Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Will Oliver / EPA

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter “abalado gravemente a confiança” da população nos apelos oficiais sobre a pandemia de covid-19.

“Esta é uma questão que transcende a política. [Dominic Cummings] uniu pessoas de todos os partidos e correntes políticas, que acreditam firmemente que agora é sua responsabilidade enquanto primeiro-ministro restaurar clareza e confiança nas mensagens de saúde pública”, escrevem os líderes parlamentares do Partido Trabalhista, Liberais Democratas, os nacionalistas escoceses do SNP e do País de Gales Plaid Cymru e os deputados dos Verdes e do Aliança, da Irlanda do Norte.

Segundo a carta, também enviada ao diretor geral de Saúde, Chris Witty, “é claro que isso só pode ser conseguido agora com a remoção de Dominic Cummings do seu cargo sem mais demoras”.

Na sequência de notícias na sexta-feira pelos jornais The Guardian e Daily Mirror, o assessor do primeiro-ministro, Dominic Cummings, admitiu ter conduziu um automóvel mais de 400 quilómetros até Durham, no norte de Inglaterra, no final de março, apesar de a mulher já apresentar sintomas.

Cummings alegou que queria estar perto de membros da família para que pudessem tomar do filho de quatro anos se ele e a mulher ficarem incapacitados, mas na altura as ordens do governo eram que pessoas com sintomas e o respetivo agregado deveriam permanecer isolados em casa.

Boris Johnson considerou “responsável, legal e com integridade” a forma como o ‘assessor especial’ agiu, mas esta manhã, o subsecretário da Escócia, Douglas Ross, apresentou a demissão por discordar.

Segundo o portal da Internet ConservativeHome, cerca de 30 deputados do partido Conservador também já se manifestaram publicamente a favor da demissão, mas o governo continua a defender Cummings e hoje o ministro do Conselho de Ministros, Michael Gove, reiterou na BBC que o assessor “não infringiu diretrizes”.

O regime de confinamento decretado em 23 de março foi aliviado a 13 de maio, com a autorização de maior atividade ao ar livre, incluindo alguns desportos, mas mantêm-se limites à interação entre pessoas de diferentes agregados e a necessidade de continuar a respeitar o distanciamento de dois metros.

O Reino Unido registou até hoje 37.048 mortes durante a pandemia covid-19, o segundo número mais alto, a seguir aos EUA.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …

"Votei num tipo chamado Trump". Presidente dos EUA votou antecipadamente na Florida

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, votou este sábado antecipadamente em West Palm Beach, na Florida, para as eleições presidenciais, juntando-se aos quase 55 milhões de americanos que também já o fizeram. Donald Trump …

Chegou o camião autónomo que não precisa de motorista para se deslocar

No ano passado foi lançado o T-pod, um protótipo de um camião elétrico autónomo e sem cabine. Agora, o seu fabricante, a empresa sueca Einride, revelou a última geração do veículo, que vai passar a …

"O medo não é a vacina". Centenas de pessoas contestam medidas do Governo em Lisboa

Centenas de pessoas contestaram este sábado as medidas impostas pelo Governo para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, com gritos pela “liberdade” e pela “verdade”, numa manifestação realizada na praça do Rossio, em Lisboa. A …

Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos. De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the …

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …