Novo aeroporto. Rio tem dúvidas (mas PSD tem cartazes a defender “Montijo Já” há três anos)

Hugo Delgado / Lusa

Apesar de o líder do PSD levantar dúvidas sobre a localização do novo aeroporto, há cartazes do partido em Setúbal a exigir o avanço da obra “já”.

Bruno Vitorino, líder do PSD/Setúbal e um dos maiores críticos de Rui Rio, remete para um dos temas que tem dominado a campanha eleitoral: a posição do PSD sobre o novo aeroporto no Montijo. Apesar de o líder social-democrata admitir reavaliar a “solução Alcochete”, a verdade é que existem outdoors do PSD/Setúbal a defender a solução preconizada pelo governo de Pedro Passos Coelho e concretizada por António Costa – e a exigi-la “já”.

“Quando Rui Rio pediu para nos pronunciarmos em 10 minutos sobre 124 páginas de um programa eleitoral que nunca tínhamos visto e sem tempo para analisar questões estratégicas como o aeroporto ou as infraestruturas portuárias disse que não… Olhe, parece que estava a adivinhar”, disse Bruno Vitorino ao Expresso.

Segundo o líder local, o cartaz está na rua “há quase três anos”. “Chegámos a ter dois iguais. Não é uma qualquer afronta a Rui Rio. A nossa posição é esta há muito tempo, não fomos nós que mudámos”, explicou Bruno Vitorino, que foi afastado da lista de candidatos a deputados pela atual direção do PSD.

A questão foi trazida para a campanha por António Costa, que disse estar “apreensivo” depois de ver o “principal partido da oposição” a “colocar em causa a opção já tomada para que o desenvolvimento da capacidade aeroportuária de Lisboa seja complementada com o desenvolvimento do aeroporto do Montijo”.

“Temos de manter uma linha de trabalho que não devolva o país à incerteza do que vai acontecer a seguir. Novas hesitações seriam uma fortíssima ameaça à continuidade da atividade turística. Não há plano B”, defendeu o líder socialista, que continua a aguardar a declaração final da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) — apesar de o Governo ter assinado o acordo com a ANA – Aeroportos de Portugal mesmo antes estarem concluídos os estudos de impacte ambiental.

No debate com André Silva, na RTP, Rui Rio tentou explicar a posição do partido, garantindo que a solução Montijo deve prevalecer, a menos que os “problemas ambientais sejam praticamente inultrapassáveis”. Aí “deveria ser avisado fazer a reapreciação da solução de Alcochete”.

Mais do que uma proposta, Rio explicava que a posição do PSD era condicional. Se o impacte ambiental do projeto Montijo fosse insuportável, a solução Alcochete deveria ser reavaliada.

Por outro lado, o programa eleitoral do PSD é menos condicional do que aquilo que Rio mostrou na RTP. Os sociais-democratas escreveram mesmo, no programa, que é “prematuro afastar cenários” e “que as opções a fazer não dispensam um estudo aprofundado das diferentes soluções”. O PSD chega a admitir renegociar as “condições contratuais da concessão” face aos previsíveis “problemas ambientais” decorrentes da construção de um aeroporto no Montijo.

Bruno Vitorino discorda. “Dos estudos técnicos que são conhecidos e do que foram dizendo todos os intervenientes, não há qualquer razão para acreditarmos que os impactes ambientais não são mitigáveis”, disse. “Mas Rui Rio nunca se reuniu connosco ou com os deputados eleitos. Nunca fomos ouvidos, por isso…”.

O que se sabe é que a posição do PSD/Setúbal em relação ao Aeroporto do Montijo mantém-se – e os cartazes também.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Rio, parece um especialista em confusão. Um dia está de acordo, no outro está contra. É um ser em confusão. Tinha dele outra ideia. Agora errada,é claro.

RESPONDER

O uso doméstico de carvão na China resulta em mortes prematuras

Um novo estudo indica que, na China, a poluição da queima de carvão residencial causa um número desproporcional de mortes prematuras por exposição a poluentes minúsculos inaláveis, conhecidos como PM2.5. A combustão do carvão por centrais …

Estudo alerta para níveis preocupantes de produtos químicos tóxicos no leite materno

Um novo estudo, que analisou o leite materno de mulheres americanas quanto à contaminação por PFAS, detetou o produto químico tóxico em todas as 50 amostras testadas, e em níveis quase 2.000 vezes mais altos …

Dinheiro, imóveis e arte. João Rendeiro perde fortuna para o Estado

Um milhão e meio de euros em numerário, contas e ativos bancários, obras de arte e quatro imóveis em Lisboa, Cascais e Oeiras vão ser arrestados a João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP). Segundo …

A primeira eco-casa impressa em 3D "nasceu" em Itália

A empresa de impressão 3D WASP e o Mario Cucinella Architects concluíram a casa TECLA. É o primeiro modelo de habitação eco-sustentável a ser construído a partir de matérias-primas locais usando tecnologia de impressão 3D.  O …

Partido de Le Pen desviou 6,8 milhões de fundos europeus, segundo jornal francês

O partido francês de extrema-direita União Nacional (RN, sigla original), liderado por Marine Le Pen, terá desviado 6,8 milhões de euros de fundos do Parlamento Europeu, revela este domingo um inquérito policial noticiado pelo Le …

Proporção divina. Antiga fórmula grega pode ser responsável pelo sucesso dos musicais

Desde 1972, quando "Jesus Christ Superstar" estreou na Broadway, os mais populares musicais quase unanimemente empregaram uma fórmula centenária conhecida como “a proporção divina” - e, surpreendentemente, parecem tê-lo feito acidentalmente. A proporção divina é um …

Egito já iniciou obras de alargamento do Canal do Suez

A Autoridade do Canal do Suez iniciou este sábado obras para ampliar dez quilómetros do troço sul, onde o navio Ever Given encalhou em março passado, causando o bloqueio de uma das vias de navegação …

Museu do Prado descobre erro de 500 anos numa das suas esculturas

O Museu do Prado, em Madrid, descobriu que uma das suas esculturas, que se pensava ser do século XV, é afinal uma obra do século XX. Em comunicado, o museu espanhol explicou que a escultura – …

Costa entrou em “modo avestruz” e Cabrita é uma “mancha”. Líder do CSD não poupa nas críticas

Francisco Rodrigues dos Santos fez duras críticas ao primeiro-ministro, António Costa, e ao ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita. O presidente do CDS-PP disse que o primeiro-ministro entrou "em modo avestruz no caso João Galamba" referindo-se …

Morreu o prefeito de São Paulo que venceu a covid-19, mas que perdeu a batalha para o cancro

O prefeito da cidade brasileira de São Paulo, Bruno Covas, morreu este domingo, aos 41 anos, vítima de cancro, segundo a imprensa brasileira e várias personalidades que nas redes sociais têm lamentado a sua morte. Bruno …