Operação stop do fisco terá sido preparada em segredo pelas Finanças do Porto

Miguel Pereira da Silva / Lusa

As operações stop das Finanças que aconteceram em vários concelhos do distrito do Porto terão sido mandadas executar em segredo pelo diretor das Finanças daquele distrito, José Oliveira e Castro.

De acordo com o Jornal de Notícias, as operações stop, que tinham como objetivo garantir o pagamento de dívidas ao fisco e que aconteceram em Valongo, Póvoa de Varzim, Felgueiras, Santo Tirso, Trofa e Gondomar, eram do conhecimento apenas do “núcleo duro” das Finanças do Porto — isto é, o próprio José Oliveira e Castro, além dos responsáveis da divisão de Justiça Tributária e do Núcleo de Controlo de Bens em Circulação.

José Oliveira e Castro foi nomeado diretor das Finanças do Porto em 2015, por decisão da então ministra das Finanças, a social-democrata Maria Luís Albuquerque.

A notícia surgiu depois de, na segunda-feira, ter sido noticiado que estava a decorrer uma operação stop na autoestrada A42, em Valongo, com o objetivo de parar os carros e restantes viaturas e perceber se os seus condutores tinham dívidas ao fisco. No caso de haver uma dívida, os cidadãos teriam de pagá-la no momento ou então teriam a sua viatura penhorada.

As iniciativas visaram a cobrança de dívidas às Finanças no âmbito da operação denominada “Ação sobre Rodas”, passando por “intercetar condutores com dívidas” e por “convidá-los a pagar”. “Se não tiverem condições de pagar no momento, estamos em condições de penhorar as viaturas“, disse uma fonte da Autoridade Tributária (AT) à Lusa.

Na terça-feira, o ministro das Finanças, Mário Centeno, disse que a operação “não é claramente a medida que aproxima o cidadão da Autoridade Tributária [AT]” e sublinhou que esta não tinha sido “uma decisão feliz”.

“Todos os agentes do Estado que tomam decisões têm de fazer cumprir o que é o enquadramento legal e avaliar a proporção das medidas face ao seu objetivo final”, disse Mário Centeno. “É preciso tornar muito claro que nesta relação entre a AT e os contribuintes é preciso confiança, proximidade e estabelecer elos de ligação para que todos nos possamos orgulhar de ser uma sociedade que cumpre as suas obrigações.”

O jurista Dantas Rodrigues este tipo de operações constituem um “abuso de autoridade”, com “um atropelo evidente do direito de defesa“, conforme declarações à Lusa.

“Esta operação é altamente ilegal“, considera o jurista, frisando que “a cobrança de dívidas tributárias tem um regime próprio” e que “o que fizeram é uma espécie de flagrante delito de devedores e essa figura jurídica não existe em lado algum”. “Não é possível a um Estado fazer o que foi feito hoje”, acrescenta, destacando que “pressupõe um abuso de poder”.

O Governo abriu um inquérito e, de acordo com o que garantiu o Ministro das Finanças, foram dadas “indicações para que não volte a ser repetida” uma operação daquele tipo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …