Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

Tiago Petinga / Lusa

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19.

“O Estado tem ferramentas para nacionalizar empresas e vai usá-las se achar conveniente”, disse Siza Vieira à TSF, citado pelo Observador. Relativamente à TAP, disse que o Governo “não deixará de usar todos os poderes a ser favor para salvaguardar a posição estratégica” da companhia aérea e “assegurar a preservação” do valor da empresa.

O ministro da Economia aproveitou para afirmar que “a estabilidade política e maturidade dos protagonistas políticos” tem ajudado o país a ultrapassar a situação. Quanto à economia, sublinhou que o “foco primeiro é o da emergência, mas ao mesmo tempo temos de pensar na retoma”.

Rejeitando medidas de austeridade após a crise sanitária, declarou que “só se sai desta crise com capacidade de apoiar crescimento da economia”. “Pôr austeridade em cima de travão que veio de fora só pode agravar os problemas”, avisou.

Siza Vieira disse que “o Governo está atento ao papel da comunicação social e procurará dar uma resposta ao paradoxo com maiores audiências de sempre e as receitas a cair”, frisando que “o setor da comunicação social é como o Serviço Nacional de Saúde, as forças de segurança, a Segurança Social, é nestes momentos de crise que certificamos que são essenciais”.

O ministro acrescentou que fez pedido à Comissão Europeia para lançar novas linhas de crédito com uma margem de 7 mil milhões de euros e que, para que as empresas tenham liquidez, ordenou que se acelerasse “o pagamento de quase 120 milhões de euros” de dívidas a fornecedores.

“Tivemos a primeira infeção no dia 2 de março, dia 12 encerrámos escolas e na semana seguinte decretámos estado de emergência. Nenhum país no mundo fez isto tão cedo”, indicou ainda Siza Vieira.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. E as industrias continuam a laborar. EStao á espera de quê p encerrar de vez ou querem mais infectados e mortes? Mexam-se e encerrem tudo que não é necessário p matar de vez o vírus.

  2. O estado nunca devia ter privatizado as empresas altamente lucrativas como CTT, TLP, GALP, EDP porque os lucros dessas empresas revertiam a favor do estado. Agora o grande problema é corrupção. Devia de haver uma pena de excepção com prisão perpétua para 3 tipologias de crimes:
    Pedofilia e trafico humano
    Traição à pátria onde deve ficar enquadrado o de corrupção por agentes do estado.
    Fogo posto e crimes graves ambientais.

      • Os homicídios é um assunto muito mais complexo que exige grande reflexão, porque variam desde a negligência até ao premeditado macabro e cada situação deve ter o seu enquadramento e a sua dureza penal.

        Eu conheço um caso dum miúdo que naquelas brincadeiras parvas de motas com amigos a mota lhe fugiu ao fazer um cavalinho acertou num amigou matou-o a populaça queria prisão máxima o Juiz não foi na conversa, explicou às pessoas as razões ao ler a sentença e foi aplaudido pela antes população enfurecida.

        Conheço outro caso dum casal que a mulher que estava numa cadeira de rodas e o marido fazia tudo por ela, mas a senhora tratava-o abaixo de cão, mas mesmo muito mal, isto foi assim durante décadas até que um dia ele se passou dos carretos e num momento de revolta lhe deu com objecto na cabeça e a matou. O povo levantou-se em peso para o ir defender a tribunal, foi preso mas não foi muito pesada.

        O homicídio tem tantas variantes e motivações muitas vezes até resultantes da injustiça que há casos que a pena tem de ser particularmente atenuada e outros particularmente agravada.

Responder a Rgl Cancelar resposta

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …