Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

LIVREoficialpt / Facebook

O antigo eurodeputado Rui Tavares, fundador do Livre

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira).

No final do debate e votação das moções apresentadas ao Congresso, e antes do encerramento da reunião magna que decorre em Lisboa desde sábado, Paulo Muacho, membro da Comissão Eleitoral apresentou os resultados.

Entre os 110 votos para o Grupo de Contacto (direção do partido), a única lista a concorrer à liderança arrecadou 95 votos, sendo que 15 foram brancos. Joacine Katar Moreira deixa de pertencer à direção, uma vez que não integrava a única lista apresentada.

Dos 15 membros efetivos que a compõem, sete transitam do grupo cessante. De acordo com o jornal Público, é o caso de Carlos Teixeira, Pedro Mendonça, Ana Raposo Marques, Isabel Mendes Lopes, Pedro Nunes Rodrigues, Safaa Dib e Patrícia Gonçalves.

Do lado das novas caras chegam Ana de Morais e Castro, Tomás Cardoso Pereira, Maria Janeiro, Filipa Pinto, Filipe Honório, Henrique Vasconcelos, João Monteiro e Teresa da Mota.

Além da deputada única do partido, saem da direção Eduardo Viana, Florbela Carmo, Jorge Pinto, José Manuel Azevedo, Marta Costa e Paulo Muacho, sendo que, escreve o semanário Expresso, alguns deles transitam para a Assembleia.

Já o Conselho de Jurisdição, a também única lista concorrente, liderada pelo advogado Ricardo Sá Fernandes, teve 66 votos e 15 foram nulos, de um total de 109.

Para a Assembleia — órgão máximo entre congressos — houve 105 votos válidos e quatro nulos (também de um total de 109). Os candidatos apresentam-se individualmente. A Assembleia do Livre é composta por até 50 membros, dos quais 25 homens e 25 mulheres.

O candidato mais votado até agora foi o fundador do partido, Rui Tavares, com 63 votos, seguindo-se Jorge Pinto, com 60 votos. Entre as mulheres, Patrícia Robalo teve 49 votos e Inês Cisneiros, 45. A presidente da mesa do Congresso, e até agora coordenadora da Assembleia, Ana Natário, conseguiu 31 votos e fará mais um mandato.

“O novo Grupo de Contacto e a nova Assembleia do Livre irão guiar o partido durante os próximos dois anos. O Congresso votou pela continuidade das pessoas, ideias e formas de trabalhar, dando um claro voto de confiança e de legitimidade aos novos órgãos”, afirmou Isabel Mendes Lopes, no discurso de encerramento dos trabalhos.

Nova Assembleia é a “esperança e oxigénio” de Joacine

À saída do Congresso, Joacine Moreira afirmou que “não houve uma cisão” e que agora espera iniciar com os novos órgãos um processo de conversas de forma a “ser ouvida”, cita o mesmo semanário. Para a deputada, é necessário que se encontrem “regularmente” e haja “cedências de parte a parte”.

“Há elementos novos na Assembleia do Livre que não estavam no órgão cessante e que vão ser decisivos na decisão sobre a retirada da minha confiança política. Os elementos novos da Assembleia são a minha esperança e o meu oxigénio”, afirmou ao Expresso.

Esta manhã, ainda antes de serem retomados os trabalhos no Congresso, a deputada publicou o direito de resposta, com 12 páginas, na sua conta do Facebook, sobre a resolução da assembleia cessante.

Nesse documento, a deputada única do Livre afirma que o Grupo de Contacto nunca se opôs à sua reserva quanto ao sentido de voto no Orçamento do Estado de 2020 e, na reunião com o partido sobre o sentido de voto no OE2020, não recebeu “conselho contrário” quanto à sua intenção de manter a reserva sobre como iria votar.

Segundo a resolução anteriormente publicada pela 42.ª Assembleia do partido, a deputada descurou, “reiteradamente, a comunicação e envolvimento dos órgãos do partido”, nomeadamente nas negociações com o Governo relativamente ao OE2020, recusando-se a revelar o sentido de voto do Livre até ao momento da votação, “contra o conselho do GC”.

Em declarações aos jornalistas, citado pelo Expresso, Pedro Mendonça, do Grupo de Contacto hoje eleito, acredita que só um “milagre” poderá levar o partido a não retirar a confiança política à deputada.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançada somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …