Noiva de Khashoggi processa príncipe herdeiro saudita

Hatice Cengiz, noiva de Jamal Khashoggi, colocou um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio.

A noiva do jornalista Jamal Khashoggi, assassinado na Turquia em outubro de 2018, colocou esta terça-feira em Washington um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio.

Jamal Khashoggi foi um jornalista crítico do regime de Riade que acabou assassinado e com o seu corpo despedaçado no consulado saudita em Istambul, onde ia levantar um documento, para não mais regressar.

A sua noiva, Hatice Cengiz, acredita que membros da embaixada da Arábia Saudita em Washington atraíram o jornalista para o consulado saudita na Turquia convencendo-o de que aquele seria o único local onde ele poderia obter o documento que procurava.

“Este erro fatal ocorreu nos Estados Unidos e era parte de uma conspiração maior que pretendia ter um impacto direto nas atividades políticas do senhor Khashoggi nos Estados Unidos”, acrescenta a denúncia apresentada num tribunal federal da capital norte-americana.

A queixa, que se juntou a outras do grupo de oposição liderado por Khashoggi, Democracia para o Mundo Árabe Agora (DAWN, na sigla em inglês), visa em particular o príncipe herdeiro e “vários membros de seu círculo interno”, incluindo o primeiro conselheiro, Saoud al-Qahtani, e o ex-número dois dos serviços de inteligência saudita, Ahmed al-Assiri.

Os dois homens, identificados pelos investigadores turcos como os instigadores do assassínio, foram processados por um tribunal de Istambul.

Hatice Cengiz afirma ter sofrido “uma perda de amor, conforto, intimidade, apoio moral e afeto” com a morte de Jamal Khashoggi, com quem ela se casou religiosamente enquanto esperava a união civil, pelo que pede uma indemnização cujo valor deve ser determinado pelo tribunal.

O assassínio de Jamal Khashoggi mergulhou a Arábia Saudita numa de suas piores crises diplomáticas e manchou a imagem do príncipe herdeiro, que foi nomeado por oficiais turcos e norte-americanos como o mentor do assassínio.

Depois de ter negado o assassínio, o Governo saudita afirmou que ele tinha sido cometido por agentes que agiram sozinhos e sem receber ordens dos seus líderes.

Em dezembro de 2019, cinco homens sauditas foram condenados à morte e outros três a penas de prisão, por um tribunal em Riade, tendo as penas de morte sido comutadas em setembro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" a incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …

O maior elevador panorâmico do mundo tem vista para os cenários de Avatar

Com o recente lançamento de fotografias subaquáticas dos bastidores do Avatar 2 e a notícia de que Avatar 3 está quase a terminar as filmagens, não há melhor momento para revisitar o parque nacional que …

Pandemia tirou comida da mesa, mas deu asas a startup que transforma plástico do mar em máscaras

A startup portuguesa Skizo transformou a pandemia numa oportunidade de crescimento. Quando faltava comida nalgumas mesas, a empresa de produção de sapatilhas e bolsas passou a fazer máscaras a partir de plástico retirado dos oceanos …

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …