/

Nova variante da covid-19 chega à Coreia do Sul e à Noruega

Republic of Korea / Flickr

Comboio KTX a ser desinfetado, em Seul, na Coreia do Sul

A Coreia do Sul anunciou, esta segunda-feira, ter detetado os primeiros casos de uma variante mais contagiosa do SARS-CoV-2. A nova variante, identificada pela primeira vez no Reino Unido, também chegou à Noruega.

A Agência de Controlo e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul afirmou, esta segunda-feira, que os casos foram diagnosticados numa família de três pessoas que chegou ao país a 22 de dezembro, antes de as autoridades suspenderem as ligações aéreas com o Reino Unido até 31 de dezembro.

As três pessoas, que residem no Reino Unido, estão sob quarentena na Coreia do Sul.

A agência EFE avança que a nova variante do coronavírus SARS-CoV-2 foi também detetada pela primeira vez na Noruega em duas pessoas provenientes do Reino Unido, dois dias após terem surgido casos na Suécia e Dinamarca.

As autoridades norueguesas deram conta das infeções este domingo, verificadas em duas pessoas que estiveram este mês em território britânico. A nova variante também foi detetada na ilha da Madeira.

“Na sequência da análise genética pedida pela Direção Regional de Saúde ao Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge a uma amostra de alguns casos positivos detetados na RAM [Região Autónoma da Madeira], foi confirmada a presença da nova estirpe do vírus do Reino Unido na Madeira”, revelou a secretaria regional, acrescentando que “foi detetada em viajantes que chegaram à Madeira provenientes do Reino Unido”.

Segundo a mesma nota, que não especifica o número de infetados, “esta identificação só foi possível graças ao trabalho desenvolvido pelo Centro de Rastreio do Aeroporto Internacional da Madeira o qual permite rastrear, identificar e encaminhar para isolamento casos positivos, quando detetados”.

No sábado, a Suécia já tinha informado que tinha detetado o primeiro caso, uma pessoa também proveniente do Reino Unido, que ficou isolada depois de chegar ao país nórdico. Na Dinamarca registaram-se, em vários dias seguidos, cerca de 40 casos de contágio com a nova variante do coronavírus.

A nova variante foi detetada pela primeira vez no sul de Inglaterra uns dias antes do Natal. Vários países europeus suspenderam os voos procedentes do Reino Unido perante a suspeita de que se trate de uma estirpe ainda mais contagiosa.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.