Mais de cem países exigem à OMS investigação independente sobre a pandemia

Jean-Christophe Bott / EPA

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus

Pelo menos 116 países assinaram uma moção que pede uma investigação independente sobre a origem da pandemia de coronavírus, iniciativa que partiu da Austrália e que conta com todos os Estados-membros da União Europeia (UE).

Segundo avançou na segunda-feira o Expresso, a moção conta também com os Estados Unidos (EUA), o Reino Unido, o Canadá, a Índia, a Indonésia, o Japão, a Nova Zelândia, a Rússia e pelo menos 50 países africanos. Este será um dos pontos da Assembleia Geral da Saúde (AGS), a reunião anual da Organização Mundial de Saúde (OMS).

No encontro, que se realiza em maio na cidade suíça de Genebra, juntam-se os representantes dos 194 membros da OMS. Nesta edição, realizada em ‘streaming’, a moção está na ordem dos trabalhos, pedindo uma “avaliação imparcial, independente e abrangente” da “resposta da saúde internacional à covid-19”.

A AGS pode atribuir responsabilidades e exigir dados concretos sobre a data do início do surto na China e sobre a velocidade a que se espalhou pelo mundo. Embora aquele país não seja mencionado na investigação, há críticas a Pequim devido aos dados que forneceu.

O Presidente Xi Jinping, convidado pelo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, para a primeiro dia de assembleia, frisou que Pequim “sempre foi transparente”, prometendo a entrega de um pacote de dois mil milhões de euros de ajuda internacional e apoio a uma investigação assim que a pandemia estivesse controlada.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ou seja , promete uns trocos a OMS, se esta não pedir uma investigação JÁ, mas sim quando não houver casos de contagião, ou seja quando já não houver nada para investigar. Não sei porquê, mas cheira-me a uma promessa de suborno para a OMS ficar quieta !

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …