Demissão de adjunto “é pouco”. Oposição pressiona Eduardo Cabrita

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Depois da demissão do adjunto, o secretário de Estado está na mira da oposição. Eduardo Cabrita cancelou a agenda pública para esta terça-feira.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) foi responsabilizada pela compra das golas inflamáveis, um adjunto do secretário de Estado demitiu-se; e o PSD e o CDS aumentaram o tom do pedido de responsabilidades. Perante uma segunda-feira atribulada, do Governo só se ouviu silêncio.

Nenhum responsável do Ministério da Administração Interna (MAI) falou sobre o caso, ao contrário do que aconteceu no fim de semana, sublinha. Eduardo Cabrita tinha marcada para esta terça-feira a inauguração do novo Centro Distrital de Operações de Socorro de Almeirim, que entretanto desmarcou, argumentando com dificuldades de agenda.

Além disso, o Público tentou obter uma explicação do secretário de Estado, José Artur Neves, sobre o facto de ter responsabilizado a ANEPC pela compra das golas antifumo, e não o seu adjunto, Francisco Ferreira, que acabou por se demitir, mas sem sucesso.

Além do silêncio do MAI, é de salientar que, no domingo à noite, Eduardo cabrita defendeu, numa cerimónia no Barreiro, que os incêndios “não devem servir para conflitualidades pré-eleitorais nem para controvérsias estéreis”, ++ escusado-se, no final, a responder às perguntas dos jornalistas.

De acordo com o diário, este é mais um episódio de mal-estar entre a ANEPC e o MAI. Ao que o Público apurou, caiu mal naquela entidade o facto de o secretário de Estado ter descartado responsabilidades no caso da compra das golas e ter dito que “o processo foi desenvolvido pela Proteção Civil”, quando, na verdade, esteve envolvido desde início o seu adjunto, que indicou as empresas que foram contactadas para fornecerem as golas.

Até ao momento, Francisco José Ferreira foi a única baixa no Governo, que se demitiu sem necessitar dos resultados do inquérito urgente pedido por Eduardo Cabrita à Inspeção-Geral da Administração Interna.

Mas, para a oposição, não chega. Rui Rio considerou o caso das golas antifumo “gravíssimo” e defendeu que o técnico-adjunto de Artur Neves não terá “responsabilidade em tudo”. Desta forma, considerou o líder do PSD, se tudo o que tiver sido noticiado nos últimos dias estiver correto, a demissão do adjunto não significa que “tudo fique resolvido”.

“Aquilo que já temos em cima da mesa é que há uma empresa constituída há muito poucos meses e que se dedica ao setor do turismo e que vende golas para usar durante os incêndios que são elas próprias inflamáveis”, salientou. Rio, citado pela Lusa, lembrou ainda que a empresa tem ligação a “um familiar de uma autarca do PS” e que as golas são vendidas a “preços superiores àqueles que são os preços de mercado”.

Para o CDS, a demissão de Francisco Ferreira também sabe a pouco, pelo que quer ir “mais longe e mais alto” no apuramento de responsabilidade.

Telmo Correia, deputado centrista, considerou que o adjunto de Artur Neves não pode ser o “bode expiatório disto tudo”. O caso não pode acabar no “técnico especialista, que é autarca ou dirigente do PS local, com a profissão de padeiro [a profissão anterior de Francisco Ferreira, segundo a Sábado, que terá trabalhado numa pastelaria do irmão em Vila Nova de Gaia]”. “Parece-me muito pouco“, atirou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “A culpa é do Passos Coelho”
    Os arautos do PCP/PAN/BE, já devem ter ido de férias ,local aonde enfiaram a cabeça e o pescoço na areia .

  2. Acho que nunca até hoje esta música fez tanto sentido. Depois da empresa que mamou no estado à custa das golas e de agora se saber que a empresa do filho do Secretário de Estado também tem andado a mamar no Estado só me ocorre uma música… que por acaso até mete o Cabrita.

    https://www.youtube.com/watch?v=wFpbhooe6Ns

  3. Se eu fosse Presidente da República, já tinha falado ao Zé Povo e tinha demitido o governo.
    De tudo que tem vindo a público no decorrer da legislatura (só o que tem vindo a público), justificava essa tomada de posição, isto independentemente de ser o Partido do poder, a formar nova ou igual coligação.
    Quem tem medo não veste a pele.

RESPONDER

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país. De acordo com …