Novo prazo único para entrega de IRS pode gerar ruptura no sistema

marsmet473a / Flickr

A entrega das declarações de IRS de 2016 vai efectuar-se, este ano, numa única fase, não havendo distinção de prazos de entrega para trabalhadores dependentes ou independentes.

Cerca de cinco milhões de contribuintes vão assim entregar as declarações de IRS entre 1 de Abril e 31 de Maio, o que pode gerar rupturas no sistema.

O alerta é feito por Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), em declarações ao Diário de Notícias.

Este responsável lembra o “caos” que se gerou no portal e-fatura, no último dia do prazo para validação das facturas das despesas de 2016, na passada quarta-feira.

O e-fatura registou, nesse dia, “o acesso de 1,445 milhões de contribuintes“, segundo aponta o DN. O número muito acima da média habitual gerou dificuldades no sistema que chegou a estar indisponível durante “cerca de dois minutos”, conforme relata ao jornal fonte oficial das Finanças.

Na prática, os contribuintes terão tido muito mais dificuldades do que aquele período limitado e Paulo Ralha alerta que as coisas podem complicar-se também aquando da entrega das declarações de IRS.

“As pessoas têm tendência para deixar a entrega para o final do prazo e como neste ano as duas fases de entrega do imposto são coincidentes, receio que o sistema informático possa entrar em ruptura”, nota ao DN o presidente do STI.

Este ano, todos os contribuintes, independentemente da fonte de rendimentos ou das respectivas categorias, terão que entregar as declarações entre 1 de Abril e 31 de Maio.

Outra novidade que se verifica no processo é a estreia das declarações automáticas que vai arrancar, para já, apenas “com os contribuintes sem dependentes, que tenham residido em Portugal durante todo o ano de 2016 e não tenham rendimentos provenientes de outro país” e que tenham ganhos apenas das “categorias A (trabalho dependente) e/ ou H (pensões) em que não haja opção pelo englobamento ou registo de pagamento de pensões de alimentos”, conforme sublinha o DN.

Relativamente à situação no e-fatura, que terminou na quarta-feira, o Ministério das Finanças indicou ontem que, quem não conseguiu validar as suas faturas, poderá apresentar uma reclamação ou fazer o preenchimento na declaração de rendimentos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …