Em pânico, os norte-americanos estão a comprar pintainhos para lidar com a pandemia

Todo o mundo está a ser afetado pela pandemia de covid-19, tendo os norte-americanos, inicialmente, corrido aos supermercados para comprar o máximo de papel higiénico possível. Porém, agora, o produto é outro.

De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, os pintainhos tornaram-se a compra do pânico, tendo já esgotado inúmeras incubadoras.

Normalmente, as incubadoras de pintainhos têm dias ocupados nas semanas anteriores à Páscoa, durante as crises do mercado de ações e nos anos das eleições presidenciais. No entanto, a procura atual é sem precedentes.

“As pessoas estão a comprar pintainhos em pânico tal como fizeram com o papel higiénico”, disse Tom Watkins, vice-presidente da Murray McMurray Hatchery, em Webster City, no estado de Iowa.

De acordo com a Newsweek, a empresa de Watkins está prestes a ficar totalmente esgotada durante as próximas quatro semanas. Enquanto alguns clientes reabastecem os seus galinheiros como habitual, uma grande quantidade de novos compradores estreantes estão a fazer fila para comprar pintainhos – por causa da covid-19.

Uma das razões pode ser o aumento do preço dos ovos. O Departamento de Agricultura informou que os preços subiram mais de 50% na semana passada em algumas partes dos Estados Unidos. A oferta de ovos não vacilou, mas a demanda disparou.

“Pensei em comprar pintainhos que todos entrem em pânico e comprem-nos”, disse Amy Annelle, de 48 anos, citada pelo All That’s Interesting. “Também queríamos um projeto divertido para nos manter ocupados“.

Apesar de semorar pelo menos cinco meses para que as galinhas tenham idade para pôr ovos, “parece que ter uma fonte constante de alimentos é uma boa ideia agora”.

Os benefícios psicológicos que acompanham o cuidado de um animal também proporcionam alívio em tempos incertos. “Não podemos controlar o mundo em redor, mas podemos controlar o amor que damos aos animais”, disse Dominique Greenwell, que comprou quatro pintainhos, após o salão de cabeleireiro em que trabalhava ter fechado.

Stephanie Spann, da Hackett Farm Supply, em Nova Iorque, explicou que as pessoas esperam numa fila, cuidadosamente espaçadas e depois pegam os seus animais. Os funcionários já relataram terem recebido telefonemas de cuidadores estreantes. “São como pais ansiosos a preparar-se para um bebé“, disse Spann. “As pessoas estão dispostas a escolher raças que não são a sua primeira escolha para começar a criação agora”.

Por outro lado, alguns desses compradores são desinformados. Uma mulher perguntou num fórum online sobre galinhas por que os seus pintainhos estavam a morrer, inconsciente de que os animais precisam de uma fonte de calor para sobreviver até que as suas penas cresçam.

Embora alguns proprietários não estejam preparados para lidar com um animal de estimação que pode viver até 10 anos, outros estão a achar a sua presença muito benéfica.

“As galinhas são uma ótima forma de vincular biologia, comportamento animal, matemática e outros assuntos”, disse Erin Scheessele, de Oregon. “O meu filho de 9 anos, resistente a matemática, calculou o perímetro da gaiola para descobrir quanto pano tínhamos de comprar.”

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …