No Camboja, cada turista tem de pagar uma caução de 2.700 euros (e não recebe a totalidade de volta)

O regresso do turismo ao Camboja pode custar muito dinheiro. O país asiático já não tem restrições a visitantes consoante o país de origem mas exige o depósito de uma caução de 2.670 euros a cada turista. 

De acordo com o Diário de Notícias, a caução tem de ser entregue à chegada ao aeroporto e, desse montante, será descontado o valor gasto nas exigências das autoridades como a realização obrigatória de um teste à covid-19.

Assim, os viajantes estrangeiros devem pagar um depósito de 2.670 euros pelas “taxas de serviço covid-19” à chegada. O valor pode ser levantado à saída, mas será descontado o custo das imposições e taxas.

Segundo o DN, o Camboja tem três exigências: ter um visto antes da chegada; ter um atestado médico, emitido no máximo 72 horas antes da data da viagem, a informar que não tem covid-19; e possuir comprovativo de um seguro com no mínimo 44.400 euros para cobertura médica.

As taxas obrigatórias no Camboja começam com uma de 4,40 euros pelo transporte do aeroporto para o centro de testes, onde o turista faz o teste obrigatório à covid-19, que tem o custo de 89 euros.

Depois do teste, o turista tem de pagar 26,70 euros pela taxa de estadia no hotel estipulado ou “centro de espera” e o mesmo valor por três refeições por dia enquanto aguarda os resultados do teste.

Se um visitante testar positivo, todos os passageiros do mesmo voo ficarão em quarentena em instalações aprovadas pelo governo por duas semanas, a um custo de 1.040 euros, incluindo refeições, lavandaria e serviços sanitários.

Se o turista for um caso positivo, vai precisar de fazer até quatro testes ao mesmo preço dos anteriores e pagar 2.800 euros para tratamento no Hospital da Amizade Khmer-Soviética na capital Phnom Penh.

Estas imposições estão a ser criticadas por operadores turísticos que têm alertado os viajantes para terem em conta todas estas condições.

Com fronteiras com Tailândia e Vietname, o Camboja tem apenas 128 casos de covid-19 sem nenhum morte. Destes,  125 estão dados como recuperados.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …

França dá a partir de dezembro "cheque-combustível" de 100 euros

França vai dar a partir de dezembro um “cheque-combustível” único de 100 euros a cerca de 36 milhões de condutores que ganham menos de 2.000 euros por mês devido à escalada dos preços do gasóleo …

Parlamento aprova extinção do SEF

A extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Assembleia da República, esta sexta-feira, com os votos a favor do PS, BE e da deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira. O texto final apresentado …

Mais oito mortes e 930 novos casos de covid-19. Incidência sobe

Portugal registou, esta sexta-feira, mais oito mortes e 930 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 930 novos …

A ministra da Cultura, Graça Fonseca.

De "propaganda" a "manipulação populista". Tweets polémicos do Ministério da Cultura causam alvoroço nas redes sociais

O Ministério da Cultura, tutelado por Graça Fonseca, usou a conta oficial no Twitter para enaltecer os investimentos do Governo PS no setor, e foi mais longe, comparando-os aos do Governo PSD/CDS. Na terça-feira, foram publicados …

Parlamento aprova novo decreto sobre inseminação post mortem após veto de Marcelo

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um novo decreto sobre a inseminação post mortem, com propostas de alteração do PS, BE, PCP, PAN e PEV para responder às dúvidas levantadas pelo Presidente da República no veto …

PJ faz buscas na provedoria da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) efetuou, na manhã desta sexta-feira, buscas na provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa para "recuperação de documentação", no decurso de uma investigação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção. Fonte …

Combate à corrupção e ao branqueamento recebe apenas "migalha" da bazuca

Dos 266,9 milhões de euros do PRR que serão investidos pelo Governo na área da Justiça, apenas 0,37% é destinado à PGR e ao DCIAP. O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê um investimento de …

Auditoria às sondagens das autárquicas. Não houve erro, mas "mecanismos" que mudaram opiniões

A auditoria interna realizada pela Intercampus às sondagens pré-eleitorais das últimas eleições autárquicas, que foram muito criticadas, não detetou erros. Assim, o que pode explicar as divergências são "mecanismos" que fazem mudar a opinião das …