Há 4 meses que o Parlamento espera por respostas de Siza Vieira sobre imobiliária

(dr) PS

Pedro Siza Vieira

No final de janeiro, na reunião do grupo de trabalho sobre registo de interesses da Assembleia da República, levantaram-se as primeiras dúvidas sobre a situação do ministro Adjunto à sua imobiliária.

O pedido de explicações a Pedro Siza Vieira sobre a gestão da sua empresa foi feito no dia 30 de janeiro, na reunião do grupo de trabalho sobre registo de interesses da Assembleia da República. No entanto, até esta quinta-feira, o ministro Adjunto continuava sem responder em que data cessou funções como sócio-gerente da Prática Magenta.

A primeiras dúvidas sobre a situação de Siza Vieira foram levantadas naquele grupo de trabalho, avança o Público, que refere que o ministro informava, no registo de interesses, ter uma quota de 50% daquela empresa, mas nada referia sobre cargos que detinha.

Esta última informação era decisiva para se saber se, de facto, teria havido uma situação de incompatibilidade, já que a lei 64/93 determina que o desempenho de funções governativas é incompatível com qualquer cargo, remunerado ou não, em sociedades privadas. A sanção é a destituição do cargo, declarada pelo tribunal.

Foi por esse motivo que no dia 30 de janeiro, Pedro Siza Vieira foi questionado sobre se detinha algum cargo societário e, na manhã do dia seguinte, os serviços do Parlamento receberam como resposta que ele tinha sido sócio-gerente, mas já tinha cessado funções.

Os deputados não ficaram esclarecidos com a resposta, pelo que insistiram no pedido de informações. Na resposta seguinte, o ministro Adjunto terá indicado apenas o ano – 2017 – sem indicar o dia e o mês.

Os pedidos de esclarecimento foram-se repetindo até esta quinta-feira. O grupo de trabalho sobre registo de interesses da Assembleia da República voltou a reunir-se e insistiu em perguntar ao ministro a data de cessação de funções, mas ainda não terá chegado qualquer resposta aos jornais.

O Portal da Justiça dava conta, na quinta-feira, de uma publicação online de alteração de ato societário da Prática Magenta, dando contra de que o ministro tinha renunciado ao cargo de gerente na data de 15 de dezembro de 2017.

Contudo, esta data não bate certo, já que a alteração só foi publicada esta quinta-feira no registo comercial. A par disso, a data da carta é anterior, em seis dias, à entrega da declaração de rendimentos e património no Tribunal Constitucional (TC).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sporting 1 - 4 Lask | “Leão” goleado diz adeus sem glória

O Sporting despediu-se das competições europeias sem glória. No “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa, os “leões” foram goleados por 4-1 recepção da noite desta quinta-feira ao LASK Linz. Trauner, Raguz, …

JAXA e GITAI fazem a primeira demonstração mundial de robótica espacial do setor privado

A startup de robótica espacial GITAI e a Japan Aerospace Exploration Agency (JAXA) estão a unir esforços para produzir a primeira demonstração de robótica no Espaço por uma empresa privada. O acordo assinado pela GITAI e …

Resort da Tailândia processa norte-americano por causa de avaliação negativa no Tripadvisor. Arrisca dois anos de prisão

Um resort de uma ilha da Tailândia processou um norte-americano por causa de uma análise negativa no Tripadvisor. Se for considerado culpado, o homem pode ser condenado a até dois anos de prisão. Wesley Barnes …

Em 2020, o Ártico teve a segunda menor extensão de gelo já registada

A 15 de setembro de 2020, o gelo do mar Ártico atingiu a sua extensão mínima anual, a segunda menor já registada. A região do Ártico em geral está a aquecer três vezes mais depressa …

Assassinato em série por resolver. Vacas podem estar a pisar coalas até à morte

Afinal, as vacas podem não ser herbívoros inofensivos. Um novo estudo revela que estes animais podem estar a pisar - e a matar - coalas em toda a Austrália. Os coalas enfrentam muitas ameaças, mas raramente …

Em apenas dois dias, duas mulheres "dalit" morreram vítimas de violação na Índia

De acordo com a polícia local, uma segunda mulher dalit morreu na Índia após ter sido violada por dois homens. Outro caso semelhante aconteceu esta semana, depois de uma jovem de 19 anos, do mesmo …

A Casa Branca contratou para a NOAA cientistas que defendem que as mudanças climáticas "são uma mentira"

Funcionários do governo norte-americano terão abordado cientistas com historial de críticas regulares sobre as mudanças climáticas causadas pelo homem, aos quais foram propostos cargos de gestão na NOAA. Segundo especialistas citados pela E&E News, esta …

United quase pede para Dalot sair

Adeptos pensavam que o português nunca mais ia jogar pela equipa principal do Manchester United. Jogou na Taça da Liga e não convenceu. O Manchester United seguiu para os quartos-de-final para a Taça da Liga inglesa, …

Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o …

"Assassino do Twitter" assume ter matado 8 mulheres que partilharam pensamentos suicidas

O caso está a chocar o Japão. Perante o Tribunal de Tóquio, Takahiro Shiraishi declarou-se culpado, após ter assassinado e esquartejado oito mulheres e um homem em 2017. O assassino conheceu as vítimas através da rede …