Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

LIVREoficialpt / Facebook

O antigo eurodeputado Rui Tavares, fundador do Livre

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira).

No final do debate e votação das moções apresentadas ao Congresso, e antes do encerramento da reunião magna que decorre em Lisboa desde sábado, Paulo Muacho, membro da Comissão Eleitoral apresentou os resultados.

Entre os 110 votos para o Grupo de Contacto (direção do partido), a única lista a concorrer à liderança arrecadou 95 votos, sendo que 15 foram brancos. Joacine Katar Moreira deixa de pertencer à direção, uma vez que não integrava a única lista apresentada.

Dos 15 membros efetivos que a compõem, sete transitam do grupo cessante. De acordo com o jornal Público, é o caso de Carlos Teixeira, Pedro Mendonça, Ana Raposo Marques, Isabel Mendes Lopes, Pedro Nunes Rodrigues, Safaa Dib e Patrícia Gonçalves.

Do lado das novas caras chegam Ana de Morais e Castro, Tomás Cardoso Pereira, Maria Janeiro, Filipa Pinto, Filipe Honório, Henrique Vasconcelos, João Monteiro e Teresa da Mota.

Além da deputada única do partido, saem da direção Eduardo Viana, Florbela Carmo, Jorge Pinto, José Manuel Azevedo, Marta Costa e Paulo Muacho, sendo que, escreve o semanário Expresso, alguns deles transitam para a Assembleia.

Já o Conselho de Jurisdição, a também única lista concorrente, liderada pelo advogado Ricardo Sá Fernandes, teve 66 votos e 15 foram nulos, de um total de 109.

Para a Assembleia — órgão máximo entre congressos — houve 105 votos válidos e quatro nulos (também de um total de 109). Os candidatos apresentam-se individualmente. A Assembleia do Livre é composta por até 50 membros, dos quais 25 homens e 25 mulheres.

O candidato mais votado até agora foi o fundador do partido, Rui Tavares, com 63 votos, seguindo-se Jorge Pinto, com 60 votos. Entre as mulheres, Patrícia Robalo teve 49 votos e Inês Cisneiros, 45. A presidente da mesa do Congresso, e até agora coordenadora da Assembleia, Ana Natário, conseguiu 31 votos e fará mais um mandato.

“O novo Grupo de Contacto e a nova Assembleia do Livre irão guiar o partido durante os próximos dois anos. O Congresso votou pela continuidade das pessoas, ideias e formas de trabalhar, dando um claro voto de confiança e de legitimidade aos novos órgãos”, afirmou Isabel Mendes Lopes, no discurso de encerramento dos trabalhos.

Nova Assembleia é a “esperança e oxigénio” de Joacine

À saída do Congresso, Joacine Moreira afirmou que “não houve uma cisão” e que agora espera iniciar com os novos órgãos um processo de conversas de forma a “ser ouvida”, cita o mesmo semanário. Para a deputada, é necessário que se encontrem “regularmente” e haja “cedências de parte a parte”.

“Há elementos novos na Assembleia do Livre que não estavam no órgão cessante e que vão ser decisivos na decisão sobre a retirada da minha confiança política. Os elementos novos da Assembleia são a minha esperança e o meu oxigénio”, afirmou ao Expresso.

Esta manhã, ainda antes de serem retomados os trabalhos no Congresso, a deputada publicou o direito de resposta, com 12 páginas, na sua conta do Facebook, sobre a resolução da assembleia cessante.

Nesse documento, a deputada única do Livre afirma que o Grupo de Contacto nunca se opôs à sua reserva quanto ao sentido de voto no Orçamento do Estado de 2020 e, na reunião com o partido sobre o sentido de voto no OE2020, não recebeu “conselho contrário” quanto à sua intenção de manter a reserva sobre como iria votar.

Segundo a resolução anteriormente publicada pela 42.ª Assembleia do partido, a deputada descurou, “reiteradamente, a comunicação e envolvimento dos órgãos do partido”, nomeadamente nas negociações com o Governo relativamente ao OE2020, recusando-se a revelar o sentido de voto do Livre até ao momento da votação, “contra o conselho do GC”.

Em declarações aos jornalistas, citado pelo Expresso, Pedro Mendonça, do Grupo de Contacto hoje eleito, acredita que só um “milagre” poderá levar o partido a não retirar a confiança política à deputada.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cavani: brasileiros com milhões... mas pessimistas

O Grémio estabelece quatro parcerias para contratar o uruguaio. No entanto, a direção do clube não acredita que Cavani se vai mudar para Porto Alegre. "Na vida, se não conversas, nada sabes. Até pode surgir uma …

Ministério da Saúde indiano sem dados sobre médicos que morreram de covid-19. Associação fala em 382 óbitos

Depois de o Ministério da Saúde indiano ter afirmado esta semana que o não dispõe dos dados sobre os profissionais de saúde que morreram devido à covid-19, a Associação Médica do país publicou uma lista …

Chega apresenta proposta que prevê castração química para pedófilos

O projeto de revisão constitucional do Chega, entregue hoje no parlamento, prevê a remoção dos órgãos genitais a criminosos condenados por violação de menores, algo que em si mesmo encerra dúvidas de conformidade com a …

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …