Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

LIVREoficialpt / Facebook

O antigo eurodeputado Rui Tavares, fundador do Livre

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira).

No final do debate e votação das moções apresentadas ao Congresso, e antes do encerramento da reunião magna que decorre em Lisboa desde sábado, Paulo Muacho, membro da Comissão Eleitoral apresentou os resultados.

Entre os 110 votos para o Grupo de Contacto (direção do partido), a única lista a concorrer à liderança arrecadou 95 votos, sendo que 15 foram brancos. Joacine Katar Moreira deixa de pertencer à direção, uma vez que não integrava a única lista apresentada.

Dos 15 membros efetivos que a compõem, sete transitam do grupo cessante. De acordo com o jornal Público, é o caso de Carlos Teixeira, Pedro Mendonça, Ana Raposo Marques, Isabel Mendes Lopes, Pedro Nunes Rodrigues, Safaa Dib e Patrícia Gonçalves.

Do lado das novas caras chegam Ana de Morais e Castro, Tomás Cardoso Pereira, Maria Janeiro, Filipa Pinto, Filipe Honório, Henrique Vasconcelos, João Monteiro e Teresa da Mota.

Além da deputada única do partido, saem da direção Eduardo Viana, Florbela Carmo, Jorge Pinto, José Manuel Azevedo, Marta Costa e Paulo Muacho, sendo que, escreve o semanário Expresso, alguns deles transitam para a Assembleia.

Já o Conselho de Jurisdição, a também única lista concorrente, liderada pelo advogado Ricardo Sá Fernandes, teve 66 votos e 15 foram nulos, de um total de 109.

Para a Assembleia — órgão máximo entre congressos — houve 105 votos válidos e quatro nulos (também de um total de 109). Os candidatos apresentam-se individualmente. A Assembleia do Livre é composta por até 50 membros, dos quais 25 homens e 25 mulheres.

O candidato mais votado até agora foi o fundador do partido, Rui Tavares, com 63 votos, seguindo-se Jorge Pinto, com 60 votos. Entre as mulheres, Patrícia Robalo teve 49 votos e Inês Cisneiros, 45. A presidente da mesa do Congresso, e até agora coordenadora da Assembleia, Ana Natário, conseguiu 31 votos e fará mais um mandato.

“O novo Grupo de Contacto e a nova Assembleia do Livre irão guiar o partido durante os próximos dois anos. O Congresso votou pela continuidade das pessoas, ideias e formas de trabalhar, dando um claro voto de confiança e de legitimidade aos novos órgãos”, afirmou Isabel Mendes Lopes, no discurso de encerramento dos trabalhos.

Nova Assembleia é a “esperança e oxigénio” de Joacine

À saída do Congresso, Joacine Moreira afirmou que “não houve uma cisão” e que agora espera iniciar com os novos órgãos um processo de conversas de forma a “ser ouvida”, cita o mesmo semanário. Para a deputada, é necessário que se encontrem “regularmente” e haja “cedências de parte a parte”.

“Há elementos novos na Assembleia do Livre que não estavam no órgão cessante e que vão ser decisivos na decisão sobre a retirada da minha confiança política. Os elementos novos da Assembleia são a minha esperança e o meu oxigénio”, afirmou ao Expresso.

Esta manhã, ainda antes de serem retomados os trabalhos no Congresso, a deputada publicou o direito de resposta, com 12 páginas, na sua conta do Facebook, sobre a resolução da assembleia cessante.

Nesse documento, a deputada única do Livre afirma que o Grupo de Contacto nunca se opôs à sua reserva quanto ao sentido de voto no Orçamento do Estado de 2020 e, na reunião com o partido sobre o sentido de voto no OE2020, não recebeu “conselho contrário” quanto à sua intenção de manter a reserva sobre como iria votar.

Segundo a resolução anteriormente publicada pela 42.ª Assembleia do partido, a deputada descurou, “reiteradamente, a comunicação e envolvimento dos órgãos do partido”, nomeadamente nas negociações com o Governo relativamente ao OE2020, recusando-se a revelar o sentido de voto do Livre até ao momento da votação, “contra o conselho do GC”.

Em declarações aos jornalistas, citado pelo Expresso, Pedro Mendonça, do Grupo de Contacto hoje eleito, acredita que só um “milagre” poderá levar o partido a não retirar a confiança política à deputada.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Jogador do PSV afastado dos treinos após participar em manifestação antiracismo

O jogador do PSV Denzel Dumfries foi afastado dos treinos até ao final da época. O jogador holandês participou num protesto contra o racismo nos Países Baixos. Denzel Dumfries, defesa do PSV, foi esta quinta-feira afastado …

Turismos de Portugal e Espanha querem "confinar" população na Península Ibérica. Fronteiras só abrem em julho

Os Turismos de Portugal e Espanha estão a preparar campanhas de promoção para captar os 55 milhões de habitantes dos dois país durante o verão. De acordo com o semanário Expresso, Portugal e Espanha preparam-se para …

Autocarro do Benfica apedrejado. Casas de jogadores vandalizadas com ameaças

O autocarro benfiquista foi apedrejado após o jogo com o Tondela. Além disso, a casa de alguns jogadores foram grafitadas com ameaças, nomeadamente a de Pizzi. O autocarro do Benfica foi atacado após o empate frente …

Rio só está à espera de Marcelo. E não se compromete com o Orçamento

O presidente do PSD deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou que só está à espera que Marcelo Rebelo de Sousa avance para anunciar o apoio do partido à sua recandidatura. Em entrevista à TSF, …

Contrariando as autoridades, Hong Kong assinala aniversário de Tiananmen. "Podem reprimir as nossas atividades mas não o nosso espírito"

Evocando razões de saúde pública devido à pandemia, as autoridades de Hong Kong proibiram a vigília de quinta-feira que visava assinalar o 31.º aniversário do massacre de Tiananmen. As aglomerações com mais de oito pessoas …

Governo pondera criar nova contribuição sobre a banca para financiar Segurança Social

O Governo de António Costa está a estudar a criação de uma contribuição adicional de solideriedade sobre o setor bancário para ajudar a financiar a Segurança Social e fazer face aos custos de resposta à …

Arqueólogos encontram rara ferramenta de caça com 300 mil anos

Arqueólogos encontraram uma ferramenta de madeira utilizada na caça há 300 mil anos. É muito raro encontrar artefactos paleolíticos feitos de madeira, realça o autor do estudo. Uma equipa de investigadores da Universidade de Tübingen e …

Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social. Com 81,7 milhões …

Patrões agradados com o plano do Governo. PSD diz que "é muito fraco"

Enquanto patrões e sindicalistas ficaram bastante satisfeitos com o Programa de Estabilização Económica e Social apresentado pelo Governo, o PSD deixou duras críticas. Esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, onde foi aprovado o plano …

Na resposta a uma crise, ligações humanas podem piorar ainda mais as coisas

Um novo estudo sugere que a conexão humana nem sempre é uma coisa boa, sobretudo quando se trata de ultrapassar uma crise com sucesso. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 2480 voluntários …