanta arrogância!..
              Não percebi e ainda fiquei mais baralhado!…
              No Presente é “chegas-te” e no Passado é “chegaste” – a duvida é se na frase “Ao que tu chegas-te” é presente ou passado…
              Eu acho que é presente, portanto…

    • IPSS- Sabe o que é?
      INSTITUTO PARTICULAR DE SOLIDARIEDADE SOCIAL.
      Não é o País.
      São pessoas que dizem que ajudam os outros e ajudam-se a elas próprias ……
      E com o P.República sempre por perto.

      • A Ana Leal é uma irresponsavel, mentirosa, e muito mais coisas feias, á procura de protagonismo seja a que custo for, não será por acaso que o PR ainda não disse nada, o que a Ana Leal diz não vale nada, é prodente esperar pela investigação da PJ.

        • Eh lá!…
          O que a Ana Leal diz pode não “valer nada”, mas o importante não é que ela diz – são as declarações de quem lá trabalhou e, principalmente, o que mostram os documentos!
          Portanto, é muito estranho esse ataque à Ana Leal!…
          Ela pode não valer muito, mas, pelo que se consegue perceber pela reportagem, essa tal “Paula Brito e Costa é que não vale mesmo nada!
          E, “por acaso”, o PR já disse “alguma coisa!

  7. Pois, muito triste e, infelizmente, tristemente familiar.
    Portugal é um país onde há muita gente que olha negativamente para quem é empresário e que, assumidamente, pretende ganhar a vida com o suor do próprio trabalho.
    Curiosamente, Portugal é também o país onde associações, institutos, IPSS, fundações, universidades, partidos, entidades públicas e outros que tais são muitas vezes vistos com grande deferência, mas muitas vezes é o que se está a ver agora.
    A mim o que mais me espanta é o espanto geral!
    Já dizia o maestro Miguel Graça Moura: “De facto, não se levam maestros a tascas nem se hospedam em pensões.” Pena é que isso se faça sistematicamente com o nosso dinheiro…

  8. Se deu na TVI é porque é verdade. Infelizmente o povinho e certos comentadores adoram novelas e series com bom enredo, em vez de estarem preocupados com o país real.

  9. É a ditadura esclarecida, onde quando passa esta ave rara, os súbditos têm que se levantar!
    Claramente um caso grave de importância, em que o ego extravasou para além do vestido. Como poderia aceitar uma ideia de igualdade entre os portugueses. Parece estar ali para se servir e os outros para a servirem a ela.
    E até já planeava uma sucessão hereditária na mesma cadeira…

  10. E o dinheiro que ela gastou em prostitutos e stripers?
    Ou sera que seria muito danoso para essa Senhora?

    Qd fizerem uma reportagem do genero sobre a Liga dos Bombeiros de Portugal, ai e que vai ficar escandalizados…

    • e quando fizerem uma reportagem credível de jornalistas que inventam reportagens para salvar empregos, aí é que vamos todos arrepiar…

  11. Boa tarde,
    Não desculpando quem quer que seja no meio desta história vale a pena referir um ditado popular “zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades”.

    No meio desta história acho que devo ainda referir o seguinte:
    1.º – A forma como a TVI deu a noticia, apresentando apenas os argumentos de uma das partes, já criou uma opinião generalizada na população de culpa/crime, isto é, já se fez o julgamento em praça pública;
    2.º – Não me parece, por parte da associação, que colocar um “post” no facebook seja forma de refutar as acusações / noticias apresentadas pela TVI;
    3.º – Muitas das coisas parecem ter sido apresentadas descontextualizadas pelo que devem ser analisadas como um todo. Parece-me ainda que alguns factos foram “impulados” como por exemplo a compra de vestidos de luxo mas, no final, só evidenciaram a compra de um vestido no ElCorteIngles e se 200€ é um vestido de luxo então a compra de muitos telemóveis, que pais da Classe Média/Baixa dão aos filhos, são compras de muito alto luxo…

    Peço que esclareçam as coisas pois, face à proporção das noticias, a esta hora todas as instituições tem a mesma postura, a mesma forma de actuar e sabemos que isso não é verdade…

  12. IPSS- Sabe o que é?
    INSTITUTO PARTICULAR DE SOLIDARIEDADE SOCIAL.
    Não é o País.
    São pessoas que dizem que ajudam os outros e ajudam-se a elas próprias ……
    E com o P.República sempre por perto.

  13. Paula Brito e Costa, Paula Brito e Cunha…
    “No entanto, o carro que Paula Brito e Costa usa para fazer esse trajecto pertence à Federação de Doenças Raras, associação da qual foi presidente e na qual, diz a TVI, auferia 1315 euros – acrescidos de 540 euros para despesas de deslocação.

    Além dos 3000 euros mensais de vencimento base, Paula Brito e Costa (…)” – Foi Presidente ou é Presidente??? Ganha quanto afinal???

    O ZAP não quer refazer esta notícia que mais parece um amontoado de dados difusos que não passaram por um copy?

    • Caro Pedro,
      A senhora Paula Brito e Costa é a actual presidente da Associação Raríssimas, e foi presidente da Federação de Doenças Raras, entidade de cuja presidência suspendeu o mandato a 30 de Março de 2017.

    • Isto acontece porque não existiu auditoria às contas. De acordo com o que foi relatado há, também, o aspeto processual e a fiscalidade, ou seja: Para se processarem Ajudas de Custo tem que existir suporte documental que seja aceite fiscalmente pela Autoridade Tributária, isto é, tem que ser elaborado um mapa com o registo do dia, hora de partida e hora de chegada, local de partida e do destino e ajustificação da deslocação. Além disso, as Ajudas de Custo, se justificadas, com referi anteriormente, têm limites máximos diários. O que exceder esses limites é considerado como salário e tributado em IRS e Segurança Social. Se as Ajudas de Custo não estiverem devidamente justificadas, são na globalidade tributadas em IRS e SS e para a Organização, em termos contabilísticos, terão que ser classificadas como “Despesas Indocumentadas/Confidenciais. Com as deslocações em viatura própria, o processo é em tudo semelhante às Ajudas de Custo. Em resumo, é tudo uma questão de Auditoria

  14. Mais do mesmo!…
    País da treta
    Para que precisa o n/ pequeno País de tanto parasita?!
    Porque não pagar bem, a uma equipa de bons gestores, pessoas idoneas, para gerirem este pequeno rectangulo, e acabar com tantas “tetas” e tantas poliiquices, clientelismo, jobs of de boys etc etc

    • Comentário da treta!…
      O país não é para aqui chamado, porque não foi o país que pôs esta vigarista a burlar o sistema, percebido?
      O país precisa tanto destas vigaristas como de “Marias” que escrevem palermices como “País da treta”!

  15. Pois, ouvi dizer que a presidente da Raríssimas será contratada como assessora da Câmara Municipal de Lisboa, caso tenha o incómodo de sair da associação. Foi o único tacho que lhe arranjaram para compensar o “percalço”, mas ao que parece não irá perder em rendimentos!

  16. Muitos Parabéns para quem fez esta reportagem.
    Por incrível que pareça ainda há gente que tenta branquear este tipo de atitudes. Com certeza que essa gentinha, deve comer do mesmo tacho.

  17. Este é apenas mais um caso dos muitos que existem por este país que pelos vistos se atola no pântano de dia para dia e sobretudo com gentalha que se imaginam importantes.

  18. E já que estamos a falar de mamões dos nossos impostos é pôr os funcionários públicos ao nível dos privados ou então obrigar os patrões do privado a nivelar pelo público (querias…). Trabalharão uns menos que outros? Ou pelo contrário, do que se analisa nas repartições, câmaras, serviços, A.R., etc.?

  19. Tudo errado. O vestido foi comprado na feira da Ladra e pago em dinheiro com uma nota de dez Euros,… eu vi. O BMW é um baratinho de segunda mão e até está a precisar de pneus, ( O pisca do lado direito não funciona) e a viagem foi feita na segunda classe da Carris para ir verificar a situação de um doente em perigo de incendio na Noruega. Porque tanto alvoroço? Não têm onde se entreter?

  20. Concordo, um caso isolado não faz a regra.
    O problema é que não se trata de um caso isolado, parece mais a regra geral, se pode por “as mãos na massa”, põe e serve-se à vontade.
    O descrédito nestas instituições é geral.
    A atestá-lo está a atitude de alguns doadores voluntariosos para com os lesados dos fogos recentes que carregaram os seus camiões e vieram fazer a entrega porta-a-porta dos bens doados, evitando assim que um qualquer “benemérito” pudesse meter as mãos nos bens doados e fizesse uma redistribuição dos mesmos, apropriando-se da maior parte destes.
    Isto não é novidade, ainda não sei onde está uma grande parte do dinheiro das doações do povo para as vítimas dos incêndios de Pedrogão…
    Devem ter aparecido outras “vítimas” e aí fizeram, ou vão fazer, a redistribuição do espólio, é apenas questão de o povo esquecer onde para o dinheiro e este vai parar onde não seria previsto.
    E há tantas notícias de apropriações ilícitas.
    E o sistema judicial ajuda bastante até quando o resultado é uma condenação, por regra geral é com “pena suspensa”, o que, na prática, equivale a dizer que a condenação ficou anulada.
    A verdade é que o crime compensa, dificilmente o criminoso, neste tipo de crimes, é castigado, mesmo quando a justiça confirma o crime, o que nem sempre acontece.
    Se roubar um pão porque tem fome é criminoso e vai preso efectivamente, nestes casos há a “palmadinha nas costas” de uma pena suspensa, isso quando não fica ilibado de todas as acusações.
    Se todas estas implicações não fazem parte da vida de um país então não sei o que fará.
    É apenas a minha opinião…

  21. Parecem ter descoberto a areia no deserto… !
    Qual é o espanto de haver corrupção na maior parte de Institutos Observatórios e Fundações ?
    Quando até nas messes militares se rouba à descarada.
    E nos BOMBEIROS ? O caso é muito mais escandaloso, não envolvendo milhares de euros, mas dezenas de milhões de euros. Adjudicações sem concurso público a familiares e comandantes…
    Não são só os governantes e deputados que roubam. É a maioria que tem acesso aos dinheiros do estado ! Até o Medina com os “seus” 120 amigos assessores !
    Na Itália, um dos países mais corruptos da Europa, a corrupção tem a marca das mafias… em Portugal a corrupção está institucionalizada e quem não tem forma de corromper, sente-se injustiçado por ver como tem de pagar os impostos que suporte esta pouca vergonha.

  22. … e a Segurança Social a entregar ilegalmente crianças à IURD para servirem os intentos dos bispos daquela organização criminosa no Brasil… ninguém terá recebido luvas na SS ?
    PJ… investiguem bem, porque vamos descobrir que ainda há pior que a IURD.

    • O problema disto tudo é que ainda se pensa que temos a melhor polícia e basta vir qualquer televisão que investigue os casos e vemos que afinal as polícias nada fazem (ou nada querem fazer).

      • Ah?!
        Que confusão para aí vai!…
        Realmente… para que precisamos de policia quando temos a televisão?!…
        Se calhar mais vale acabar com as policias, não?!
        Enfim..
        Além disso, a policia não é para aqui chamada, pois nem sequer estava a par destas situações!!

  23. Ate a mulher do VIEIRA DA SILVA devia devolver o dinheiro da viagem. Que partido este com tantos mangas a gastar o dinheiro dos trabalhadores?

RESPONDER

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …

Fase de Instrução do processo Hells Angels começa no dia 27

A fase de instrução do processo Hells Angels vai começar no dia 27 deste mês, no Tribunal Central de Instrução Criminal, e já há sessões marcadas até 19 de dezembro. Fonte judicial referiu à agência Lusa …

Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais. A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro …