Navio espanhol que estava encalhado em Lisboa já flutua

Mário Cruz / Lusa

O navio que estava encalhado há dez dias no Bugio, na foz do rio Tejo, à saída da barra de Lisboa, começou a flutuar às 02h30 desta sexta-feira, disse à agência Lusa o porta-voz da Autoridade Marítima Nacional (AMN).

“O rebocador começou, pelas 00h00, a aumentar de forma progressiva a tração, tendo arrastado o navio para uma zona mais profunda, ficando a flutuar pelas 02h30“, explicou Fernando Pereira da Fonseca.

“A empresa que está a fazer o desencalhe achou que o rebocador de grande envergadura já não fazia sentido, porque o trem de reboque que estava passado tinha quase dois quilómetros de comprimento, e foi decidido passar o reboque para dois rebocadores mais pequenos, que estão a levar o Betanzos para o cais do Beato“, explicou.

O porta-voz da AMN referiu que o navio deverá chegar ao cais do Beato entre as 10h00 e as 11h00 e adiantou que, quando atracar, “será alvo de uma inspeção, sobretudo à área submersa, com particular cuidado para a hélice e a porta do leme, o governo do navio, que lhe dá a sua propulsão”.

“O navio vai ter de ser inspecionado, para se saber como está a sua zona imersa. Se tiver danos, tem de ser reparado antes de prosseguir viagem. Caso contrário, pode retomar a viagem”, acrescentou o porta-voz da AMN.

“À partida, na zona da quilha, o fundo do navio, provavelmente não tem qualquer dano, mas o facto de a hélice ter estado em contacto com a areia pode fazer com que haja algum dano e isso tem de ser avaliado”, disse o responsável.

Fernando Pereira da Fonseca sublinhou ainda que terá igualmente de ser avaliada a âncora que ficou no fundo, quando o navio tentou fundear: “Desconheço se o navio tem uma segunda âncora. Se não tiver, esse sistema, que permite o navio fundear, também tem de ser recuperado para o navio poder seguir viagem”.

“Só depois das inspeções técnicas é que o armador poderá avaliar quais serão as próximas tarefas e, eventualmente, planear eventuais trabalhos para o navio seguir em segurança para o próximo porto”, acrescentou.

O “Betanzos”, com dez tripulantes a bordo, encalhou na madrugada do dia 6 de março, cerca das 01h00, à saída da barra de Lisboa, após uma falha total de energia e da tentativa de fundear.

O navio estava encalhado perto do farol do Bugio, no forte de São Lourenço do Bugio, em Oeiras, na foz do Rio Tejo, e transporta oito mil toneladas de areia com sílica, usada na indústria de porcelana e cerâmica.

A bordo do navio, que se deslocava para Casablanca, em Marrocos, estão 130 toneladas de combustível e 20 toneladas de resíduos oleosos. De acordo com o porta-voz da AMN, na ausência de danos estruturais, o risco de derrame é baixo.

No dia 8, como medida de precaução devido ao mau tempo, dez tripulantes e quatro elementos técnicos foram resgatados do navio pelo helicóptero da Força Aérea Portuguesa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos, diz IPO

As crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos de contrair o novo coronavirus na generalidade dos casos, esclareceu, esta segunda-feira, o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa. "Neste momento, não …

Estados Unidos. Pais deixam filho na escola sabendo que tinha covid-19

Um estudante infetado com covid-19 foi levado para a escola pelos pais em Massachusetts, nos Estados Unidos. Como resultado, 28 estudantes ficaram de quarentena. Os pais de um aluno de uma escola do estado norte-americano de …

Bale assume que Mourinho foi uma das principais razões para voltar ao Tottenham

O internacional galês admitiu que o treinador português foi uma das principais razões que o fez voltar ao Tottenham. Em entrevista à estação televisiva britânica BT Sport, conduzida pelo antigo avançado Peter Crouch, Gareth Bale afirmou …

Portugal regista 623 novos casos e oito óbitos. Lisboa com 70% das novas infeções

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais oito mortos relacionados com o novo coronavírus (covid-19) e 623 novos casos de infeção, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). No que respeita a novos casos, deu-se um …

Paulo Cafôfo, o "guardião dos valores", é o novo líder do PS/Madeira

Paulo Cafôfo, o novo líder do PS/Madeira, assumiu-se como um "guardião dos valores de um partido que não se deixa vergar". O novo líder do PS/Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou este domingo que vai estar "sempre contra" …

Médicos querem divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno (e defendem máscara na rua)

Além da divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno, a Ordem dos Médicos solicita uma atualização das normas e orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS). A Ordem dos Médicos defende a divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno para …

Líder do CDS quer ver o partido travar "histerias de nichos à volta do radicalismo"

O líder do CDS encerrou, este domingo, a escola de quadros da Juventude Popular, que decorreu deste sexta-feira em Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, momento que assinalou também a rentrée política do partido. "Este novo …

Detida suspeita de enviar envelope com ricina a Trump. Tinha uma arma de fogo

  As autoridades prenderam uma mulher suspeita de ter enviado um envelope com ricina ao Presidente dos EUA, Donald Trump. Suspeita-se que o envelope foi enviado a partir do Canadá. Uma mulher foi detida este domingo, quando tentava …

Livre declara apoio oficial a Ana Gomes

O Livre anunciou, esta segunda-feira, o seu apoio oficial à candidata Ana Gomes, nas eleições Presidenciais, depois de uma consulta interna na qual a ex-eurodeputada recolheu 88,9% dos votos de membros e apoiantes. Em comunicado, o …

"Ponto crítico" no Reino Unido. Especialistas vão fazer apelo público em direto na TV

Esta segunda-feira, dois dos mais graduados conselheiros científicos do Governo britânico vão fazer um apelo aos britânicos, em direto na televisão, a alertar que o Reino Unido atingiu um "ponto crítico". Dois conselheiros científicos do Governo …