Novo Banco vai ser supervisionado directamente pelo BCE

European Parliament

Danièle Nouy, presidente do Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão do Banco Central Europeu

Danièle Nouy, presidente do Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão do Banco Central Europeu

O Novo Banco vai ser supervisionado directamente pelo Banco Central Europeu (BCE), de acordo com informação divulgada esta quinta-feira pela instituição, substituindo assim o BES na lista dos bancos portugueses directamente supervisionados por Frankfurt.

O BCE publicou hoje uma lista em que refere quais os bancos que, a partir de Novembro, serão directamente supervisionados por si, actualizando informações anteriores.

Em Portugal, os bancos que passarão a estar sob a supervisão directa do BCE serão os já conhecidos Caixa Geral de Depósitos (CGD), BCP, BPI e agora o Novo Banco, em vez do BES.

O BCE vai supervisionar directamente os quatro bancos portugueses referidos devido à dimensão dos seus activos, que na CGD é de entre 100 a 125 mil milhões de euros, no BCP de 75 a 100 mil milhões de euros, no Novo Banco de 50 a 75 mil milhões de euros e no BPI de 30 a 50 mil milhões de euros.

Por pertencerem ao Novo Banco, aparecem também na lista das instituições significativas o Banco Espírito Santo Açores, BES Investimento, BEST e Banco Espírito Santo et de la Vénétie (França).

A partir de Novembro deste ano, no âmbito do mecanismo único de supervisão – um dos três pilares da futura União Bancária -, o BCE vai assumir a supervisão directa dos principais bancos europeus, com os supervisores nacionais a ficarem com a competência pelas instituições mais pequenas, ainda que sob o controlo do BCE.

Até lá, o BCE está a avaliar o balanço de cerca de 130 bancos que supervisionará directamente – e que representam 80% dos activos da zona euro – e realizará também testes de stress’

Esta terça-feira, os principais banqueiros portugueses reuniram-se, em Lisboa, no Banco de Portugal, com a presidente do Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão, Danièle Nouy, para preparar a supervisão bancária única.

Fonte oficial do BCE disse à Lusa que, desde o início do seu mandato, Danièle Nouy tem vindo a conhecer todos os supervisores nacionais e que “o objectivo principal da sua recente viagem a Portugal foi conhecer a equipa de gestão do Banco de Portugal”.

Foi no âmbito dessa viagem que decorreu a reunião com os banqueiros: “Enquanto estava em Lisboa, teve também um encontro de cortesia com os representantes dos principais bancos do país, nas instalações do Banco de Portugal”.

A francesa Danièle Nouy tomou posse, no início deste ano, como responsável do Mecanismo Único de Supervisão, com a função de fazer os trabalhos preparatórios para que o BCE possa assumir a supervisão única dos bancos europeus no início de Novembro.

Em entrevista ao Financial Times, pouco depois de assumir o cargo, a ex-responsável pela supervisão bancária de França defendeu que é necessário “aceitar que alguns bancos não têm futuro” e “permitir que alguns desapareçam“.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

José Seguro acusa líderes europeus de "matar lentamente" a Europa

O antigo líder socialista António José Seguro defendeu no domingo que a ambiguidade dos líderes políticos e a morosidade dos processos de decisão nas instituições da União Europeia (UE) estão "a matar, lentamente, a Europa". O …

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …

Laos regista primeira morte por covid-19 desde o início da pandemia

Uma mulher de 53 anos - que tinha diabetes e outros problemas de saúde - foi a primeira vítima mortal por covid-19 em Laos, em mais de um ano de pandemia. Segundo noticiou a agência …

Arábia Saudita vai impor vacinação aos funcionários que queiram voltar ao local de trabalho

A Arábia Saudita quer alcançar a imunidade de grupo o quanto antes. Para aumentar os esforços de vacinação, foram abertos mais de 580 locais de vacinação no país. Além disso, os residentes já podem reservar …