Demissão de adjunto “é pouco”. Oposição pressiona Eduardo Cabrita

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Depois da demissão do adjunto, o secretário de Estado está na mira da oposição. Eduardo Cabrita cancelou a agenda pública para esta terça-feira.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) foi responsabilizada pela compra das golas inflamáveis, um adjunto do secretário de Estado demitiu-se; e o PSD e o CDS aumentaram o tom do pedido de responsabilidades. Perante uma segunda-feira atribulada, do Governo só se ouviu silêncio.

Nenhum responsável do Ministério da Administração Interna (MAI) falou sobre o caso, ao contrário do que aconteceu no fim de semana, sublinha. Eduardo Cabrita tinha marcada para esta terça-feira a inauguração do novo Centro Distrital de Operações de Socorro de Almeirim, que entretanto desmarcou, argumentando com dificuldades de agenda.

Além disso, o Público tentou obter uma explicação do secretário de Estado, José Artur Neves, sobre o facto de ter responsabilizado a ANEPC pela compra das golas antifumo, e não o seu adjunto, Francisco Ferreira, que acabou por se demitir, mas sem sucesso.

Além do silêncio do MAI, é de salientar que, no domingo à noite, Eduardo cabrita defendeu, numa cerimónia no Barreiro, que os incêndios “não devem servir para conflitualidades pré-eleitorais nem para controvérsias estéreis”, ++ escusado-se, no final, a responder às perguntas dos jornalistas.

De acordo com o diário, este é mais um episódio de mal-estar entre a ANEPC e o MAI. Ao que o Público apurou, caiu mal naquela entidade o facto de o secretário de Estado ter descartado responsabilidades no caso da compra das golas e ter dito que “o processo foi desenvolvido pela Proteção Civil”, quando, na verdade, esteve envolvido desde início o seu adjunto, que indicou as empresas que foram contactadas para fornecerem as golas.

Até ao momento, Francisco José Ferreira foi a única baixa no Governo, que se demitiu sem necessitar dos resultados do inquérito urgente pedido por Eduardo Cabrita à Inspeção-Geral da Administração Interna.

Mas, para a oposição, não chega. Rui Rio considerou o caso das golas antifumo “gravíssimo” e defendeu que o técnico-adjunto de Artur Neves não terá “responsabilidade em tudo”. Desta forma, considerou o líder do PSD, se tudo o que tiver sido noticiado nos últimos dias estiver correto, a demissão do adjunto não significa que “tudo fique resolvido”.

“Aquilo que já temos em cima da mesa é que há uma empresa constituída há muito poucos meses e que se dedica ao setor do turismo e que vende golas para usar durante os incêndios que são elas próprias inflamáveis”, salientou. Rio, citado pela Lusa, lembrou ainda que a empresa tem ligação a “um familiar de uma autarca do PS” e que as golas são vendidas a “preços superiores àqueles que são os preços de mercado”.

Para o CDS, a demissão de Francisco Ferreira também sabe a pouco, pelo que quer ir “mais longe e mais alto” no apuramento de responsabilidade.

Telmo Correia, deputado centrista, considerou que o adjunto de Artur Neves não pode ser o “bode expiatório disto tudo”. O caso não pode acabar no “técnico especialista, que é autarca ou dirigente do PS local, com a profissão de padeiro [a profissão anterior de Francisco Ferreira, segundo a Sábado, que terá trabalhado numa pastelaria do irmão em Vila Nova de Gaia]”. “Parece-me muito pouco“, atirou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “A culpa é do Passos Coelho”
    Os arautos do PCP/PAN/BE, já devem ter ido de férias ,local aonde enfiaram a cabeça e o pescoço na areia .

  2. Acho que nunca até hoje esta música fez tanto sentido. Depois da empresa que mamou no estado à custa das golas e de agora se saber que a empresa do filho do Secretário de Estado também tem andado a mamar no Estado só me ocorre uma música… que por acaso até mete o Cabrita.

    https://www.youtube.com/watch?v=wFpbhooe6Ns

  3. Se eu fosse Presidente da República, já tinha falado ao Zé Povo e tinha demitido o governo.
    De tudo que tem vindo a público no decorrer da legislatura (só o que tem vindo a público), justificava essa tomada de posição, isto independentemente de ser o Partido do poder, a formar nova ou igual coligação.
    Quem tem medo não veste a pele.

RESPONDER

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …

O mercado online de leite materno está a crescer (mas pode ser mau para os bebés)

https://vimeo.com/385229063 Para os pais que querem que o seu filho beba leite materno, mas que não conseguem produzi-lo, a possibilidade de o poder comprar na Internet pode parecer uma boa solução. No entanto, este mercado não …

Regina Duarte convidada para suceder a secretário da Cultura demitido

A atriz brasileira confirmou, na sexta-feira, ter sido convidada pelo Presidente do país para liderar a Secretaria da Cultura do Governo, após a exoneração de Roberto Alvim por ter parafraseado um discurso nazi. "É isso, recebi …

Universidade de Harvard quer criar 127 novos estados nos EUA

A Harvard Law Journal, da Universidade de Harvard, publicou um plano ousado - mas, segundo os autores, completamente constitucional - para salvar a democracia: criar 127 novos e minúsculos estados. Atualmente, todos os estados dos Estados …