Pandemia cancelou 96 mil cirurgias até setembro (mas podem chegar às 150 mil até ao final do ano)

Os hospitais públicos fizeram menos 96 mil cirurgias programadas de janeiro a setembro, face ao mesmo período do ano anterior. De acordo com projeções do Ministério da Saúde, este número pode chegar a mais de 150 mil cirurgias canceladas.

Segundo o Jornal de Notícias, o impacto da pandemia foi muito significativo: segundo dados do Portal do Serviço Nacional de Saúde, realizaram-se menos 96 mil cirurgias programadas de janeiro a setembro, uma quebra de 22% face ao mesmo período do ano anterior.

O número tende a agravar-se, uma vez que, esta quarta-feira, a tutela autorizou os hospitais públicos a suspender consultas e cirurgias programadas em novembro.

Estes números podem, assim, ser bastante superiores, com menos 152 mil operações a serem realizadas este ano em relação a 2019, de acordo com a projeção do Ministério da Saúde citada pelo Público.

Segundo as projeções apresentadas na nota explicativa do Orçamento de Estado 2021 para a Saúde, a tutela estima que sejam realizadas menos 12,5% consultas médicas este ano nos hospitais em relação ao ano passado, e menos 21,6% de cirurgias. São menos um milhão e meio de consultas e menos 152 mil operações em relação a 2019.

Do número de consultas previstas até ao final do ano, prevê-se que haja menos 694 mil primeiras consultas (menos 19,4%) e menos 860 mil consultas subsequentes (menos 9,7%). As cirurgias programadas são as que se estimam que tenham uma maior redução: menos 142 mil (menos 23,5%).

O Público avança ainda que se prevê uma redução nos episódios de urgência – menos 1.8 milhões, o equivalente a uma redução de 27,7%.

Em relação aos centros de saúde, a tutela prevê um aumento de 92,2% no número de consultas não presenciais (mais 8,5 milhões). Quanto às consultas presenciais, estima uma redução de 8 milhões de consultas em relação ao ano anterior (menos 39%).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Governo espanhol aprova concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães na prisão

O governo espanhol aprovou esta terça-feira a concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães a cumprir penas de prisão pelo seu envolvimento na tentativa de autodeterminação daquela região espanhola em 2017, anunciou o primeiro-ministro …

Direitos humanos. Confronto entre China e Canadá na ONU

O Canadá denunciou esta terça-feira na ONU, em nome de cerca de 40 países, a situação dos direitos humanos na província chinesa de Xinjiang e em Hong Kong, pedindo a Pequim uma investigação às violações …

Ministra da Saúde afasta limitação de visitas. Mas Associação de lares defende regresso da proibição

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta terça-feira que não há necessidade de voltar a limitar as visitas a lares de idosos, advogando que as pessoas vacinadas contagiadas com o novo coronavírus desenvolvem “uma …

Tripulantes da TAP queixam-se de "extrema violência psicológica" e escrevem carta ao ministro

Um grupo de tripulantes de cabine da TAP escreveu uma carta a Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, na qual dizem temer que o processo de despedimento coletivo avance em julho e que já saíram …

Marcelo considera que legislativas de 2023 devem servir para julgar uso dos fundos europeus

O Presidente da República defendeu esta terça-feira que Portugal tem de dar "o salto" com os fundos europeus e considerou que as eleições legislativas de 2023 devem servir para os portugueses julgarem a sua utilização. "Cabe …

Portugal regista mais 1.020 casos e seis mortes. Internamentos continuam a aumentar

Portugal registou esta terça-feira 1.020 novos casos de infeção por covid-19 e mais seis mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

"Toma a vacina ou ponho-te na prisão". Presidente das Filipinas ameaça prender quem recusar ser imunizado

O Presidente das Filipinas ameaçou prender quem se recusar a tomar a vacina contra a covid-19, numa altura em que o país combate o pior surto da doença desde o início da pandemia. "Se não se …

Preços das casas continuam a subir. Centeno alerta para riscos de bolha imobiliária

Os preços das casas voltaram a registar um aumento em relação ao mês passado e não subiam tanto há mais de dois anos. Uma situação que leva o Banco de Portugal a alertar para os …

Itália segue os passos de França e Espanha e abandona o uso de máscara na rua

A Itália vai suspender a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre a partir do próximo dia 28 de junho, revelou o governo na segunda-feira. Depois de ter sido considerado o epicentro da pandemia, Itália …

União Europeia endurece sanções contra a Bielorrússia

A União Europeia, os Estados Unidos, o Reino Unido e o Canadá decidiram, esta segunda-feira, punir dezenas de personalidades e empresas ligadas ao regime bielorrusso. No final de uma reunião, no Luxemburgo, os 27 Estados-membros da …