Nova variante já chegou à China. País aprovou primeira vacina para comercialização

Wu Hong / EPA

Um caso de infeção pela variante da covid-19 detetada no Reino Unido foi reportado na China. Entretanto, as autoridades chinesas deram luz verde, pela primeira vez, à comercialização de uma das vacinas desenvolvidas no país.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, foi detetada esta nova variante do SARS-CoV-2 numa mulher, de 23 anos, que regressou a Xangai, a 14 de dezembro, proveniente do Reino Unido.

O caso foi descoberto a 24 de dezembro, no dia em que a China anunciou a suspensão de voos com o Reino Unido, tendo já sido rastreados os contactos que a mulher teve, incluindo os passageiros e tripulantes do voo onde seguiu viagem.

Para o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, a entrada desta variante na China “representa uma séria ameaça à prevenção e controlo da covid-19″.

Vários epidemiologistas acreditam que esta estirpe é até 70% mais contagiosa, informação que levou vários países a restringirem as viagens de e para o Reino Unido.

A notícia da entrada desta variante na China surge numa altura em que as autoridades chinesas deram, pela primeira vez, luz verde à comercialização de uma das vacinas desenvolvidas no país, pela Sinopharm e a subsidiária do Instituto de Produtos Biológicos de Pequim.

As duas empresas solicitaram à entidade reguladora chinesa, esta quarta-feira, a aprovação da vacina, após terem informado que a sua eficácia é de 79,34%, de acordo com dados provisórios dos ensaios clínicos da fase 3.

Numa conferência de imprensa realizada em Pequim, esta quinta-feira, o número dois da entidade reguladora, Chen Shifei, explicou que a instituição concluiu que “os benefícios conhecidos e potenciais desta vacina superam os riscos conhecidos e potenciais” e que cumpre as normas estabelecidas para a aprovação condicional da comercialização.

A condição é que a Sinopharm continue a realizar ensaios clínicos de acordo com os prazos acordados e a enviar os dados recolhidos às autoridades médicas do país para verificação e registo final.

Chen explicou que, de acordo com as leis locais, uma vacina pode ser aprovada condicionalmente quando é “urgentemente necessária para responder a grandes emergências de saúde pública”.

No breve anúncio de quarta-feira sobre os resultados dos testes da fase 3, não foram fornecidos dados como o número de participantes que contraíram o vírus ou relataram efeitos secundários.

Esses dados também não foram divulgados na conferência de imprensa de hoje, tendo sido prometida a sua publicação “mais tarde nas revistas médicas chinesas e de outros países”, segundo responsáveis ligados à produção da vacina e que garantem que os testes foram realizados “com normas que ultrapassam as existentes, incluindo as da OMS”.

Várias das candidatas a vacinas desenvolvidas no país foram aprovadas em junho para utilização em casos de emergência, ou seja, em pessoas com elevado risco de infeção.

O diretor adjunto da Comissão Nacional de Saúde, Zeng Yixin, revelou que mais de 1,5 milhões de doses de vacinas foram administradas desde então até novembro.

A 15 de dezembro, a China iniciou uma campanha mais ambiciosa para vacinar grupos de risco, e desde então foram injetadas mais de três milhões de doses.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …