Dos carros das mulheres a uma bruxa. Pinto da Costa é suspeito de desviar dinheiro do FC Porto

6

(dr) FC Porto

Pinto da Costa é suspeito de ter usado no FC Porto um esquema idêntico ao que Luís Filipe Vieira terá usado no Benfica, para desviar dinheiro do clube para uso pessoal. O presidente portista terá, alegadamente, pago carros das suas mulheres e até uma bruxa com comissões desviadas do FC Porto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A investigação do Ministério Público (MP) que envolve Pinto da Costa e o filho tem no centro a teoria de que o presidente do FC Porto usou a família e o empresário Pedro Pinho para desviar dinheiro do clube.

Uma fonte conhecedora do inquérito judicial revela ao Nascer do Sol que “Pinto da Costa será o principal beneficiário de uma conta no Banco Carregosa para onde terão sido desviados parte dos 40 milhões de euros pertencentes a receitas da SAD do FC Porto”.

Essa conta estará em nome do empresário de futebol Pedro Pinho, o mesmo que esteve envolvido numa agressão a um repórter após um jogo do FC Porto.

Pedro Pinho tem estado envolvido na intermediação de várias transferências do FC Porto e também está a ser investigado pelo MP. Os investigadores suspeitam que ele seria um “testa-de-ferro” de Pinto da Costa.

Pinto da Costa teria esquema semelhante a Vieira

O dinheiro alegadamente desviado do FC Porto terá servido para “suprir necessidades de Pinto da Costa, desde a oferta de carros a mulheres das suas relações até ao pagamento a uma bruxa de Matosinhos por vários tipos de feitiçarias e previsões, inclusive quanto a futuros resultados da equipa de futebol do FC Porto”, relata o Nascer do Sol.

O Expresso também apurou que a ex-mulher de Pinto da Costa, Fernanda Miranda, terá recebido milhares de euros das contas do FC Porto para o pagamento de leasings.

Mas há “pelo menos mais uma pessoa do círculo íntimo de Pinto da Costa que terá beneficiado do dinheiro saído dos cofres do Estádio do Dragão”, aponta ainda o Expresso.

O MP “acredita que houve comissões pagas por serviços que não foram prestados ou que foram executados por um valor exagerado”. Parte dessas comissões “voltaria à esfera familiar de Pinto da Costa” com o presidente do FC Porto a usufruir dessas verbas “ainda que indirectamente”, destaca ainda o semanário.

Assim, as suspeitas em torno de Pinto da Costa são semelhantes às do processo judicial que envolve Luís Filipe Vieira e que é suspeito de prejudicar o Benfica.

  ZAP //

6 Comments

  1. Então agora os portistas que tanto comentaram o Vieira agora estão tão caladinhos?! Serve-vos o barrete, não é?!
    E vai ao bruxo… Já agora, ca ganda me#*%@ de bruxo que nem adivinhou que o Pintinho ía ser agarrado…
    Este vigarista já devia era estar preso desde o apito dourado.

    • Mas só mesmo tu para vires com esse discurso. Mas achas mesmo que alguém no Porto tem dúvidas que o Pintinho encaixa por fora?! A questão é: merece-o ou não? E aí as opiniões podem dividir-se

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.