MP pede afastamento de Rui Rangel de recurso da Operação Marquês

António Pedro Santos / Lusa

O juíz desembargador Rui Rangel

O Ministério Público (MP) fez um pedido de afastamento do juiz desembargador Rui Rangel do recurso da Operação Marquês. Esta é a segunda vez que o MP pede o seu afastamento.

Esta sexta feira, o juiz Rui Rangel — que foi constituído arguido no âmbito da Operação Lex por suspeitas de corrupção e tráfico de influências — foi escolhido por sorteio para julgar um recurso da Operação Marquês

“Na sequência da distribuição no Tribunal da Relação de Lisboa de recurso interposto no âmbito da designada Operação Marquês, o Ministério Público apresentou (…) um requerimento de recusa do juiz”, afirma um comunicado da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O comunicado não revela o nome do juiz em causa, mas surge no dia em que Público noticiou que Rangel iria ter de apreciar um recurso referente à Operação Marquês, embora o juiz desembargador tenha afirmado à Lusa que não se trata do mesmo processo.

“Fê-lo por considerar existir motivo sério e grave, adequado a gerar desconfiança sobre a imparcialidade do magistrado judicial“, pode ler-se na nota da PGR.

Ao início da tarde, o juiz desembargador Rui Rangel esclareceu à Lusa que o recurso que lhe foi distribuído informaticamente é do caso Octapharma, assegurando não ter para apreciação qualquer recurso da Operação Marquês, que envolve José Sócrates.

Um dos recursos atribuídos segunda-feira ao juiz do Tribunal da Relação de Lisboa prende-se com processo ‘O negativo´, que envolve a empresa farmacêutica Octapharma e que resultou da extração de uma certidão da Operação Marquês. Embora tenha havido separação do caso Octapharma dos autos da Operação Marquês, o número de ambos os processos mantém-se, divergindo nas letras.

Rui Rangel é um dos arguidos no processo Operação Lex por suspeitas de corrupção e tráfico de influências, tendo estado suspenso preventivamente das funções no Tribunal da Relação de Lisboa.

O ex-presidente da multinacional farmacêutica Paula Lalanda de Castro chegou a ser arguido na Operação Marquês, por factos relacionados com a contratação do antigo primeiro-ministro José Sócrates para consultor daquela empresa, mas o processo foi separado.

No processo Octapharma, cujo recurso vai ter como relator Rui Rangel, investiga-se suspeitas de obtenção pela empresa uma posição de monopólio no fornecimento de plasma humano inativado e de uma posição de domínio no fornecimento de hemoderivados a diversas instituições e serviços que integram o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa depois de o juiz de instrução Ivo Rosa ter negado a junção aos autos de mails apreendidos nas buscas realizadas à farmacêutica no âmbito da Operação Marquês.

O pedido de recusa do MP ao envolvimento de Rangel na apreciação de recursos no âmbito da Operação Marquês não é inédito.

Em 9 de março de 2017, o Supremo Tribunal de Justiça decidiu impedir o juiz desembargador Rui Rangel de tomar qualquer decisão no âmbito deste processo.

O Ministério Público pediu, a 22 de fevereiro de 2017, o afastamento de Rui Rangel da apreciação de um recurso interposto pelo arguido José Sócrates “por considerar existir motivo sério e grave, adequado a gerar desconfiança sobre a imparcialidade do magistrado judicial” e o STJ decidiu afastar o desembargador de analisar qualquer recurso do processo.

No pedido de afastamento então interposto, o MP alegou que as afirmações e considerações feitas pelo juiz num programa de televisão da TVI, em junho de 2015, nomeadamente sobre a recusa do antigo primeiro-ministro José Sócrates em aceitar a pulseira eletrónica, em substituição da prisão preventiva, violou o dever de reserva.

O MP alegou ainda que, “embora sem óbvia relevância criminal”, existia “um conhecimento pessoal” entre Rui Rangel e José Sócrates, sublinhando que, em setembro de 2014, esta relação “justificava a marcação de um almoço entre os dois”.

Hoje foi também anunciado pelo Conselho Superior da Magistratura que o juiz Rui Rangel será ouvido a 3 de outubro no processo disciplinar instaurado no âmbito do inquérito Operação Lex, juntamente com a ex-mulher, também magistrada.

Em comunicado, o Conselho Superior da Magistratura adianta que Rui Rangel será ouvido no início de outubro e que a sua ex-mulher, a desembargadora Fátima Galante já prestou declarações no processo disciplinar.

Os processos disciplinares já deram origem à suspensão preventiva de funções dos dois arguidos pelo tempo previsto, que no caso de Rui Rangel regressou à 9.ª secção criminal do Tribunal da Relação de Lisboa no início de agosto depois de ter sido suspenso a 9 de novembro de 2018.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “imparcialidade” é o que este caso mais carece desde o inicio. com os ataques que tem feito aos juízes que não pertencem à panelinha só indicia que não é um caso de justiça mas sim de politica da mais baixa e porca.

RESPONDER

"Dois ingleses de fora? Então a seleção escocesa não vai ter jogadores"

O escocês Billy Gilmour testou positivo à COVID-19 e, por precaução, dois jogadores da seleção inglesa não vão defrontar a República Checa. Lineker não entende esta decisão. Billy Gilmour vai falhar o último jogo da Escócia …

Tribunais franceses "contratam" cães para ajudar a aliviar stress das vítimas

Há dois anos, Lol tornou-se no primeiro cão da Europa a dar apoio a vítimas de crimes quando estas são sujeitas à pressão dos tribunais, e muitas das vezes, têm de enfrentar os seus agressores. …

Finlândia 0-2 Bélgica | Diabos vermelhos picam o ponto

A Bélgica, que já estava apurada, completou o pleno de triunfos no seu grupo, com uma vitória por 2-0 frente à Finlândia, relegando os nórdicos para o terceiro lugar A Bélgica venceu hoje a Finlândia, por …

Rússia 1-4 Dinamarca | Muito coração, por Eriksen

A Dinamarca conquistou hoje um lugar nos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater por 4-1 a Rússia, que eliminou, numa terceira jornada do Grupo B que originou a qualificação de mais cinco …

Netflix consegue acordo importante com produtora de filmes de Steven Spielberg

A Netflix anunciou, esta segunda-feira, que assinou um acordo para a realização de vários filmes com a produtora Amblin Partners, de Steven Spielberg. A plataforma streaming de filmes e séries Netflix conseguiu um acordo com a …

Abel Ferreira tem (mais) um problema no Palmeiras

Patrick de Paula, que Jorge Jesus gostaria de ter no Benfica, foi apanhado numa festa. O mesmo jogador protagonizou um episódio insólito contra o América Mineiro. Patrick de Paula envolveu-se em dois problemas no Palmeiras, no …

Bebé mais prematuro do mundo celebra primeiro aniversário. Tinha 0% de probabilidade de sobreviver

As probabilidades de sobrevivência eram nulas, mas Richard superou todas as expectativas e, passado um ano, celebrou o seu primeiro aniversário. Fica na história como o bebé mais prematuro de sempre a sobreviver, de acordo …

Lula da Silva absolvido em caso sobre alegados favorecimentos ao setor automóvel

A justiça brasileira absolveu esta segunda-feira o ex-presidente do Brasil Lula da Silva, o ex-ministro Gilberto Carvalho e outros cinco acusados numa das ações da operação Zelotes, que investigava alegados favorecimentos a empresas do setor …

Ucrânia 0 - 1 Áustria | Ambição de Foda garante segundo lugar

A Áustria qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, marcando encontro com a Itália, ao vencer a Ucrânia por 1-0 e conquistar o segundo lugar do Grupo C. Um golo de Christoph …

Macedónia N. 0-3 Países Baixos | Laranja garante pleno

A seleção da Macedónia do Norte ainda deu luta, na primeira parte, aos Países Baixos, na última jornada do grupo C do Euro2020 de futebol, mas perdeu naturalmente por 3-0, face à supremacia da seleção …