Novo aeroporto. Rio tem dúvidas (mas PSD tem cartazes a defender “Montijo Já” há três anos)

Hugo Delgado / Lusa

Apesar de o líder do PSD levantar dúvidas sobre a localização do novo aeroporto, há cartazes do partido em Setúbal a exigir o avanço da obra “já”.

Bruno Vitorino, líder do PSD/Setúbal e um dos maiores críticos de Rui Rio, remete para um dos temas que tem dominado a campanha eleitoral: a posição do PSD sobre o novo aeroporto no Montijo. Apesar de o líder social-democrata admitir reavaliar a “solução Alcochete”, a verdade é que existem outdoors do PSD/Setúbal a defender a solução preconizada pelo governo de Pedro Passos Coelho e concretizada por António Costa – e a exigi-la “já”.

“Quando Rui Rio pediu para nos pronunciarmos em 10 minutos sobre 124 páginas de um programa eleitoral que nunca tínhamos visto e sem tempo para analisar questões estratégicas como o aeroporto ou as infraestruturas portuárias disse que não… Olhe, parece que estava a adivinhar”, disse Bruno Vitorino ao Expresso.

Segundo o líder local, o cartaz está na rua “há quase três anos”. “Chegámos a ter dois iguais. Não é uma qualquer afronta a Rui Rio. A nossa posição é esta há muito tempo, não fomos nós que mudámos”, explicou Bruno Vitorino, que foi afastado da lista de candidatos a deputados pela atual direção do PSD.

A questão foi trazida para a campanha por António Costa, que disse estar “apreensivo” depois de ver o “principal partido da oposição” a “colocar em causa a opção já tomada para que o desenvolvimento da capacidade aeroportuária de Lisboa seja complementada com o desenvolvimento do aeroporto do Montijo”.

“Temos de manter uma linha de trabalho que não devolva o país à incerteza do que vai acontecer a seguir. Novas hesitações seriam uma fortíssima ameaça à continuidade da atividade turística. Não há plano B”, defendeu o líder socialista, que continua a aguardar a declaração final da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) — apesar de o Governo ter assinado o acordo com a ANA – Aeroportos de Portugal mesmo antes estarem concluídos os estudos de impacte ambiental.

No debate com André Silva, na RTP, Rui Rio tentou explicar a posição do partido, garantindo que a solução Montijo deve prevalecer, a menos que os “problemas ambientais sejam praticamente inultrapassáveis”. Aí “deveria ser avisado fazer a reapreciação da solução de Alcochete”.

Mais do que uma proposta, Rio explicava que a posição do PSD era condicional. Se o impacte ambiental do projeto Montijo fosse insuportável, a solução Alcochete deveria ser reavaliada.

Por outro lado, o programa eleitoral do PSD é menos condicional do que aquilo que Rio mostrou na RTP. Os sociais-democratas escreveram mesmo, no programa, que é “prematuro afastar cenários” e “que as opções a fazer não dispensam um estudo aprofundado das diferentes soluções”. O PSD chega a admitir renegociar as “condições contratuais da concessão” face aos previsíveis “problemas ambientais” decorrentes da construção de um aeroporto no Montijo.

Bruno Vitorino discorda. “Dos estudos técnicos que são conhecidos e do que foram dizendo todos os intervenientes, não há qualquer razão para acreditarmos que os impactes ambientais não são mitigáveis”, disse. “Mas Rui Rio nunca se reuniu connosco ou com os deputados eleitos. Nunca fomos ouvidos, por isso…”.

O que se sabe é que a posição do PSD/Setúbal em relação ao Aeroporto do Montijo mantém-se – e os cartazes também.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Rio, parece um especialista em confusão. Um dia está de acordo, no outro está contra. É um ser em confusão. Tinha dele outra ideia. Agora errada,é claro.

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …