Nova capa do Charlie Hebdo indigna Bélgica

(dr) Charlie Hebdo

-

A nova capa da publicação satírica francesa é dedicada aos recentes atentados na capital belga e, como seria de esperar, voltou a gerar polémica.

A última edição do jornal Charlie Hebdo chegou às bancas esta quarta-feira e em pouco tempo conseguiu levantar uma nova polémica.

A publicação satírica francesa decidiu dedicar a sua capa aos atentados de Bruxelas que, no passado dia 22, provocaram a morte de 35 pessoas e mais de 300 feridos.

Para ilustrar o acontecimento, o caricaturista Riss optou por um cartoon que coloca em destaque um dos embaixadores da Bélgica, o rapper, compositor e produtor belga Paul Van Haver, mais conhecido por Stromae.

A caricatura surge no meio de partes de um corpo humano que voam pelo ar, enquanto o cantor de 31 anos anda à procura do pai, numa referência óbvia ao seu tema “Papa où t’es?” (“Pai onde estás?” em português).

À pergunta lançada por Stromae, os vários membros arrancados de um corpo respondem: “Aqui”, “Ali” ou “E ali também”. A mesma capa é ainda acompanhada pela frase “Bélgica desorientada”.

Rapidamente, a capa do Charlie Hebdo gerou uma onda de indignação nas redes sociais, com vários utilizadores a mostrarem-se chocados com este tipo de humor.

Também os media belgas contestaram a capa do jornal satírico, considerando que a publicação ultrapassou os limites.

O jornal, que foi alvo de um atentado em janeiro do ano passado por ter caricaturado Maomé, é conhecida pelo seu humor negro e sarcástico.

Além dos ataques na capital belga, outros acontecimentos motivaram muitas outras capas que não foram recebidas com bons olhos pelo mundo em geral.

Um dos casos mais recentes foram os vários retratos de Aylan Kurdi, o menino sírio que perdeu a vida numa praia turca, e as caricaturas sobre a queda do Airbus A321 russo no deserto do Sinai, em que morreram 224 pessoas.

ZAP / Move

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Bom aqui acho mesmo nojento e de muito maus gosto!Talvez tenha perdido todo o valor que tinha, pelo menos para mim!A falta de respeito tem limites e aqui foram todos mais que ultrapassados!!!

  2. As pessoas só são “Je suis Charlie” enquanto a sátira é direccionada para as crenças dos outros… Hipócritas!

  3. Esta publicação sempre foi uma treta. Fazer piadas reles com a desgraça dos outros?! Independentemente da raça, credo ou o que quer que seja, esta publicação apenas ofende e nada mais. E isso não é caricaturar e muito menos fazer rir. É apenas simples parvoíce de gente menor cujo intelecto não lhe permite deixar obra maior.

  4. “Je suis Charlie” caro Estevão Ferreira é acreditar que ser morto não é uma pena justa para o mau gosto… Mais uma vez eles demonstraram que o mau gosto não tem limites, mais uma vez eu acho que não devem ser mortos por isso, só ignorados… Ninguém devia comprar uma revista que parece que tenta fazer humor com o que não deve, na minha opinião se isso acontecesse eles acabavam rapido…

  5. Então? Não são todos ” Je suis Charlie”?
    Talvez assim “todos” aprendam que há limites… Mesmo para fazer humor.
    Mesmo sendo contra tudo o que é atentado, eu não sou “Je suis Charlie”.
    Há limites para tudo!

  6. Os maiores culpados são aqueles que (ainda) compram o “jornal”. Já era de muito mau gosto antes do atentado ao “jornal” (que acabou por provocar o mesmo ataque…) e continua a ser. Vende porque as pessoas gostam de ser chocadas… E “eles” sabem disso… Façam um boicote ao jornal!… Não comprem! NUNCA!

  7. Então e o que é feito da “liberdade de expressão” que todos defendiam à um ano atrás? Entretanto já acabou? Ou só há liberdade de expressão enquanto é para falar mal dos temas que convém? Há pois, a hipocrisia é muita.

RESPONDER

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …