Aeroporto do Montijo. Costa critica PSD e afirma que “não há plano B”

Tiago Petinga / Lusa

O primeiro-ministro António Costa

O secretário-geral do PS criticou o PSD por colocar em causa o desenvolvimento do aeroporto do Montijo, advertindo que “não há plano B” e que a suspensão deste projeto coloca seriamente em causa o crescimento económico.

Esta posição foi transmitida por António Costa no final de um almoço com a Confederação do Turismo de Portugal, em Lisboa, e constituiu a única crítica que o líder dos socialistas dirigiu aos sociais-democratas numa intervenção inicial com 36 minutos.

“Não posso deixar de manifestar muita apreensão quando vejo que o principal partido da oposição, que ainda agora votou favoravelmente o Programa Nacional de Infraestruturas, a apresentar não só novas dúvidas existenciais sobre os projetos de alta velocidade [ferroviária], mas, sobretudo, a colocar em causa a opção já tomada para que o desenvolvimento da capacidade aeroportuária de Lisboa seja complementada com o desenvolvimento do aeroporto do Montijo”, disse.

Sobre este tema, segundo o primeiro-ministro, após décadas de impasse, convém que se seja claro e que não existam “hesitações” ou “criatividades”.

Hoje em dia já não há plano B. Qualquer outra solução comprometeria muito fortemente a dinâmica de crescimento do turismo. Temos de manter uma linha de trabalho que não devolva o país à incerteza do que vai acontecer a seguir”, sustentou.

Costa considerou essencial que não se desfaça o consenso político alcançado no parlamento para a criação de um complemento no Montijo do aeroporto de Lisboa e que “não se verifiquem novas hesitações”.

Novas hesitações seriam uma fortíssima ameaça à continuidade da atividade turística do país e ao crescimento deste setor, que é fundamental para gerar emprego, riqueza e para dinamizar todo um conjunto de outras atividades económicas”, afirmou ainda em tom de aviso.

Perante os membros da Confederação do Turismo de Portugal, o primeiro-ministro frisou que sempre insistiu no caráter “essencial de existirem programas de investimento público definidos de forma consensual, discutidos e aprovados na Assembleia da República pelo menos com uma maioria de dois terços”.

“Era preciso pôr termo a um ciclo excessivo de 20 anos em que cada Governo que chegava partia do zero e colocava em causa tudo aquilo que o executivo anterior tinha feito. Desse ponto de vista, considero que esta legislatura que terminou foi exemplar, quer quanto ao programa Ferrovia 2020, quer quanto à estratégia aeroportuária”, exemplificou, falando mesmo que neste último domínio até se alcançou no parlamento uma maioria de quatro quintos.

“Este é o momento de se tomarem decisões e de agir. O estudo de impacto ambiental é claro quanto às medidas a adotar para limitar os impactos ambientais, mas voltar à estaca zero e reabrir o debate sobre a solução seria comprometer muito seriamente o futuro do país. Espero que seja possível a estabilidade nestas opções e não entramos em criatividades perigosas”, completou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O PSD parece uma gaja histérica com mudanças de humor e ideias.
    À entrada do Montijo esteve durante muitos meses antes das eleições, um cartaz do PSD onde dizia e passo a citar: Aeroporto no Montijo Já!
    O que é isto senão Esquizofrenia politica!

RESPONDER

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …