Palácio onde Churchill nasceu muda nome do “Quarto Indiano” (para afastar polémica sobre ligações coloniais)

O Palácio de Blenheim mudou o nome da sua “Sala Indiana” para evitar polémica sobre ligações coloniais numa nova exposição sobre Winston Churchill.

Uma exposição intitulada “O Grande Britânico” no local de nascimento do líder do tempo de guerra em Oxfordshire detalha a história da sua vida com exibições em toda a casa senhorial do século XVIII, incluindo o “Quarto Indiano” da propriedade.

O legado de Churchill foi examinado depois dos protestos do movimento Black Lives Matter, durante os quais a sua estátua na Praça do Parlamento foi pintada com a palavra “racista”.

Agora, de acordo com o jornal britânico The Telegraph, responsáveis do Palácio de Blenheim mudaram o nome do Quarto Indiano da casa para “Quarto Terraço de Verão” para remover qualquer conotação colonial na exposição sobre o ex-primeiro-ministro.

“Não queríamos provocar polémica”, disse Heather Carter, diretora de operações. “Mudámos o nome da sala. Não é o quarto indiano, agora é o quarto Terraço de Verão. Trata-se de torná-lo mais acessível”.

O papel de parede do Quarto Indiano retrata uma caça ao tigre desde que foi encomendado por George Spencer-Churchill, 5.º duque de Marlborough, em 1826, mas a suite com vista para os jardins provavelmente foi chamada de Quarto Terraço de Verão durante a vida de Churchill.

No ano passado, o National Trust revelou um dossier de pesquisa sobre supostas ligações coloniais na casa de Churchill em Chartwell, em Kent, observando que “foi primeiro-ministro durante a devastadora fome de Bengala em 1943”. Académicos reunidos no homónimo Churchill College Cambridge alegaram que foi cúmplice da fome, além de alegar que era um “supremacista branco” e “pior do que os nazis”.

Porém, apesar de mudar o nome do Quarto Indiano, a casa de Churchill romperá com o revisionismo de outras instituições ao enquadrar o político como um herói do tempo de guerra.

“Não tocamos na controvérsia. Sentimos que essa não é a nossa história para contar. Estamos cientes do debate sobre a sua vida e legado, mas isso é para outros contarem. Não nos aprofundamos em toda a política e polémica. Ele ganhou uma grande guerra, foi um herói. É assim que o vemos. Esta é uma celebração”, explicou Carter.

A exposição vai contar a história pessoal do líder e as suas ligações a Blenheim, fazendo uso de adereços como a escultura em cera do primeiro-ministro e uma tenda semelhante à que teria usado durante a Guerra dos Bôeres.

A exibição visual, em vez de baseada em texto, foi planeada para atrair visitantes à casa senhorial, além de historiadores ávidos e fãs de Churchill.

Em 1874, o líder do tempo de guerra nasceu na propriedade que foi um presente para o seu antepassado, o General John Churchill, 1.º Duque de Marlborough, pela sua vitória em Blenheim durante a Guerra da Sucessão Espanhola.

A casa continuou a ser um destino para Churchill durante as férias escolares e, mais tarde, para festas em casa.

A história da família ligada à casa foi uma inspiração tanto para os seus escritos históricos como para a sua estratégia durante a guerra.

“O palácio e a propriedade eram um dos seus lugares mais queridos e ele voltou cá várias vezes ao longo da sua longa vida”, disse Emily Hirons, do Palácio de Blenheim.

A exibição estará aberta aos visitantes a partir de 17 de maio.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …

Paquistão. Quem não se vacinar pode ficar sem acesso ao telemóvel

O governo regional de Punjab, no Paquistão, decidiu que os cidadãos que não se vacinarem contra a covid-19 "ao fim de um certo tempo" podem ver o cartão SIM do seu telemóvel bloqueado. "Estamos a fazer …

Seleção Nacional testa negativo na véspera da estreia no Europeu

Depois do susto de João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, a seleção nacional respira de alívio na véspera da estreia no Europeu, depois de ter testado negativo à covid-19. Esta segunda-feira de manhã, a …